MEIO AMBIENTE

Projeto ambiental de descarte correto do óleo será implementado em 2020 na Rede de Ensino em VG

Publicados

em

Projeto ambiental de descarte correto do óleo será implementado em 2020 na Rede de Ensino de Várzea Grande

Os pontos de coleta estão localizados no Várzea Grande Shopping e na sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

 

O projeto ambiental LEVO (Local de Entrega Voluntária de Óleo), instituído nas escolas de Várzea Grande por meio da Lei municipal 4.466/2019, promulgada em 13 de junho de 2019, terá continuidade nas escolas da rede pública municipal em 2020 e implementado. A informação é do secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis.

O projeto que tem como objetivo destinar adequadamente os resíduos de óleo de cozinha para que sejam utilizados na produção de biodiesel, estabelecendo um novo ciclo de vida para o produto, permitindo que ele volte para o sistema produtivo, foi desenvolvido inicialmente em 14 escolas da rede municipal. Além da coleta feita nas escolas, os alunos também puderam trazer o óleo usado de suas casas para os pontos de coleta.

O projeto é realizado em parceria com a empresa Teoria Verde e a BIOMAVI Reciclagem, com ações de educação ambiental nas escolas e coleta em recipientes de 200 litros. “Nas residências, os alunos acondicionam o óleo usado em garrafas pets e no dia determinado para a coleta, levam o produto para a escola onde ficará armazenado. A empresa coletora destina à unidade escolar 30% do valor comercializado pelo produto a indústria de biodiesel. A Lei prevê este recurso para escola que o destinará os valores recebidos de acordo com as deliberações do Conselho Escolar, que deverá investir em melhorias na própria unidade escolar, tanto na aquisição de equipamentos ou para a melhoria na ambiência escolar”, explicou o coordenador da Educação Ambiental da Educação, Vagner César Barros.

Leia Também:  270 toneladas de lixo foram retiradas da BR-163 entre janeiro e setembro de 2019

“Ao despejar na pia, no vaso sanitário ou ralo, o resíduo do óleo de cozinha usado acumula-se nas paredes dos canos e retém outros materiais que passam pelo local. Além de entupimentos, pode causar o ‘infarto’ do sistema de esgoto com sérios problemas para manutenção das redes e custos mais altos para fazer consertos e reparos. Os custos do tratamento de água também aumentam e a solução está na consciência e reciclagem do óleo”, alertou o coordenador informando ainda que “A cada litro de óleo pode contaminar até 25 mil litros de água. Isso porque suas substâncias não se dissolvem na água e, quando despejadas nos cursos d’água, causam descontrole do oxigênio, mortalidade de peixes e outras espécies. Em contato com o solo, há contaminação, produção de sujeira e poluição ambiental”.

As escolas que participaram do projeto em 2019 foram: EMEB’s Apolônio Frutuoso da Silva, Salvelina Ferreira da Silva, Juvenília Monteiro de Oliveira, Irenice Godoy de Campos Silva, Rita Auxiliadora de Campos, Eliza Maria da Silva, Lenine Póvoas de Campos, Vereador Zeno de Oliveira, Maria de Lourdes Toledo Areias, Ary Leite de Campos, Profº Paulo Freire, Mamed Untar, Júlio Domingos de Campos e EMEB Honorato Pedroso de Barros

Leia Também:  Secretaria de Saúde de Várzea Grande apresenta, em Audiência Pública, Relatório de Gestão do 3º Quadrimestre

1- Locais de Entrega de Óleo do Projeto LEVO em Várzea Grande:

– Várzea Grande Shopping: Av Presidente Artur Bernardes, 43, Centro Sul, Alameda

– Sede da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável: Av da Feb, 2138, Ponte Nova.

Por: Frederico Nogueira

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MEIO AMBIENTE

Rio Cuiabá e outros pontos da cidade recebem ações de limpeza

Publicados

em

Rio Cuiabá e outros pontos da cidade recebem ações de zeladoria no fim de semana

Os trabalhos são coordenados pela Secretaria de Serviços Urbanos e terão o apoio do grupo Teoria Verde e do Juvam

BRUNO VICENTE

Luiz Alves

Clique para ampliar imagem

O fim de semana da Prefeitura de Cuiabá será marcado pela realização de diversas atividades de zeladoria, em diferentes pontos da cidade. A principal delas acontecerá no Rio Cuiabá, onde uma grande ação de limpeza, com o auxílio da Balsa Ecológica, será feita. Paralelamente, sob a coordenação da Secretaria de Serviços Urbanos, a Trincheira Jurumirim e o bairro Dom Aquino também serão contemplados.

No Rio Cuiabá, a operação atenderá a região do bairro Praeirinho, iniciando às 8h e seguindo até às 11h. A força-tarefa terá o apoio do grupo Teoria Verde, do Juizado Volante Ambiental (Juvam), da empresa de cóleta de resíduos Locar Gestão de Resíduos, e de cerca de 30 servidores municipais. Diariamente, a Balsa Ecológica percorre da Ponte Nova a comunidade São Gonçalo Beira Rio recolhendo todo material encontrado.

Leia Também:  Secretaria de Saúde de Várzea Grande apresenta, em Audiência Pública, Relatório de Gestão do 3º Quadrimestre

“O prefeito Emanuel Pinheiro determinou que, principalmente durante o período chuvoso, esses mutirões aconteçam com maior frequência. No último mês, por meio de uma grande operação, recolhemos mais de 10 toneladas de lixo do Rio Cuiabá. Desta vez, contando com a parceria de outras instituições, o trabalho abrangerá, além do leito, a margem do rio”, explica o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa.

Durante o sábado (15) e domingo (16), operadores de limpeza atuarão na Trincheira Jurumirim. A ação faz parte do planejamento montado pelo Município, no intuito de garantir a frequente limpeza das estruturas por onde milhares de veículos trafegam. A mesma atividade já foi executada nos viadutos Jamil Boutros Nadaf, Eng.° Domingo Iglesias Valério (Despraiado) e no Complexo Viário Walter Rabello (Trincheira do Tijucal).

MUTIRÃO DA LIMPEZA

Todos os fins de semana, a Prefeitura de Cuiabá leva os serviços de limpeza das ruas, pintura de meio-fio, roçagem, capinação, poda de árvores e manutenção da iluminação pública para uma comunidade diferente. Neste sábado, a Secretaria de Serviços Urbanos deslocará aproximadamente 200 trabalhadores para o bairro Dom Aquino, localizado na região Leste da Capital.

Leia Também:  Ações de prevenção ao Sarampo em Várzea Grande são intensificadas em dezembro

O Dom Aquino é uma das comunidade mais populosas de Cuiabá, com cerca de 10 mil habitantes. O bairro possui uma grande extensão territorial, o que também contribui para uma alta produção de resíduos. Dessa forma, além dos trabalhos periódicos, a Secretaria de Serviços Urbanos tem adotado como prática realizar o Mutirão da Limpeza ao menos duas vezes por ano no local.

Os moradores ainda terão a oportunidade de fazer o descarte de objetos sem utilidade, de maneira segura e dentro da lei, por meio do programa Cata-treco. A medida evita que materiais como sofás, geladeiras, fogões, dentre outros, sejam jogados em locais inapropriados e formem bolsões de lixo. A orientação é que, antecipadamente, o cidadão faça a limpeza de seu quintal e deixe esses materiais separados para o recolhimento.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA