Arquivos JB News 10 Anos

Wilson Santos diz que não é momento para palanque eleitoral e pede redução no ICMS da energia em MT

Publicados

em

 

JBNEws

Da Redação

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) usou a tribuna na manhã desta terça-feira 15, onde se tratava de uma audiência publica que tinha como objeto debater propostas relacionadas ao alto índice de reclamação no serviço de energia, até mesmo questões relacionadas ao grande salto nos preços das tarifas de energia em Mato grosso, que segundo a assembleia legislativa, será caso de uma comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades cometidas pela empresa em Mato Grosso.

Com muita sabedoria e coerência o deputado Wilson Santos deixou o palanque eleitoral e os acordos políticos e econômicos em prol de uma verdadeira caça a bruxas,  para propor questões que de fato precisam ser observadas na audiência pública dessa quarta, a ausência do governo do estado de MT, uma vez que se beneficia com a arrecadação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), a ausência da Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) uma autarquia sob-regime especial (Agência Reguladora), vinculada ao Ministério de Minas e Energia, com sede e fórum no Distrito Federal, e outros atores como a prefeitura de Cuiabá, que segundo o deputado recebe também repasse da Energisa relacionados as tarifas de iluminação publica.

Leia Também:  Termina amanhã prazo solicitado pelo governo para apresentar proposta para o Sinetran

Segundo o deputado esses atores deviriam todos estar sentados à mesa nesse debate, cobrando a presença do governo federal por receber PIS e CONFINS,  e propôs para que os deputados pudessem fazer um projeto de lei pedindo ao o estado que pudesse reduzir o valor da alíquota de ICMS da energia em Mato Grosso, para que a empresa pudesse repassar para população o serviço com valor menor, o mesmo relacionado às prefeituras de Cuiabá e de todo estado.

No ano de 2018 o repasse de ICMS feito pela Energisa ao governo de MT foi de um bilhão trezentos e seis mil e quatrocentos e sessenta reais (R$ 1.306.460), já no primeiro semestre de 2019 o repasse foi de pouco mais de seiscentos milhões de reais que foram repassados, cerca de  R$ 698.736.

 

Ao citar Cuiabá o deputado lembrou que tanto contribuição de iluminação publica (CIP) da capital, que hoje este muito alto quanto todas as prefeituras, e o governo podem discutir essa redução, tanto no valor de ICMS quanto na CIP.

A redação o deputado lembrou quem não vive um momento de palanque eleitoral, ao qual virou a audiência pública desta terça-feira, e que é preciso pensar seriamente, debruçar sobre os números e discutir esse assunto como gente grande, até por que esta causando tanto mal estar na população relacionada ao valor pago na ponta, quanto à empresa que emprega e circula riquezas pelo estado.

Leia Também:  Empresa aditiva alto contrato na Unemat; com o governo já somam 60 milhões

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Com oTema “Cidadania Não é Privilégio”

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA