Policial

Rotam prende o mais procurado lider de quadrilha de roubo de cargas e caminhões que aterrorizava os caminhoneiros Mato Grosso afora

“Cabecinha’

Publicados

em

**

JB NEWS

A equipe especial da Polícia Militar de Mato Grosso  ROTAM 90, em patrulhamento pela Av Miguel Sutil, por volta das 20:30h desta quinta-feira 09, realizou uma  abordagem a um veículo Saveiro de cor branca, onde em busca pessoal e veicular, nada de ilícito foi encontrado, porém, ao realizar a checagem do conduzido via CIOSP, constou em seu desfavor, um mandado de Prisão a ser cumprido pelo Artigo 157 do código penal brasileiro e que se tratava do vulgo “cabecinha”, criminoso que já havia sido preso em 2015 por roubo, líder de uma quadrilha de roubo de cargas e caminhões que aterrorizava os caminhoneiros pelas estradas do Estado. Diante dos fatos, o suspeito foi detido e encaminhado ao CISC Verdão para confecção do Boletim de Ocorrência, posteriormente entregue a POLINTER para providências cabíveis.

Cabecinha já tinha passagens Criminais anteriores,onde foi detido e processado pelos  Art 157 e Art 180. (41 anos), foi aterial Apreendido com Cabecinha o1 aparelho celular Samsung de cor lilás;
e 01 aparelho celular Samsung de cor preta.

Leia Também:  Audiências virtuais com testemunhas da morte de Isabele Ramos são retomadas

Veja o vídeo do relato. 👇

 

 

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Operação da polícia civil de SP cumpre em MT mandados contra Golpistas que agiam pela OLX

Publicados

em

JB News

Por Denise Niederauer

Quatro mandados de busca e apreensão são cumpridos nesta quinta-feira (22.09), em Cuiabá, em uma operação da Polícia Civil de São Paulo, com apoio da Polícia Civil de Mato Grosso, com objetivo de apurar a atuação de um grupo envolvido na aplicação de golpes cometidos por meio de site de compra e venda OLX, pela internet e em aplicativos de celulares.

A operação Camaleão, deflagrada pelo Setor Especializado no Combate à Corrupção, Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro (Seccold) da Seccional de Guaratinguetá (SP) constitui a fase externa de uma investigação de crimes de estelionato cometidos pelas plataformas OLX e WhatsApp.

O trabalho conta com apoio da Delegacia Especializada de Combate a Corrupção (Deccor), Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), Gerência de Operações Especiais (GOE) e Delegacia de Diamantino.

Após instauração de inquérito policial e emprego de técnicas de investigação, foram colhidos indícios de autoria e materialidade que apontam a participação de ao menos quatro pessoas residentes em Cuiabá envolvidas no crime.

Leia Também:  Motoristas são presos por embriaguez ao volante em rodovia

No golpe aplicado em um vendedor e um comprador de veículos anunciante na plataforma OLX, ambos residentes em Guaratinguetá, o estelionatário conseguiu obter R$ 26 mil da vítima que pretendia adquirir o veículo.

Com base nas investigações, a Seccold representou ao Juízo de Guaratinguetá pelo sequestro do valor da pessoa titular da conta bancária destino da vantagem ilícita, bem como pelo deferimento dos  quatro mandados de busca e apreensão domiciliar em quatro endereços localizados em Cuiabá com objetivo de apreender aparelhos celulares e outros elementos que possam contribuir com as investigações. Com informações da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA