Economia

Governo lança edital para fomentar pesquisa em micro e pequenas empresas de MT

Publicados

em

O programa é uma parceria dos Governos Estadual e Federal e tem como objetivo o desenvolvimento de produtos, serviços ou processos inovadores

 

 

Fapemat
 Com informações Secom-MT
Governador assina edital para lançamento do programa Tecnova em MT, que vai fomentar pesquisas em micro e pequenas empresas
Foto : Mayke Toscano/Secom-MT

 

 

O governador Mauro Mendes assinou nesta segunda-feira (22.02) o edital de lançamento do programa Tecnova II-MT, em parceria com o Governo Federal, com investimentos de R$ 4,2 milhões para fomento à pesquisa por micro e pequenas empresas.

O programa será coordenado pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat) e tem o objetivo de possibilitar que as micro e pequenas empresas desenvolvam produtos ou processos inovadores com temas voltados ao agronegócio, tecnologia da informação e comunicação (TIC), metalomecânica, reaproveitamento, química, construção civil, bioeconomia, energia.

“Queremos que as micro e pequenas empresas possam se qualificar e entrar nesse ambiente de inovação, buscando novas alternativas para velhos problemas. Pois é a partir da inovação que é possível fazer uma transformação na realidade dessas empresas no Estado de Mato Grosso”, afirmou o governador.

Leia Também:  Ministro da Infraestrutura e diretor-geral do DNIT fazem visita técnica as obras do Contorno Rodoviário de Barra do Garças

As propostas serão objeto de seleção pública e cada empresa selecionada poderá receber valores com limite de R$ 100 mil a R$ 200 mil, com contrapartida de 5% do valor da proposta.

O presidente da Fapemat, Marcos de Sá, acredita que esta é uma estratégia para micro e pequenas empresas se reinventarem.

“O fomento à inovação é uma das principais ações da Fapemat e, por isso, apostamos neste programa que irá introduzir novos produtos e processos no mercado ou agregará melhorias nos já existentes em tempos de pandemia. Assim, haverá geração de emprego, distribuição de renda, inclusão social, redução da informalidade e fortalecimento da economia”, finalizou ele.

COMENTE ABAIXO:

Economia

Instituto AgriHub anuncia as nove startups selecionadas para o Seed Innovation

Publicados

em

Por

O Instituto AgriHub divulgou no dia 17 de setembro as nove startups selecionadas para o programa Seed Innovation – chamada de inovação aberta voltado para as startups que têm soluções desenvolvidas para a cadeia de sementes.

As startups escolhidas foram: Agricef, Grandeo, LLK Engenharia, MasterPlanti, SBR Prime, Spatia Ag, Sydy, Toblue e Trucker do Agro.

A partir de agora, as nove startups devem começar a trabalhar no desenvolvimento das soluções que vão atender os desafios das empresas mantenedoras do programa:  Agroamazônia, Amaggi, Bayer e TMG. As provas de conceito terão a duração de no máximo um ano e serão acompanhadas pelo AgriHub.

As selecionadas terão benefícios exclusivos do programa, como posições de trabalho no AgriHub Space, mentorias, meetups com produtores rurais, entre outros.

O diretor-executivo do Instituto AgriHub, Otávio Celidonio, agradeceu a todas as startups que participaram e ainda parabenizou as selecionadas. “Parabenizamos as nove startups selecionadas e agradecemos a todas inscritas na chamada. Esperamos que continuem nos acompanhando e não deixem de participar das próximas chamadas”.

Leia Também:  Risco de inflação alta não freia intenção de consumo dos cuiabanos, que registra mais um aumento em setembro

Seed Innovation – O objetivo é alcançar o máximo de soluções para os desafios da agricultura. A ideia é incentivar o desenvolvimento de produtos e serviços com inovação que contribuam para o aprimoramento da cadeia produtiva de sementes em seus diferentes elos. O Seed Innovation será um importante elo de conexão para todas as partes envolvidas: AgriHub, empresas parceiras, startups, consultores técnicos e produtores rurais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA