Esportes

Seleção encara Colômbia em busca do 8º título da Copa América Feminina

Publicados

em

A hegemonia verde e amarela na Copa América Feminina está em jogo. Neste sábado (30), o Brasil decide o título da competição sul-americana diante da Colômbia, anfitriã do torneio, a partir das 21h (horário de Brasília), no estádio Alfonso López, em Bucaramanga. A expectativa é de casa cheia. Os 22 mil ingressos colocados à venda estão esgotados.

As brasileiras são as maiores vencedoras da Copa América, com sete títulos em oito edições, deixando a taça escapar somente em 2006. As colombianas foram vice-campeãs em 2010 e 2014, em disputas onde não houve decisão e sim um quadrangular final, onde o ganhador foi conhecido em pontos corridos.

As equipes chegam à final com campanhas parecidas. Ambas ganharam os cinco jogos disputados, com leve superioridade brasileira nas estatísticas. As comandadas de Pia Sundhage marcaram 19 gols e não sofreram nenhum, enquanto as colombianas balançaram as redes 14 vezes e foram vazadas outras três. A classificação à decisão garantiu as duas seleções na Copa do Mundo do ano que vem, em Austrália e Nova Zelândia, e na Olimpíada de Paris (França).

Leia Também:  Quantos pontos faltam para o Grêmio voltar para elite do futebol brasileiro

Pia não tem desfalques para o confronto. A volante Duda Santos, ausente do banco de reservas na vitória por 2 a 0 sobre o Paraguai, na semifinal, devido a um problema intestinal, está novamente à disposição, assim como a atacante Gio Queiroz, recentemente convocada para o Mundial sub-20 deste ano, recuperado de uma pancada na panturrilha.

Se mantiver a base que tem atuado na competição, a técnica sueca escalará o Brasil com: Lorena; Antônia, Tainara, Rafaelle e Tamires; Angelina, Ary Borges, Adriana e Kerolin; Debinha e Bia Zaneratto. 

Em busca de um título inédito, a Colômbia também terá força máxima. A equipe dirigida por Nelson Abadía possui oito atletas que jogam no futebol espanhol, entre elas a goleira Catalina Pérez (Real Betis), a lateral Manuela Vanegas (Real Sociedad) e a meia Leicy Santos (Atlético de Madri). Duas defendem clubes brasileiros: a zagueira Mónica Ramos (Grêmio) e a meia Liana Salazar (Corinthians). As duas protagonistas, porém, atuam na liga local: as atacantes Catalina Usme (América de Cali) e Linda Caicedo (Deportivo Cali). Esta última, de 17 anos, é considerada a revelação da Copa América e está na mira do Barcelona (Espanha).

Leia Também:  Futebol feminino: Brasil vence Copa América com 100% de aproveitamento

A provável escalação colombiana neste sábado terá: Catalina Pérez; Jorelyn Carabalí; Daniela Arias, Mónica Ramos e Manuela Vanegas; Lorena Bedoya, Daniela Montoya e Leicy Santos; Linda Caicedo, Catalina Usme e Mayra Ramírez.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:

Esportes

Internacional é eliminado em casa, nos pênaltis na Sul-Americana

Publicados

em

Por

O Internacional está eliminado da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira (11.08), o time gaúcho perdeu nos pênaltis por 3 a 1, após empatar em 0 a 0 com o Melgar, no Beira-Rio.

O goleiro Cáceda brilhou defendendo três cobranças. O adversário na disputa por um lugar na final será do Independiente del Valle, do Equador.

O Inter volta a campo no domingo (14), para encarar o Fluminense, pelo Brasileirão. Já o Melgar joga na segunda-feira (15), contra o Academia Cantolao, pelo Campeonato Peruano. 

Os pênaltis: Cáceda brilha Depois de um primeiro tempo em que o Inter pressionou bastante, a etapa final mostrou forças iguais. 

Gabriel acabou expulso, e o Colorado até passou por momentos de perigo, algo difícil de imaginar depois da supremacia apresentada no início. O 0 a 0 repetiu o placar do jogo de ida e levou a decisão aos pênaltis. Edenilson foi o primeiro a bater para o Inter e o goleiro Cáceda defendeu. O Melgar marcou com Cabrera. Cáceda também pegou o de Taison. Mas Daniel defendeu o de Galeano.

Só que Cáceda voltou a defender o cobrado por De Pena. Cuesta marcou para o Melgar. Pedro Henrique fez para o Inter, mas o Melgar venceu ao marcar seu terceiro gol. Com três defesas, o goleiro do Melgar foi o responsável pela classificação da equipe.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreende drogas e dinheiro em Tangará da Serra

Com 43.191 presentes, o duelo entre Inter e Melgar foi o maior público do ano no Beira-Rio, superando o duelo da fase anterior, contra o Colo-Colo, quando foram 40.703 presentes na casa vermelha. 

FICHA TÉCNICA: INTERNACIONAL (1) 0 X 0 (3) MELGAR 

Competição: Copa Sul-Americana, jogo de volta das quartas de final 

Data e hora: 11 de agosto de 2022 (quinta-feira), às 19h15 

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS) 

Árbitro: Roberto Tobar (CHI) 

Auxiliares: Christian Schiemann e Claudio Rios (ambos chilenos) 

VAR: Juan Lara (CHI) 

Cartões amarelos: Reyna (MEL); De Pena (INT) 

Cartões vermelhos: Gabriel (INT) 

INTER: Daniel; Bustos, Mercado, Vitão e Renê; Gabriel, Edenilson, De Pena, Wanderson (Pedro Henrique) e Alan Patrick (Taison); Braian Romero (Mikael). Técnico: Mano Menenzes. 

MELGAR: Carlos Cáceda; Alejandro Ramos, Deneumostier, Galeano e Paolo Reyna; Orzan, Alexis Arias (Archimbaund), Tandazo (Cabrera) e Martín Pérez Guedes; Bordacahar (Iberico) e Bernardo Cuesta. 

Técnico: Pablo Lavallén.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA