Arquivos JB News 10 Anos

Setasc amplia projeto para reciclagem de materiais descartáveis

Publicados

em

 

 

A iniciativa, em parceria com Asmats, também atenderá as secretarias adjuntas de Direitos Humanos e de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon)
Vívian Lessa 
 

A parceria entre a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT) e a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Mato Grosso Sustentável (Asmats) para a execução do programa A3P, do Ministério do Meio Ambiente, foi ampliada e atenderá também as secretarias adjuntas de Direitos Humanos  e de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon).

A iniciativa, que consiste na coleta seletiva do material de expediente descartado nas unidades da Setasc, é executada desde o início do ano e está alinhada com a Agenda Ambiental na Administração Pública. A Pasta fica responsável pela coleta seletiva e o acompanhamento dos resultados. Enquanto isso a Associação realiza o recolhimento e o processo de reciclagem. Em cada sala da Secretaria foi colocada uma caixa coletora com o slogan ‘Nem tudo é lixo’ para incentivar os profissionais a realizarem o descarte de todos os resíduos sólidos de papel. Dessa forma, o material recolhido semanalmente chega em melhores condições de ser reaproveitado pelos trabalhadores da associação.

Leia Também:  MP entra com ação pedindo desocupação de APP e demolição de construções

A A3P é um programa do Governo Federal para estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade.

De acordo com a titular da Setasc, Rosamaria de Carvalho, a iniciativa visa ainda proporcionar uma melhoria financeira para quem dependem da doação dos materiais, gerando inclusão social e econômica para as mais de 46 famílias afiliadas da Asmats. “Também queremos incentivar e externar a importância da reciclagem, que reflete na redução do lixo e estimula a preocupação com o meio ambiente”.  Conforme ela, a intenção é que as pessoas se sensibilizem da necessidade do trabalho em conjunto e espontaneamente tomem atitudes mais sustentáveis.

Recicláveis

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Mato Grosso Sustentável informa que são consideráveis papéis recicláveis os seguintes materiais: papelão, jornal, revistas, papel de fax, papel cartão, envelopes, fotocópias e impressões em geral. Por outro lado, não são considerados recicláveis: papel higiênico, papel toalha, fotografias, papel carbono, etiquetas e adesivos.


COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Justiça determina que Município forneça cadeira de rodas

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA