Arquivos JB News 10 Anos

Programa SOS AVC em Cuiabá beneficia 46 pessoas em menos de um mêsPacientes devem ser exclusivamente

Publicados

em

 

OZIANE RODRIGUES

Com menos de um mês em funcionamento, o Programa SOS AVC, lançado pelo prefeito Emanuel Pinheiro no último dia 27, no Hospital Municipal São Benedito, já contemplou 46 pessoas acometidas com suspeita graves de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A celeridade do programa, que é inédito em Mato Grosso e colocou Cuiabá entre as maiores referências do país no tratamento AVC, fez com que 15 destes pacientes tivessem os riscos de morte e sequelas graves diminuídos em 92%. Isso porque a busca pelo atendimento aconteceu dentro das 08h consideradas cruciais para o socorro – o que culmina no bom desempenho do tratamento. Treze pacientes buscaram os serviços do SOS de forma tardia, com períodos que variaram de um a sete dias, e 18 não tiveram a confirmação dos sintomas.

Um dos fatores que contribui para a celeridade no atendimento do SOS AVC está no fato de o paciente poder ser encaminhado diretamente pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, sem a necessidade de passar por unidades de urgência e emergência.

“O prefeito Emanuel Pinheiro determinou que o programa tivesse agilidade no socorro, afinal estamos falando de minutos que podem salvar vidas. Dessa forma, a pessoa que passar mal em sua casa deve chamar o Samu, e se os paramédicos atestarem que pode se tratar de um AVC, este paciente será imediatamente trazido para o Hospital São Benedito, sem que haja a necessidade de primeiro dar entrada no Pronto Socorro ou em qualquer outra unidade de urgência e emergência da Capital”, explicou Alexandre Beloto, diretor geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública – ECSP, que administra o São Benedito.

Leia Também:  Dia do Doador de Sangue entra no calendário municipal de datas comemorativas

Os que optarem por não acionar o Samu, devem ser conduzidos para uma unidade de urgência e emergência (UPAs e Policlínicas) para serem encaminhados para o SOS AVC via Central de Regulação. É o que explica o coordenador da ECSP, Willian Dias.

“É importante destacar que o Hospital São Benedito é referência para média e alta complexidade e não atua de portas abertas. Ou seja, todos os pacientes atendidos aqui são encaminhados via Central de Regulação, não sendo aceita livre demanda dos que resolverem por conta própria buscar quaisquer serviços da unidade. Sendo assim, é importante que a população compreenda que deve buscar exclusivamente os serviços do Samu, ou da urgência e emergência mais próxima para, a partir do diagnóstico do sintomas, ser encaminhada para o SOS AVC”, enfatizou o coordenador.

O QUE É AVC?

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) acontece quando vasos que levam sangue ao cérebro entopem ou se rompem, provocando a paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea. É uma doença que acomete mais os homens e é uma das principais causas de morte, incapacitação e internações em todo o mundo.

Leia Também:  Polícia Civil conclui hoje inquérito de jornalistas acusados de extorsão

Quanto mais rápido for o diagnóstico e o tratamento do AVC, maiores serão as chances de recuperação completa. Desta forma, torna-se primordial ficar atento aos sinais e sintomas e procurar atendimento médico imediato.

Existem dois tipos de AVC, que ocorrem por motivos diferentes: AVC hemorrágico e AVC isquêmico.

QUAIS OS SINTOMAS

Existem alguns sinais que o corpo dá que ajudam a reconhecer um Acidente Vascular Cerebral. Os principais sinais de alerta para qualquer tipo de AVC são:

Fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo; Confusão mental; Alteração da fala ou compreensão; Alteração na visão (em um ou ambos os olhos); Alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar; Dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente.

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Grupo Flor Ribeirinha apresenta espetáculo mundial no São Gonçalo Beira Rio

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA