POLITICA

STF suspende eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa de MT

Publicados

em

  1. JB News

Da Redação

 

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu nesta segunda-feira 22, a eleição que levou à recondução do deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) ao cargo de presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Botelho assumiu presidência da Casa pela terceira vez no dia 1º de fevereiro deste ano,a  Decisão desta segunda-feira (22) atende a pedido do partido Rede Sustentabilidade que 3ntrou com uma representação quanto a reeleição.

Conforme o Rede, o  artigo 24 da Constituição Federal, que veda a reeleição de integrantes das Mesas Diretoras do legislativo.

No caso de Mato Grosso, a constituição estadual permite a reeleição.

A princípio, a norma não seria obrigatória aos Estados que teriam liberdade para definir a regra conforme suas próprias constinuições,e na data de hoje saiu a decisão que pegou de cheio o grupo de Botelho.

Nos bastidores já se falam na união do Deputado Max Russi (PSB) e da deputada Janaina Riva (MDB),para uma possível composição com a saída de Botelho da presidência.

Leia Também:  TCE-MT e Governo do Estado assinam termo de cooperação para disponibilização e intercâmbio de informações fiscais

E um vídeo divulgado nas suas redes sociais Botelho afirmou estar tranquilo e recebeu a notícia com tranquilidade e irá cumprir a decisão do STF. “Sigo firme meu mandato de deputado estadual em defesa da população de MT”.Disse.

Veja o vídeo:👇

 

COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Carlos Fávaro suspende atendimento presencial nos gabinetes de Cuiabá e Brasília

Publicados

em

Por

*NOTA AO PÚBLICO*

 

JB News

Diante do agravamento da pandemia da covid-19 e seguindo orientação do Governo de Mato Grosso, o senador Carlos Fávaro (PSD-MT) informa que o atendimento presencial nos gabinetes de Cuiabá e Brasília está suspenso, inicialmente, até o próximo dia 10 de março.

Neste período, os servidores trabalharão em atividades internas e o atendimento poderá ser feito remotamente. A medida visa contribuir para a manutenção do funcionamento das atividades essenciais, bem como impedir que haja um novo fechamento do comércio.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Estado aciona Justiça para que Prefeitura de Cuiabá desbloqueie imediatamente leitos de UTI Covid-19
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA