COVID-19

Vereador Luiz Fernando faz visita a centro de vacinação e acompanha denúncias

Publicados

em

FISCALIZAÇÃO

JB News

Por Rayane Alves

O vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos) visitou na manhã de quinta-feira (28), o polo de vacinação contra a covid-19, que hoje está adaptado no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

Dr Luiz Fernando é presidente da Comissão Provisória com a finalidade de acompanhar de perto a vacinação que está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Saúde.

O grupo foi construído durante uma reunião entre os parlamentares na segunda-feira (25) e é formado pelos vereadores Dr. Luiz Fernando (Republicanos), que é o presidente, Diego Guimarães (Cidadania), Edna Sampaio (PT), Kássio Coelho (Patriota), Pastor Jeferson (PSD) e Michelly Alencar (DEM).

No Centro de Eventos do Pantanal, Luiz Fernando foi recebido pelo enfermeiro Wellington Assunção Ferreira, que também é um dos responsáveis pelas etapas de vacinação que hoje inclui o acolhimento na recepção, espera para ficha de cadastro, cadastro, vacina, tempo de espera de até 30 minutos caso o paciente tenha efeito colateral e centro de estabilização com ambulância e oxigênio, caso seja necessário.

Leia Também:  Seduc prorroga medidas restritivas até 30 de abril

Porém, por enquanto, o enfermeiro afirmou que ainda os pacientes não passaram mal com efeito da vacina. Alguns sentiram apenas febre, que já é na verdade o esperado por todas as vacinas.

 

Wellington também negou que os responsáveis pela imunização estejam dando prioridades para quem não está na primeira fase de vacina, que hoje está em profissionais da Saúde e idosos. Segundo ele, cada unidade de Saúde encaminha para o local o nome dos funcionários e sua lotação. O que acontece é que muitas vezes, pode variar a função de um trabalhador de um hospital para outro. Mas, no decorrer das denúncias “tudo não passa de fake News”.

No começo desta semana, circulou nas redes sociais denúncias de pessoas ligadas à Saúde, mas que não são do grupo prioritário e que estão “furando fila” para tomar vacina contra a covid-19.

“Como os imunizantes encaminhados para Cuiabá foram insuficientes para vacinar todos os servidores da Saúde estão sendo priorizados funcionários que atuam diretamente no tratamento de pacientes com a doença. E, nós como vereador vamos acompanhar de perto essa situação para que na verdade não ocorra essa situação de fura filas. Temos que lutar pela imunização de todos, mas esse primeiro passo já foi uma grande vitória”, disse o vereador.

Leia Também:  Governador articula para vacinar profissionais da Educação de Mato Grosso

Estrutura
A média do tempo de espera dos pacientes no local é de até 15 minutos. Depois de ser imunizado, o cidadão deve permanecer no local por até 30 minutos para verificar se vai acontecer algum efeito colateral.

A média de doses aplicadas por dia é de 300 a 500.

O horário de vacinação acontece de segunda a segunda-feira das 7h às 22h.

COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Seduc prorroga medidas restritivas até 30 de abril

Publicados

em

Por

Expediente na sede da secretaria permanece das 7h às 13h; professores continuam em teletrabalho

Assessoria | Seduc-MT

Na Seduc, deve ser mantido no mínimo 30% dos servidores – Foto por: David Borges

Na Seduc, deve ser mantido no mínimo 30% dos servidores

A | A

A secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) prorrogou até o dia 30 de abril as medidas restritivas que visam reduzir os riscos de disseminação do novo coronavírus (Covid-19) entre os servidores. A portaria 257/2021 mantém, de forma extraordinária, o expediente na sede da Seduc das 7h às 13h.

A portaria, assinada pelo secretário Alan Porto, publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (15.04), mantém a ampliação do teletrabalho. Na Seduc, deve ser mantido no mínimo 30% dos servidores.

A orientação às secretarias-adjuntas é que todos os servidores que possam desenvolver suas atividades de forma remota, sejam mantidos em teletrabalho até nova decisão.

As escolas da rede estadual de ensino devem seguir as normativas editadas pelas prefeituras, de acordo com a classificação de risco.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Texto de Fávaro, aprovado no Senado, inclui novas categorias como prioridades para vacinação e atendimento
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA