VÁRZEA GRANDE

Várzea Grande abre inscrições para eleição do Conselho Municipal de Assistência Social

Assistência Social

Publicados

em

Assistência Social abre inscrições para eleição do Conselho Municipal de Assistência Social para o biênio 2020/2021

As inscrições dos candidatos poderão ser feitas entre os dias 29 de novembro e 6 de dezembro, na sala do Conselho, localizada na sede da secretaria ,na Avenida Castelo Branco, s/n, sempre das 10h às 18h.

A prefeitura de Várzea Grande, por meio da secretaria de Assistência Social, abriu edital de convocação para a assembleia para a eleição do Conselho Municipal de Assistência Social da Sociedade Civil em Várzea Grande (CMAS/VG), para o biênio 2020/2021. As inscrições dos candidatos poderão ser feitas entre os dias 29 de novembro e 6 de dezembro, na sala do Conselho, localizada na sede da secretaria, na Avenida Castelo Branco, s/n, sempre das 10h às 18h.

Ainda conforme o edital de número 01/2019, não serão aceitas inscrições em outro horário além do estabelecido no documento, nem por email ou por WhatsApp. A Eleição será realizada no dia 17 de dezembro, entre às 13h e 17h, no Auditório da Secretaria Municipal da Assistência Social.

Poderão se inscrever as Instituições dos seguintes segmentos: Instituições de atendimento social direto com famílias, crianças e adolescentes, idosos, deficientes, moradores em situação de rua, concorrendo a seis (06) vagas, sendo 02 (dois) representantes de entidades que prestam serviços de assistência social; 02 (dois) representantes de entidades de usuário dos serviços de assistência social e 02 (dois) representantes de entidades representativas dos trabalhadores do SUAS.

Leia Também:  Deputado pede audiência pública para destravar internacionalização do Aeroporto de VG

Como explica a secretária de Assistência Social de Várzea Grande, Flávia Omar, “entende-se por instituição de atendimento social direto toda a instituição de atendimento na área da assistência social, e obrigatoriamente, deve atuar no município de Várzea Grande e estar com registro regular perante o Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS/VG”.

O edital esclarece ainda que o processo eletivo será organizado e conduzido pela Comissão Eleitoral composta pelos seguintes instituições: Conselho Municipal da Assistência Social, Associação Caminhando para Mais Um Sonho, Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, Associação Beneficente Vida Nova e pelo Conselho Regional de Psicologia 18ª Região/MT.

Os documentos exigidos são obrigatórios e deverão ser entregues no ato da inscrição em envelope lacrado, até a data de 6 de dezembro de 2019. Para se inscrever como votante, a instituição da Sociedade Civil deve apresentar: Cópia do Registro no CMAS, com no mínimo de dois anos, anterior em relação à data do pleito, cópia da Ata da Eleição e posse da atual diretoria com marcas de registro em cartório, cópia do Estatuto da Entidade ou similar com marcas de registro em cartório, relatório de atividades, de 2017 e 2018 e o Plano de Ação 2019 e ofício endereçado ao CMAS/ VG, indicando o nome do representante para votar, bem como o segmento que representa.

Leia Também:  LOA 2020 é aprovada na Câmara Municipal com 17 emendas

Para se inscrever como candidatos, a instituição da Sociedade Civil deve apresentar: a Instituição de Atendimento Socioassistencial, cópia do Registro no CMAS, com no mínimo dois anos, anteriores em relação à data do pleito, estar em situação regular (registro e inscrição) até 30 de novembro de 2019, ofício endereçado ao CMAS/VG, indicando o nome do representante candidato, bem como o segmento que representa e cópia de documento de identificação do representante candidato, com foto.

Após a entrega da documentação de inscrição, a Comissão Eleitoral avaliará o cumprimento dos requisitos e documentos previstos no presente edital. Com o encerramento das inscrições, a Comissão Eleitoral reunir-se-á para homologação das candidaturas, de acordo com os requisitos presentes no edital e da Lei Municipal 3.762/2012.

A Comissão Eleitoral publicará edital de homologação, que será divulgado no site oficial da Prefeitura Municipal de Várzea Grande e em Diário Oficial, no dia 18 de dezembro de 2019.

Por: Marianna Peres

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VÁRZEA GRANDE

LOA 2020 é aprovada na Câmara Municipal com 17 emendas

Várzea Grande

Publicados

em

 

Com 17 emendas, LOA 2020 é aprovada pelos vereadores de Várzea Grande

 

Adriana Assunção/Assessoria

 

Os vereadores da Câmara Municipal de Várzea Grande aprovaram nesta terça-feira (10.12), em dois turnos de votação (19 e 21 votos), o Projeto de Lei Orçamentária Anual nº 110/2019 (LOA-2020) orçada em R$ 928.484.684,00 milhões com 17 emendas parlamentares.

O valor engloba o orçamento destinado à administração direta, o repasse do duodécimo para a Câmara Municipal e o orçamento destinado à administração indireta: o Departamento de Água e Esgoto (DAE) e o Instituto de Seguridade Social dos Servidores Municipais de Várzea Grande (Previvag).

Conforme o projeto, a projeção orçamentária destinada para Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer é de R$ 220.777.257, 00, o orçamento para a Secretaria de Saúde é de R$ 166.755.189,00, e o terceiro melhor orçamento é Secretaria de Viação, Obras e Urbanismo no valor de R$ 230.551.440,00. Já o duodécimo para a Câmara Municipal corresponde a R$ 19.822.000,00 milhões.

Também foram aprovadas na sessão ordinária dessa terça (10) o Projeto de Lei nº 108/2019, que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO – 2020) com 14 emendas e a Projeto de Lei nº 109/2019, que dispõe sobre a alteração da Lei Municipal n.º 4.323/2017 que trata da alteração do Plano Plurianual – PPA – para o quadriênio 2018-2021 com cinco emendas.

Os projetos com as respectivas emendas serão encaminhados ao Poder Executivo para sanção da prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos (DEM).

 

EMENDAS AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIO ANUAL Nº 110/2019:

 

De autoria do vereador Miguel Angel Claros Paz – Dr Miguel Angel (PSDB) e Gidenor Anselmo de Menezes foi aprovada a emenda (01) que acrescenta na LOA recursos de R$ 500.000,00 em equipamentos para acompanhamento ambulatorial na saúde da mulher (gravidez de alto risco e climatério).

 

De autoria da Mesa Diretora foi aprovada a emenda aditiva (02), que destina a previsão orçamentária no valor de R$ 300 mil para atender despesas com eventos e programas de incentivo à consciência cidadã.

 

De autoria da Mesa Diretora foi aprovada a emenda modificativa (03), ao Projeto de Lei Orçamentária Anual nº 110/2019, corrigindo a nomenclatura da atividade “2267 – Manutenção de encargos com a dívida interna com o INSS” para “2267 – Manutenção de encargos com a dívida interna com a Prefeitura Municipal” e cria a natureza de despesas 469071 –  Principal da Dívida Contratual Resgatado nas atividades 2266 e 2267. Recursos previstos: R$ 580.000,00.

 

De autoria da Mesa Diretora foi aprovada a Emenda Aditiva ao Projeto de Lei Orçamentária Anual n.º 110/2019 (04), adequando o Orçamento da Câmara Municipal de acordo com sua efetiva necessidade, além de ajustar o orçamento ao artigo 29 A da Constituição Federal. Recursos previstos: R$ 583.000,00.

 

De autoria da Mesa Diretora foi aprovada a Emenda Aditiva (05) ao Projeto de Lei Orçamentária Anual n.º 110/2019 que adequa o Orçamento da Câmara Municipal de acordo com sua efetiva necessidade, além de ajustar naturezas de despesas necessárias em conformidade com a Portaria Interministerial 163/2001 STN/SOF. Recursos previstos: R$ 4.166.750,00 – valor a ser reduzido 13.000,00.

 

De autoria da vereadora Gisele Aparecida de Barros – Gisa Barros (PSB), vereador Ivan dos Santos (PRB) e o Miguel Baracat (PSC) foi aprovada a Emenda Supressiva (06) ao artigo 4º da Lei Orçamentária Anual: “Fica Suprimido o artigo 4º da Lei”, cita.

 

De autoria da vereadora Gisele Aparecida de Barros – Gisa Barros (PSB), vereador Ivan dos Santos (PRB), Miguel Baracat (PSC) e Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) foi aprovado a Emenda Aditiva (07) ao artigo 5º da Lei Orçamentária Anual: Fica Aditivado o Parágrafo Único do artigo 5º da Lei Orçamentária Anual “O crédito autorizado no “caput” do art. 5º, deverão ser regulamentados por intermédio de lei específica”, cita.

 

De autoria da vereadora Gisele Aparecida de Barros – Gisa Barros (PSB) e vereador Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) foi aprovada a Emenda Modificativa (08) remanejando recursos inicialmente previstos na ação 1591 – Serviços de Publicidade, produção e consultoria do DAE – VG PLOA 2020 para garantir a finalização de serviços do DAE nas ocorrências de serviços de manutenção da rede de água e/ saneamento que impliquem em recorte ou danificação de asfalto em vias públicas do município. Recursos previstos R$ 1.800.000,00.

 

De autoria da vereadora Gisele Aparecida de Barros – Gisa Barros (PSB) foi aprovada a Emenda Aditiva (09) a adequação do orçamento para a realização de eventos culturais para desenvolvimento, incentivo e valorização da cultura várzea-grandense em parcerias com instituições filantrópicas devidamente reguladas no município de Várzea Grande. Recursos previstos R$ 220.000,00.

 

De autoria do vereador Gidenor Anselmo de Menezes – Gordo Goiano (PTC) e Miguel Angel Claros Paz – Dr Miguel Angel (PSDB) foi aprovada a Emenda Aditiva (10) destinando recursos da Secretaria Municipal de Saúde unidade orçamentária 03 para implementação de práticas integrativas e complementares em unidades de atendimento à saúde pública do município. Valor a ser acrescido: R$ 250.000,00.

 

De autoria do vereador Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) foi aprovada a Emenda Aditiva (11) na Secretaria Municipal de Educação Cultura Esporte Lazer, unidade 02 – Superintendência de Esporte e Lazer para Aplicação Programada: Manutenção do Esporte Estudantil Municipal e Intermunicipal. Fonte 100 – R$ 80.000,00.

 

De autoria do vereador Carlos Garcia de Almeida – Carlos Garcia (PSB) foi aprovada a Emenda Aditiva (12) da Secretaria Municipal de Saúde – Zoonose para instituição do crematório para pequenos animais. O valor R$ 200.000,00 deverá ser retirado do quadro de Fontes de Receita do município anexo 2 página 06.

 

De autoria do vereador Pedro Paulo Tolares – Pedrinho (DEM), Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) e Ivan dos Santos (PRB) foi aprovada a Emenda Aditiva (13) para incrementar a adução do piso salarial dos agentes de endemia.

 

De autoria Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) foi aprovada a Emenda Aditiva (15) Coordenadoria de Obras e Tráfego para construção do Instituto Médico Legal – IML VG. Recursos da Fonte 100 – R$ 3.000.000,00.

 

De autoria do presidente da Casa, vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM) foi aprovada a Emenda Aditiva (16) para destinação dos recursos: Conferir gratuidade no transporte coletivo aos portadores de transtornos mentais, para atender ao disposto na lei municipal nº 4.478/2019. Recursos previstos: R$ 1.200.000,00 – valor a ser reduzido – R$ 600.000,00.

 

De autoria do vereador Ivan dos Santos (PRB) foi aprovada Emenda Aditiva (17) destinando recursos para o passe livre dos estudantes. Retirar da despesa 3.3.00.00 o valor R$ 6.000.000.00.

 

De autoria do vereador Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) foi aprovado a Emenda Aditiva (18) para destinação de recursos para Secretaria de Serviços Públicos para fins da construção de faixa elevada.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeita Lucimar Campos inaugura Espaço Fit 4 VG nesta segunda
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA