Internacional

Programa Aconchego recebe prêmio internacional em reconhecimento às ações realizadas nas aldeias indígenas

Publicados

em

O programa, coordenado pela primeira-dama Virginia Mendes em Mato Grosso, foi premiado pela OEA – Organização dos Estados Americanos

Pamela Muramatsu

Com informações Secom-MT

Em 2020, mais de 23 mil cobertores foram distribuídos para comunidades indígenas, beneficiando as 43 etnias existentes em Mato Grosso
Foto : Caroline De Vita

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania de Mato Grosso (Setasc), recebeu um prêmio internacional da OEA – Organização dos Estados Americanos, pela realização do programa Aconchego. A iniciativa, que em Mato Grosso é liderada voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes, foi vencedora do concurso de boas práticas sobre os grupos e em situação de vulnerabilidade no contexto do Covid-19, na categoria “Povos Indígenas”.

Em 2020, mais de 23 mil cobertores foram distribuídos para comunidades indígenas, beneficiando as 43 etnias existentes em Mato Grosso. A própria primeira-dama foi pessoalmente à algumas aldeias realizar a entrega das mantas.

Além dos indígenas, o programa Aconchego beneficiou famílias em situação de vulnerabilidade nos 141 municípios de Mato Grosso.

Leia Também:  Governo do Estado prepara medidas emergenciais de reparos para desobstruir a vazão de água na Baía de Chacororé

João Milano

Ao todo, somando o ano passado e mais este ano, o programa distribuiu 300 mil cobertores para as pessoas mais vulneráveis. Em 2020, a meta foi dobrada na comparação com a primeira edição do programa, em razão do aumento de pessoas em situação de vulnerabilidade social, vítimas da Covid-19.

A primeira-dama Virginia Mendes explica que Mato Grosso tem se destacado no cenário nacional em diversas áreas e a premiação da OEA mostra o êxito do programa em um ano tão desafiador como foi o ano de 2020.

“Nossa missão foi redobrada este ano em virtude da pandemia e nos esforçamos muito para cuidar das famílias mato-grossenses e, em especial, das comunidades indígenas que são sempre tão vulneráveis e carentes de todo tipo de assistência. Receber esse prêmio nos enche de orgulho. Parabéns a todos que se esforçaram para que os cobertores chegassem a todas as aldeias indígenas”, destacou.

Josi Pettengil

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, disse que o prêmio é o reconhecimento do trabalho realizado pela Secretaria, com a supervisão da primeira-dama do Estado. “Receber esse prêmio é motivo de orgulho para todos nós”, comemora.

Leia Também:  Água será negociada como ouro e petróleo em Wall Street

OEA

A OEA, Organização dos Estados Americanos, tem como princípio básico o respeito à soberania e à independência dos países do continente americano. Considerada a primeira organização regional do planeta, a OEA foi regulamentada em 1948, e é o mais antigo organismo regional do mundo. E seus princípios são baseados na democracia, nos direitos humanos, na segurança e no desenvolvimento.

COMENTE ABAIXO:

Internacional

Amaggi homenageia Cuiabá batizando navio que navega os sete mares

Publicados

em

JB News
Da redação

Um dos 30 navios que são afretados pelo grupo Amaggi que navega os setes mares levando produtos do Agro brasileiro, e mato-grossense para os quatro cantos do mundo , alimentando vidas, foi batizado pelo nome de Glory Cuiabá, (Glória Cuiabá).


Foi com essas frases que o ex-ministro da agricultura Blairo Maggi  escreveu a um grupo de amigos seletos de WhatsApp, para mostrar sua felicidade em homenagear a capital do Agro Brasileiro, onde um dia já foi governador.

Amaggi é uma trading brasileira de propriedade de Lucia Borges Maggi, seu filho Blairo Maggi e suas quatro irmãs, sendo uma herança construída em família junto ao patriarca André Antônio Maggi (1927-2001).
A Amaggi começou suas atividades em 1977 em uma localidade chamada Vila Gaúcha, em 1979, a família adquiriu suas primeiras terras em Mato Grosso, é considerada a 4º maior empresa em exportação de comodities em Mato Grosso e sendo a 18º maior do Brasil sendo atualmente formada por quatro áreas de negócios: a AMAGGI Commodities, AMAGGI Agro, AMAGGI Logística e Operações e AMAGGI Energia.

Leia Também:  Mato Grosso mostra potencial tecnológico e inovador em feira internacional

A empresa opera em todas as etapas da cadeia produtiva do agronegócio, desde a produção agrícola até o transporte fluvial e rodoviário, passando por originação, processamento de soja e comercialização de grãos, insumos, energia elétrica e operações portuárias. Possui ainda escritórios de representação na Holanda, Suíça, Argentina, Paraguai e China e uma unidade de esmagamento na Noruega.

A sede da empresa está localizada em cidade de Cuiabá, cidade homenageada pelo grupo, a Amaggi é uma das empresas líderes do Agronegócio na América Latina e com atuação em 7 países. Além de trading a companhia tem ramificação nas áreas de sementes, transporte fluvial, beneficiamento de soja, geração de energia e na área financeira.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA