Arquivos JB News 10 Anos

Sincalco realizará debate sobre impactos da lei que aumentou a carga tributária em MT

Publicados

em

 

SINCALCO REALIZARÁ PALESTRA SOBRE OS IMPACTOS DA LEI QUE AUMENTOU CARGA TRIBUTÁRIA DO COMÉRCIO

 Lei Nº 631/2019 alterou tributação do ICMS e pode variar de 30% a 90% de acordo com segmento da empresa

Com a aprovação da Lei nº 631/2019 (antigo PLC 53/2019) pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), e sancionada pelo governador, Mauro Mendes no dia 31 de julho, o Sindicato do Comércio Varejista de Calçados e Couros do Estado de Mato Grosso (Sincalco/MT) realizará na próxima terça-feira (20), palestra sobre os impactos desta reforma no comércio. O diretor do Sincalco e empresário, Junior Vidotti, que fez parte da comissão técnica que representou o comércio na negociação com o Governo será o palestrante do evento.

O intuito do sindicato é apontar os principais pontos alterados com a nova lei e alertar os empresários e comerciantes sobre os impactos que essas mudanças causarão na administração das empresas.

“Nosso objetivo é trocar ideia com nossos colegas sobre como nos preparar para essas mudanças, já que cada setor será impactado de forma diferente. Esse é mais um desafio que deve ser enfrentado por todos do comércio, tentaremos nos preparar da melhor forma possível e achar um meio de amenizar os impactos aos nossos  consumidores”, destaca o presidente do Sincalco, Junior Macagnam.

Leia Também:  Cacerense e Luverdense saem vitoriosos na abertura do Campeonato

Para Junior Vidotti, Outro ponto que tem prejudicado o desenvolvimento econômico do estado, apresentado pela comissão, é o “represamento” das empresas enquadradas no Simples Nacional, que correspondem a 95% do total de estabelecimentos instalados no estado, pelo fato da carga tributária ser bem menor. Para isso, foi sugerido o escalonamento gradativo do imposto para empresas que saírem do Simples, que tem limite de receita bruta de R$ 3,8 milhões anual.

“Dependendo das peculiaridades e do segmento de cada negócio, os impactos com o ICMS podem variar de 30% a 90%. Sem falar no custo que cada empresário terá que arcar com a mudança no sistema da empresa e o treinamento de funcionários para trabalharem dentro da legalidade”, explica Vidotti.

O evento é realizado pelo Sincalco com apoio do Sindicato Intermunicipal do Comércio de Tecidos, Confecções e Arminhos de Mato Grosso (Sincotec) e Sindicato do Comércio de Ópticas de Mato Grosso (Sindióptica) e será realizado na sede do sindicato, às 18h30, no dia 20 de agosto.

Leia Também:  primeira colheitadeira de Mamona do planeta será lançada no Farm Show

Para participar basta se inscrever pelo telefone 3624 0033, e-mailsincalco@gmail.com ou whatsapp (65) 9 9997 9560. A entrada será um quilo de alimento não perecível, que será doado a uma instituição ainda não definida.

 

Serviço

O que: Palestra, os Impactos da reforma tributária, PLC 53/2019

Quando: 20 de agosto

Onde: Sede do Sincalco, Rua Galdino Pimentel, nº 14, Edifício Palácio do Comércio, 7 andar, sala 74

Horário: 18h30

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Cacerense e Luverdense saem vitoriosos na abertura do Campeonato

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA