Nacional

Paredão de rocha cai sobre sobre lanchas com turistas na Região de Escarpas do Lago em Capitólio Minas Gerais

Publicados

em

JB NEws

Por Nayara Cristina

Um paredão de pedras se soltou e desmoronou encima sobre lanchas com turistas na Região de Escarpas do Lago em Capitólio Minas Gerais na manhã deste sábado 08-01, por volta das 11:00h. Até o momento o Corpo de Bombeiros que atua nas buscas pelo salvamento de várias vítimas confirmou pelo menos dois mortes do trágico acidente.

Já foram contabilizados mais de 15 feridos após as embarcações serem atingidas pelas rochas. Um vídeo que circula nas redes sociais mostram que várias embarcações estavam próximo a rocha no momento do desabamento, algumas naufragaram pelo impacto.

As informações que detritos provenientes do impacto da rocha atingiram com muita força alguns turistas que encontram-se em estado grave.

Bombeiros sobrevoam a área para fazer um breve relatório sobre de um possível diagnostico de um novo desabamento, toda áreas está isolada pala Marinha. Os feridos resgatados foram encaminhados para o Hospital Municipal de Pinguins, e Passos, municípios próximo a região do acidente.

Seguindo Tenente Pedro Aihara, o porta voz do Corpo de Bombeiro de MG, a região do acidente é de difícil acesso, por isso foi preciso usar um helicóptero para resgataras vítimas e levar até um hospital regional de outras regiões próximas ao local. Confirmou também que foi preciso a ajuda de outras embarcações que estavam no local para resgatar as vítimas. Disse também que uma equipe de mergulhadores já está fazendo buscas no local para encontrar possíveis vítimas.

Leia Também:  Lideranças se reúnem na Câmara dos Deputados para viabilizar votação de projetos de interesse dos municípios

Autoridades de MG afirmam que mais de 200 milímetros de chuva já caiu na capital mineira,  e que o nível da água das chuvas pode ter ajudado a ocasionar o acidente.

Veja o Vídeo:👇

Mais informações em Instantes:

Atualizada as 16:00h

Por Nayara Cristina

Um paredão com Cerca de 6 metros de rocha de pedras se soltou e desmoronou encima sobre lanchas com turistas na Região de Escarpas do Lago em Capitólio Minas Gerais na manhã deste sábado 08-01. Até o momento o Corpo de Bombeiros registrou 5 mortes e mais de 20 pessoas desaparecidas no trágico acidente. .

A dificuldade em saber o número exato de feridos e mortos, são por conta de várias embarcações estarem no local no momento do acidente, fizeram o s primeiros socorros das vítimas do acidente, e muitas delas foram levadas para os hospitais da região por carros de populares, e não pela equipe de socorro do corpo de bombeiros e nem por outro carro oficial. Mais de 28 pessoas foram atendidas por ferimentos causados pela queda da rocha.

Leia Também:  Ministério da Saúde anuncia que vacinas da Pfizer para crianças chega ao Brasil na madrugada de quinta-feira

As investigações estão sendo feita para saber qual foi o fenômeno natural ocorreu para causar o acidente. Grandes números de chuva acontece em todas as regiões de Minas Gerais, segundo apontamento esta é uma das grandes possibilidades pelo ocorrido. As buscas seguem mar a dentro por toda a noite para possibilidade de encontrar pessoas feriadas.

As autoridades criaram um comitê de crise entre todos os órgãos de segurança pública e defesa civil do estado, para poder dar uma resposta imediata a catástrofe. Ressaltam também o grande impacto causado pelas chuvas que já vem desde 26 de dezembro de 2021 em todo estado de Minas Gerais. A grande chuva já afetou as rodovias e vias públicas em todo estado.

Atualizada as 18:58h

Bombeiros confirmaram mais uma morte no  trágico acidente desta manhã. Já somam 07 o número de mortos .

 

 

COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Crianças da cidade de Paraíba receberam doses da vacina infantil vencida

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

O anúncio foi feito pelo Ministro da Saúde Marcelo Queiroga nesta sábado (15) de acordo com o ministro a dose aplicadas além de ser vencidas era também doses adultos.

O caso está sendo acompanhada pelo (ANVISA) Agência Nacional de Vigilância Sanitária,e também está sendo investigado pelo Ministério Público Federal da Paraíba.

Ao todo cerca de 40 crianças tomaram a dose, de acordo com as informações da secretária de Saúde da Paraíba informou que as crianças vacinadas sentiram sintomas leves, como febre dor no local da injeção.

O erro só foi encontrado após uma mãe postar em sua rede social, que o filho teria se vacinado contra a covid-19 no início de janeiro, antes da chegada da disse correta ao público infantil.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Já foram confirmadas 10 mortes no acidente na Lagoa em capitólio-MG
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA