Política Estadual

Ação do deputado Moretto viabiliza a troca 24 pontes de madeira em Cáceres

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

Uma iniciativa do deputado estadual Valmir Moretto (Republicanos) possibilitou a troca de 24 pontes de madeira na zona rural do município de Cáceres, em parceria com o Governo do Estado e Prefeitura. Essa semana começou a chegar a primeira remessa do material.  

A demanda foi apresentada pelo parlamentar na Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) e atendida por meio do Programa Mais MT do Governo do Estado. Com isso, R$ 1,9 milhão serão investidos no município, sendo a contrapartida de R$ 737.237,60 por parte do Executivo Municipal.

“Parabenizo prefeita Eliene pelo grande trabalho que vem fazendo no município de Cáceres, assim como o vice-prefeito Dr. Odenilson, nossos vereadores e toda equipe da prefeitura na pessoa do secretário municipal de Obras, Wesley. Essa equipe guerreira tem trazido muitos recursos para Cáceres, através da eficiência e do nosso trabalho, que é conjunto com o governador Mauro Mendes e secretário Marcelo de Oliveira, que atenderam mais essa grande demanda”, destaca Moretto.

Leia Também:  ALMT e AMM buscam solução para certificação dos produtos da Agricultura Familiar

A prefeita Eliene Liberato (PSB) agradeceu o apoio do deputado Valmir Moretto ao receber as primeiras unidades das aduelas. “Estamos colhendo frutos de uma gestão participativa, que através de projetos elaborados por nossos funcionários, têm buscado recursos. Agradeço ao deputado Valmir Moretto pelo apoio”.

O secretário municipal de Obras Wesley Lopes destacou que as primeiras 11 pontes a serem trocadas são das regiões da Sadia e Roça Velha. “A gente recebe esse material com grande satisfação. O Governo fornece as peças de concreto e em contrapartida Prefeitura entra com toda a mão de obra e maquinário para a instalação”, salienta.

O vice-prefeito dr. Odenilson afirmou que os maiores beneficiados com o trabalho conjunto são os moradores da zona rural do município. “Estamos melhorando a qualidade de vida dos nossos moradores do campo”.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:

Política Estadual

Condenados por maus-tratos contra animais podem ser proibidos de novas adoções

Publicados

em

Por

Foto: PEDRO LUIS VELASCO DE BARROS

A prática de maus-tratos a animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos no Brasil é crime previsto na Lei 9.605/98, com pena de 2 a 5 anos de prisão, além do pagamento de multa e inclusão do nome no registro de antecedente criminal, para quem for condenado.

Além do dispositivo legal, tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o projeto de lei nº 500/2022, desenvolvido pelo deputado estadual Valdir Barranco (PT), que garante que pessoas condenadas pelo crime de maus-tratos aos animais no estado não poderão adotar outros animais.

“Esse projeto é uma grande vitória de todos nós, protetores e ativistas. Ela é clara ao vedar aqueles que tenham sido condenados, com sentença transitado em julgado, pelo crime de maus-tratos, de adotar animais”, disse o parlamentar.

A proposta tem como objetivo principal fortalecer a defesa dos direitos dos animais e sua efetiva proteção contra toda e qualquer forma de maus-tratos. Conforme o texto, o Poder Executivo poderá regulamentar a lei para garantir a execução do texto.

Leia Também:  Conscientização da Água pode ser incluída no Programa de Ensino das Escolas da Rede Pública de MT

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA