Saúde

Rio ainda tem 15 mil doses de vacina vencendo nesta terça-feira

Publicados

em

Rio ainda tem 15 mil doses de vacina vencendo nesta terça-feira
FreePik

Rio ainda tem 15 mil doses de vacina vencendo nesta terça-feira

O município do Rio tem 15 mil doses de vacina AstraZeneca que vencem nesta terça-feira e prefeitura apela para que as pessoas que ainda estão com a vacinação em atraso que busquem os postos, para evitar que haja desperdício. Caso ocorra sobra, as doses que não foram aplicadas serão descartadas, obedecendo um rígido protocolo que segue normas da Vigilância Sanitária e do Ministério da Saúde, evitando qualquer possibilidade de uso equivocado fora da validade, garante a Secretaria Municipal de Saúde.

A secretaria lembrou que em março, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a ampliação do prazo de validade da vacina da AstraZeneca contra a Covid produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Na ocasião, a validade passou de seis para nove meses. Com isso, alerta o órgão, as doses ainda podem ser aplicadas, com segurança, mesmo que nos frascos a data a data de validade seja outra.

Para evitar o desperdício, a prefeitura vem incentivando o comparecimento da população aos postos de vacinação. Na última quinta-feira promoveu a ampliação do calendário de vacinação com a segunda dose de reforço (DR2) contra a Covid-19 para todas as pessoas com 18 anos ou mais.

Leia Também:  Covid: Rio tem 100 mil doses prestes a vencer e 3 milhões de atrasados

De acordo com dados da prefeitura 92,3% da população com 3 anos ou mais já se imunizou com segunda dose ou dose única da vacina contra a Covid-19. Já entre os maiores de 18 anos, 28,5% se vacinaram com a quarta dose.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta que é necessário um intervalo de pelo menos quatro meses após a aplicação da primeira dose de reforço da vacina. Em todo o município, são mais de 230 salas de imunização disponíveis para atender a população.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:

Saúde

Covid-19: Brasil registra 7.198 casos e 57 mortes em 24 horas

Publicados

em

Por

O Brasil registrou 7.198 casos positivos e 57 mortes por covid-19 em 24 horas, segundo o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde neste domingo (7). Desde o início da pandemia, foram registrados 34.018.371 casos e 679.996 óbitos pela doença.

No boletim, os dados de casos e mortes de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, do Distrito Federal, do Mato Grosso, do Maranhão, de Tocantins e de Roraima não foram atualizados. O número de óbitos do Mato Grosso do Sul também não.

Entre os que contraíram a doença, 96,2% se recuperaram, o que corresponde a 32.731.706 pessoas. Há ainda 606.669 casos em acompanhamento.

Estados

São Paulo é o estado com maior número da casos e de mortes, com 5,95 milhões e 173.338, respectivamente. Em relação aos casos, o estado do Sudeste é seguido por Minas Gerais (3,83 milhões) e Paraná (2,70 milhões). 

O menor número de casos foram registrados no Acre (145.488), Roraima (173.401) e Amapá (177.285). Os três estados também registram os menores números de mortes pela doença: Acre (2.021), Amapá (2.153) e Roraima (2.158).

Boletim epidemiológico covid-19 Boletim epidemiológico covid-19

Leia Também:  Lucimar Campos entrega reforma, ampliação e revitalização da Unidade Programa Saúde da Famíliano Distrito de Limpo Grande
Boletim epidemiológico covid-19 – Ministério da Saúde

Vacinação

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, foram aplicadas 496,51 milhões de doses de vacina contra a covid-19 no Brasil, sendo 178,58 milhões de primeira dose, 159,63 milhões de segunda dose e 4,98 milhões de dose única. 

A primeira dose de reforço foi aplicada em 103,56 milhões de pessoas, a segunda dose de reforço em 17,99 milhões e a dose adicional em 4,75 milhões.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA