Arquivos JB News 10 Anos

Projeto de Barbudo visa regulamentar destruição de materiais apreendidos em operações ambientais

Publicados

em

 


 

 

Máquinas e equipamentos apreendidos pelos órgãos de fiscalização ambiental e destruídos imediatamente podem e devem ser usados pelo Poder Público no atendimento à população. É o que defende o deputado federal Nelson Barbudo (PSL-MT), autor de um Projeto de Lei que pretende regulamentar os procedimentos a serem adotados nestas ações.

 

Uma das medidas previstas no PL 5724/19 é que a destruição ou o perdimento do material apreendido nas ações de fiscalização de ilícitos contra o meio ambiente só ocorra 30 dias após as operações. Neste prazo, deverá tramitar um processo administrativo para comprovar o uso do maquinário na infração penal e, se isso for confirmado, que se abra a possibilidade de órgãos públicos ou entidades sem fins lucrativos manifestar interesse nos bens.

 

“O que ocorre hoje, infelizmente, é a destruição completa deste maquinário sem que haja qualquer direito de defesa. Em muitos casos, são pessoas de boa fé, contratadas pelos ocupantes destas áreas e que usam este material para prestar serviços e garantir a sobrevivência de suas famílias”, destacou o deputado ao apresentar o texto.

Leia Também:  Prefeitura vai abrir concessão de serviços no Balneário do Coxipó

 

Barbudo pontua que não há na proposta nenhuma intenção de mitigar o trabalho de fiscalização, mas assegurar o uso racional dos materiais e o respeito das garantias previstas na Constituição. “No Ibama, por exemplo, há uma resolução que assegura a doação do material apreendido, mas o que temos visto é a destruição imediata dos veículos”.

 

O pesselista defende que, caso confirmado o perdimento, o material não seja destruído se puder servir a um ente público como uma prefeitura, por exemplo, ou entidades sem fins lucrativos. “Vemos, de um lado, máquinas serem destruídas sem nenhuma chance de defesa de seus proprietários e, do outro, prefeituras sofrendo para ter equipamentos capazes de garantir a manutenção das suas estradas. Com este projeto, tenho certeza que isso pode mudar” finalizou Barbudo reiterando o benefício da aprovação PL.

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Estrutura para Copa transforma Cuiabá em referência

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA