CUIABÁ

Venezuelanos indígenas que viviam nas imediações da rodoviária são acolhidos

Publicados

em

 

Por Beatriz Saturnino – Da Assessoria de Imprensa

Após três meses, indígenas venezuelanos da etnia Warao foram resgatados e acolhidos, na manha desta sexta-feira (03.04), do canteiro próximo ao Terminal Rodoviário de Cuiabá, “Engenheiro Cássio Veiga de Sá”. A inciativa partiu do vereador Luis Claudio (Progressistas), tendo em vista o estado crítico e de vulnerabilidade que se encontravam, desde o dia 01 de janeiro deste ano, aumentado neste período de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Seis famílias sobreviviam em condições insalubres, em um acampamento improvisado com lonas, dormindo em redes e colchões velhos, sem água, sobrevivendo de doações. São 14 adultos, sendo uma senhora de 70 anos de idade, considerada do grupo de risco do Covid-19, mais cinco crianças com idades entre 2 e 12 anos.

“Eles estão naquele lugar há muito tempo, vivendo sob tendas, sol e chuva. Neste momento de pandemia resolvemos iniciar um trabalho de ajuda às famílias que estão abaixo da linha da pobreza, que são, além dos imigrantes, moradores de rua em Cuiabá, entre outros, com a criação da “Associação de Acolhimento às Famílias Carentes. Decidimos começar por eles, pois há pelo menos um mês, antes do estado de emergência e quarentena, já tinha ido até o local e combinado que iríamos ajuda-los. Então, alugamos uma casa no bairro Parque Cuiabá e fizemos a transferência das famílias para um lar com toda estrutura necessária de higiene, alimentação e acomodação”, explica o vereador Luis Claudio.

Leia Também:  Mato Grosso registra 1.909 casos e 47 óbitos por Covid-19

De acordo com o vereador, o processo de acolhimento depende de burocracia jurídica, para constituir a entidade, além de toda uma organização financeira, viabilização e estrutura do espaço físico. Fato, este, que torna o encaminhamento mais demorado.

A partir de segunda-feira (06) começa um trabalho junto ao Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), do município, para viabilizar a possibilidade de emprego e qualificação dos homens e mulheres, após passar a quarentena, e assim possam prosseguir com o auto sustento.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CUIABÁ

Shoppings assinam Termo de Compromisso e retomam o funcionamento nesta quarta-feira

Publicados

em

 

Shoppings assinam Termo de Compromisso e retomam o funcionamento nesta quarta-feira (3)

O documento institui obrigações que os estabelecimentos comerciais devem cumprir para inibir a propagação da Covid-19

BRUNO VICENTE

Assessoria

Clique para ampliar imagem

Conforme determinado no art. 13 do decreto nº 7.929, a Prefeitura de Cuiabá formalizou um Termo de Compromisso com os representantes dos shoppings centers e do Shopping Popular de Cuiabá. O documento foi assinado nesta terça-feira (2) e institui obrigações que os estabelecimentos comerciais devem cumprir para minimizar os efeitos da propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Nesta quarta-feira (3), as atividades varejistas do setor voltam ao funcionamento com dias e horários alternativos. Conforme o plano estratégico, os shoppings centers retornam com horário de atendimento de segunda-feira a sábado, das 14h às 22h, e o sistema delivery operando de segunda-feira a domingo, das 10h às 22h. Para o Shopping Popular, o horário estabelecido é de segunda a sábado, das 09h às 17h.

“Temos que conviver com vírus, redobrar a atenção e seguir, de forma rigorosa, todas as medidas de biossegurança. Esse é o segredo e é esse compromisso que cada estabelecimento está assumindo. Nossa equipe de fiscalização irá averiguar o cumprimento das medidas, mas, acima de tudo, contamos com o apoio e colaboração de cada empresário”, comentou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia Também:  Pagamento da primeira parcela do auxílio de R$ 500 é planejado para ocorrer ainda em maio

Para ambas atividades, o decreto nº 7.929 determina que, até o dia 30 de junho, a lotação máxima permitida é de 30% da capacidade total dos espaços. Após essa data será permitido o funcionamento com 50% da capacidade. Caso o limite seja ultrapassado, as portarias, bem como os acessos ao estacionamento devem ser fechados, até que a saída de pessoas justifique as novas entradas.

Além disso, no Shopping Popular de Cuiabá, o funcionamento ocorrerá mediante a limitação de abertura de 50% do boxs, com alternância de datas, a fim de possibilitar que todos os empreendimentos funcionem em dado período de tempo. Da mesma forma, as praças de alimentação dos shoppings centers, que retornam somente no dia 9 de junho, também deverão reduzir em 50% o número de mesas ofertadas.

Participaram do ato de formalização do Termo de Compromisso, os diretores dos shoppings centers e do Shopping Popular, além do presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Misael Galvão, e os vereadores Adevair Cabral, e Ricardo Saad.

Leia Também:  “Trinta novos leitos em Cáceres terão a mesma tecnologia do Metropolitano”, garante governador Mauro Mendes

OUTRAS MEDIDAS 

– Controle do fluxo de entrada e saída de pessoas, respeitado o distanciamento mínimo de 1,5m , bem como aferição de temperatura corporal dos clientes na entrada do estabelecimento;

– Demarcação (sinalização) no piso, com fita de auto adesão ou produto similar, nos locais em que exigem a formação de filas;

– Uso obrigatório de máscara de proteção, pelos funcionários, colaboradores, prestadores de serviço e clientes;

– Oferta permanente de álcool em gel 70%, espalhados pelas dependências do empreendimento;

– Realização de desinfecção das áreas comuns via sistema de borrifamento a cada 48 horas;

– Suspensão do serviço de disponibilização de cadeiras de rodas e carrinhos de bebê aos clientes;

– Diminuição de número de banheiros ofertados ao público, garantida a permanência de um funcionário fixo no local, bem como a desativação de pias e mictórios com distância inferior a 1,5m.

________________________________

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA