Destaque

Secretário de Saúde do Estado Gilberto Figueiredo testa positivo para o COVID-19 e já está em isolamento

Publicados

em

 O secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso  confirmou nesta tarde de quinta-feira 25, que  foi contaminado pelo novo Coronavírus (COVID-19), e já está em isolamento.

Assim que recebeu o resultado dos testes , Gilberto  Figueiredo já foi para o isolamento domiciliar para cumprir a quarentena, conforme recomendação e protocolos das equipes de Vigilância Epidemiológica.

Antes de entrar em quarentena o secretário mais uma vez comunica a população sobre a proliferação do vírus e pede cuidado e seriedade.

“Infelizmente, eu fui diagnosticado com o vírus. Vou me dedicar ao cumprimento do isolamento domiciliar e pretendo seguir trabalhando durante esse período, de forma remota. Como sempre digo, esse vírus não é um ficção”, declarou o secretário.

Toda a equipe de apoio e os profissionais técnicos da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT),ja esta passando por testes periódicos do coronavírus, coletivas de imprensa virtuais com o secretário Gilberto Figueiredo estão temporariamente suspensas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governador vai encaminhar à AL projeto de lei para autorizar pagamento de plantonistas afastados por Covid
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COVID-19

Municípios concordam e justiça mantém proibição por mais 7 dias em Cuiabá e Várzea Grande

Isolamento Social Obrigatório

Publicados

em

Municípios concordam em manter proibição por mais 07 dias em Cuiabá e VG.

Durante audiência de conciliação, realizada nesta quinta-feira (09), os municípios de Cuiabá e Várzea Grande concordaram em estender por mais sete dias a proibição do funcionamento de serviços não essenciais. O promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes, por sua vez, defendeu a prorrogação por 14 dias, conforme determina o Decreto Estadual. O juiz ainda não decidiu sobre o requerimento do MPMT.

O MPMT argumenta que os municípios da área metropolitana da Capital ainda estão em situação de risco considerada “muito alta”, de acordo com os termos do decreto estadual Nº 522/2020. O índice de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é superior a 90% e ainda existe fila de espera por atendimento.

A decisão judicial que obrigou os municípios de Cuiabá e Várzea Grande, classificados como de Nível de Risco Muito Alto de disseminação da Covid-19, a manterem pelo prazo de 15 dias apenas serviços essenciais em funcionamento, foi proferida no dia 22 de junho. O prazo começou a contar a partir do dia 25 de junho e encerraria nesta quinta-feira (09).

Veja Aqui a Decisão:👇

Leia Também:  Quarentena durante pandemia pode aumentar risco de quedas em ambiente domiciliar

09 – Decisão lindote

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA