Saúde

Varíola dos macacos: lesões diferentes na pele são novo sintoma

Publicados

em

Varíola dos macacos
Divulgação

Varíola dos macacos

Uma das características mais marcantes da  varíola dos macacos são as erupções cutâneas que podem surgir em diversos locais do corpo. Além dos sinais clássicos de uma infecção, como febre e dores no corpo, as pústulas são o principal sintoma do vírus monkeypox . Porém, pesquisadores espanhóis alertam que as lesões estão diferentes no surto atual da doença em comparação com os registros anteriores, com bolhas chamadas de pseudo-pústulas sendo predominantes agora.

O estudo, publicado nesta semana na revista científica British Journal of Dermatology , analisou 185 pacientes de maio a julho deste ano no país. Os pesquisadores observaram que na maioria dos casos as lesões começaram nas genitais, na face, nos braços e mãos ou na região perianal. No entanto, as erupções, embora semelhantes às pústulas tradicionais, eram sólidas e não continham pus.

“A varíola dos macacos é frequentemente descrita como causadora de pústulas, lesões cheias de pus, mas neste surto o principal sintoma da pele são pseudo-pústulas, bolhas brancas e sólidas que parecem pústulas, mas não contêm nenhum pus. Esta característica é muito rara em outras doenças, por isso é um sinal muito claro do vírus monkeypox”, alerta o principal autor do estudo e coordenador da Academia Espanhola de Dermatologia, Ignacio Doval, em comunicado.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:

Saúde

Brasil registra 147 mortes e 17,7 mil novos casos de covid-19 em 24h

Publicados

em

Por

Em 24 horas, foram registrados 17.726 novos casos de covid-19 no Brasil. No mesmo período, houve 147 mortes de vítimas do vírus. O Brasil soma desde o início da pandemia 681.400 mortes por covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje (13), em Brasília, pelo Ministério da Saúde. O número total de casos confirmados da doença é de 34.165.857.

Ainda segundo o boletim, 32.966.689 pessoas se recuperaram da doença e 517.768 casos estão em acompanhamento. No levantamento de hoje, não consta atualização dos dados de óbitos em Mato Grosso do Sul. Também não consta a atualização de casos e mortes no Distrito Federal e nos seguintes estados: Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima e Tocantins.

Estados

Segundo os dados disponíveis, São Paulo lidera o número de casos, com 5,97 milhões, seguido por Minas Gerais (3,85 milhões) e Paraná (2,71 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (147,5 mil). Em seguida, aparecem Roraima (173,9 mil) e Amapá (177,7 mil).
Em relação às mortes, de acordo com os dados mais recentes disponíveis, São Paulo apresenta o maior número (173.638), seguido de Rio de Janeiro (75.162) e Minas Gerais (63.257). O menor total de mortes situa-se no Acre (2.025), Amapá (2.155) e Roraima (2.165).

Boletim Epidemiológico Boletim Epidemiológico

Leia Também:  Saúde confirma primeira morte relacionada à varíola dos macacos
Boletim Epidemiológico – 13/08/2022/Divulgação/ Ministério da Saúde

Vacinação

Até hoje, foram aplicadas 471,7 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 178,7 milhões com a primeira dose e 159,8 milhões com a segunda dose. A dose única foi aplicada em 4,9 milhões de pessoas. Outras 104,4 milhões já receberam a primeira dose de reforço, e 18,9 milhões receberam a segunda dose de reforço.

Edição: Claudia Felczak

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA