COVID-19

Vacinas do Governo Federal garantem imunização de 2,8% de MT; Estado distribuiu aos municípios

Publicados

em

Doses deverão ser aplicadas em 98 mil pessoas; cabe às prefeituras efetuar a vacinação

Por Lucas Rodrigues

Informações Secom-MT

Vacinas recebidas pelo Estado foram distribuídas aos municípios – Foto por: Marcos Vergueiro/Secom-MT

As vacinas contra a covid-19 enviadas pelo Governo Federal, até o momento, garantem a imunização de 98 mil pessoas em Mato Grosso, o que corresponde a 2,8% da população, que é de 3,5 milhões de habitantes.

Conforme os dados oficiais do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde, foram encaminhadas 161.160 doses do imunizante ao estado.

Destas, 126.160 são do primeiro lote da Coronavac, já contendo a primeira e segunda dose necessárias para a imunização. Ou seja, com essa quantidade serão vacinadas 63.080 pessoas.

O Governo Federal também enviou mais 11 mil doses da Coronavac e 24 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford. Todas essas são para uso exclusivo para a primeira dose aos profissionais de Saúde, totalizando 35 mil pessoas.

É importante ressaltar que o Governo de Mato Grosso já distribuiu aos municípios todas as vacinas recebidas, com exceção dos imunizantes guardados para a segunda dose do primeiro lote da Coronavac, que estão armazenados pela Secretaria de Estado de Saúde, e das vacinas reservadas para aplicação nos profissionais de saúde da rede estadual.

Leia Também:  Em Mato Grosso, 11 municípios estão com risco moderado de contaminação pela Covid-19

Desta forma, como determina o Plano Nacional de Imunização, cabe a cada um dos 141 municípios de Mato Grosso organizar e aplicar os imunizantes nos grupos prioritários. Até o momento, cerca de 30% das vacinas distribuídas pelo Estado foram aplicadas.

Busca de compras diretas 

O Governo de Mato Grosso tem buscado a compra direta de vacinas das indústrias farmacêuticas, de forma a complementar a imunização oferecida pela União.

Já foram requeridas as vacinas da Pfizer, porém a empresa explicou que só negocia diretamente com governos federais. O governador Mauro Mendes também solicitou a aquisição direta junto às empresas chinesas Sinovac e Sinopharm, além de articulação junto à Embaixada Brasileira na China e ao Instituto Cultura Brasil China (Ibrachina) para intermediar a compra.

COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Vacinação da ALMT já imunizou mais de 200 mil pessoas: “Atuação do Parlamento faz a diferença”, diz Russi

Publicados

em

Por

JB News

Legislativo abriu 5 polos de vacina, sendo 3 na baixada cuiabana, 1 em Rondonópolis e 1 em Tangará da Serra.

Mato Grosso já vacinou mais de 40% de sua população, contra a Covid-19, conforme os últimos dados do consórcio de veículos de imprensa. No total já foram aplicadas 3.823.526 doses de vacinas, de acordo com levantamento da Secretaria de Estado de Saúde. Dessas, 239.756 pessoas foram imunizadas nos cinco postos de vacinação, instalados pela Assembleia Legislativa em Cuiabá, Várzea Grande, Tangará da Serra e Rondonópolis. “Esses pontos de vacinação estão sendo essenciais para acelerarmos esses processo de imunização e diminuir o número de óbitos em nosso Estado. Uma ação, que teve a participação de todos os deputados”, avalia o presidente do Legislativo, deputado Max Russi (PSB).

O parlamentar foi um dos entusiastas e um dos principais articuladores para a implantação e ampliação de novos postos de vacinação em MT, na parceria entre Assembleia, prefeituras e parceiros.

“São recursos da Assembleia, que contribui com estrutura, servidores e servidores, dando condições de trabalhar e prestar esse serviço para a população”, complementou.

Leia Também:  ALMT debaterá "Passaporte da Vacina" em audiência pública na quinta-feira

No caso do polo de vacinação da Assembleia Legislativa, segundo o quantitativo da Supervisão de Saúde e Qualidade de Vida (SGP), já foram aplicadas 91.921 doses de imunizantes, até o dia 13 deste mês. No de Rondonópolis foram 71.646, Tangará da Serra 40.000 e Várzea Grande 36.189, somados os dois polos da baixada.

De acordo com a gerente de Saúde e Assistência do Legislativo, Ivana Mara Mattos, a vacinação segue normalmente, atendendo a todos os protocolos preconizados pelas autoridades de Saúde e conforme a chegada de mais vacinas.

“Já estamos vacinando, aqui na Assembleia, adolescentes de 12 a 17 anos. Além disso, a terceira dose já está disponível par a faixa etária de 70 anos e profissionais da Saúde. Isso tudo de acordo com a chegada de vacinas”, esclareceu.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA