Policial

Três assaltantes morrem em troca de tiros com a Rotam em roubo a banco na avenida Couto Magalhães nesta madrugada

Publicados

em

JB News

Por Alisson Gonçalves

Assaltantes morrem depois de trocar tiros com a Rotam, na madrugada deste sábado 14 de maio em VG.

Segundo às informações da Polícia Militar (PM), no total foram 3 mortos, eles estavam invadindo uma agência do banco Santander localizada na avenida Couto Magalhães.

O Grupo da Polícia passou pelo local momento em que avistou os elementos, ao visualizarem a PM eles começaram a atirar contra os agentes, momento em que revidaram a injusta agressão.

A mesmo depois de serem atingidos os criminosos foram levadas pelos policiais para o Pronto-Socorro, mas não resistiu aos ferimentos vindo a óbito.

Veja:

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Otimismo do comerciante dá um salto em quatro meses e atinge segundo melhor índice histórico

Policial

Jovem que matou e arrancou o coração da tia é absolvido pela justiça

Publicados

em

Por

JB News 

Por Nayara Cristina 

O juiz Anderson Candiotto de Sorriso-MT, decidiu nesta sexta-feira (24.06),  liberar Lumar Costa da Silva,  o jovem matou friamente sua tia, Maria Zélia da Silva Cosmos, e em seguida arrancou o coração,  vítima.

O caso ganhou  grande repercussão na midia. E nesta sexta-feira Lumar  foi absolvido sumariamente pela Justiça.

As informações são de que o  rapaz é portador de transtorno bipolar, por isso foi considerado inimputável, ou seja, incapaz de compreender que o ato cometido é um crime.

 No texto da decisão, o magistrado pontua que a defesa do rapaz pediu a sua absolvição com base em sua condição de inimputabilidade, a qual foi, inclusive, atestada no exame de insanidade mental.

Candioto reforcou que já havia pontuado em dezembro de 2021, a insanidade mental do rapaz.

“Nesse contexto, reconhecida a existência de conduta típica e ilícita, porém ausente a capacidade de culpabilidade, e desde que a inimputabilidade seja sua única tese defensiva, é possível a absolvição sumária do agente”, destacou  o juiz.

Na decisao o juiz determinou que o jovem fosse encaminhado para um hospital de custódia para um tratamento psiquiátrico, por prazo indeterminado.

Leia Também:  Mato Grosso registra 1.196 óbitos com mais de 30.536 casos de Covid-19 nesta quarta-feira

Lumar ficará Internado no  Hospital de tratamento Psiquiátrico  Franco da Rocha, no interior paulista.

O crime aconteceu em 2019, segundo Lumar,  ele usou um cigarro de maconha, e tomou alguns LSD, em seguida foi até a casa da sua tia, roubou cerca de R$ 800,00, na saída começou a ouvir vozes ordenando a cometer o assassinato da tia.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA