Cidades

Primeira noite de festival foi marcada por muito talento e emoção

FESCANVERA

Publicados

em

Primeira noite do II FESCANVERA foi marcada por muito talento e emoção

As apresentações dos calouros do Infanto-juvenil local e do Gospel emocionaram e prenderam a atenção do público presente

Na noite desta quinta-feira (21) foi realizada a abertura do II FESCANVERA (Festival da Canção de Vera) nas dependências do Centro de Eventos Olímpio Giacomelli. Na primeira noite do festival o público presente contou com a exibição cultural da banda municipal e pôde prestigiar a apresentação de dez calouras da categoria infanto-juvenil local; e doze na categoria gospel que contou com calouros vindos de algumas cidades do estado de Mato Grosso como; Nobres, Sorriso, Cláudia e Vera.

Para o Chefe do Departamento de Cultura Rodrigo Gomes, mencionou que estava imensamente feliz com a realização do festival e muito empolgado reforçou o convite para que a população verense prestigie os próximos dias do festival. “Estamos imensamente felizes por realizar mais uma edição do Fescanvera. Com este espaço todo organizado, climatizado para receber a população de Vera e as pessoas que vem de fora também prestigiar o nosso festival. Hoje com duas categorias no palco gospel, infanto local, que foi show. Os ensaios foram ótimos, a noite foi maravilhosa. E eu já convido a todas as pessoas que não vieram na abertura para vir nesta sexta-feira, que teremos mais show. E sábado também com os finalistas e com o show baile com a Banda Savana, gente é sucesso, venha para o Fescanvera e fazer parte deste maravilhoso evento do nosso município”, destacou Gomes.

Os quesitos de avaliação dos jurados foram afinação, voz, ritmo, letra, dicção e postura de palco. Na categoria Infanto-Juvenil local, a classificação ficou da seguinte forma; em primeiro lugar com a pontuação de 46,62 ficou, Maria Eduarda Nogueira de Souza que cantou a música E Aí de Matogrosso e Mathias. O segundo lugar ficou para a Júlia Silvério que interpretou a música A Majestade o Sabiá de Roberta Miranda que recebeu dos jurados a nota 42,07. O terceiro lugar com a nota de 41,3 ficou, para a caloura Anna Paula Romani Caldeira que cantou Pra Ver Se Cola do Trem da Alegria. Milena Costa Shimtz ficou com o quarto lugar e recebendo a nota 40,54 e cantou O Bêbado e a Equilibrista de Elis Regina. E o quinto lugar foi para a Sarah Shuh Izidoro que interpretou a música Hay Pai de Isadora Pompeu e teve a pontuação 40,46.

Leia Também:  TCE-MT suspende compra de kits para teste rápido da Covid-19 por indícios de sobrepreço

O calouro Nei Miguins que veio da cidade de Sorriso e se apresentou na categoria Gospel falou sobre a importância de eventos como estes para ajudar a divulgar o trabalho e o talento dos mesmos. “Primeiramente eu me sinto maravilhado, estou achando o evento incrível e parabéns a Administração, ao Rodrigo e toda equipe. Para nós músicos eventos como este são muito importantes infelizmente os festivais para esta região estão cada vez mais esquecidos. E aí vem o Rodrigo com o Fescanvera para nos ajudar a mostrar nosso trabalho, estamos muito felizes de poder participar. Festivais assim nos ajuda além da divulgação a ter outros exemplos por que quando a gente vê artistas de outras cidades a gente toma como referência, porque encontramos cantores que estão na estrada a muito tempo. então para gente eventos como este são muito importantes e ajuda muito”, ressaltou.

Logo após os jurados finalizarem a nota e a classificação das calouras do Infanto-Juvenil local, tiveram início as apresentações dos calouros da categoria Gospel. Nesta categoria se classificaram em primeiro lugar Sandro Lima que cantou Escudo de Voz da Verdade e recebeu a nota 46,77. Em segundo lugar os jurados classificaram com a pontuação 45,90, Boris Trovão que se apresentou com a música Eu te Amo Tanto de Lázaro. Com a música Aleluia ficou com o terceiro lugar com a nota 45,62 a verense Tatiane Clen. Cantando o Hino da Vitória de Cassiane Kesia Silva ficou quarto lugar e com a nota 45,51. E o quinto lugar ficou com Luan Teixeira de Sorriso que interpretou Restitui de Davi Sacer teve a nota 43,32.

Leia Também:  Comitê antecipa reunião e decide fechar o comércio em Chapada dos Guimarães

Os jurados e o público ficaram encantados com a qualidade dos cantores que se apresentaram na primeira noite do festival. De acordo com a jurada Claudevania Barbon a organização do evento está de parabéns por realizar um festival de alto nível como o Fescanvera. “É uma satisfação muito grande estar novamente aqui contribuindo com o Município de Vera, com o Departamento de Cultura. E eu acredito que este momento é muito importante para dar oportunidade para os calouros de Vera e também de outras cidades estarem aqui participando e mostrando seu trabalho seu talento. Quero parabenizar toda a Administração Municipal e o apoio da Câmara Municipal de Vereadores e parabenizar a todos pela belíssima organização”, concluiu a Jurada.

Os cinco classificados de cada categoria, vão se apresentar na final que será realizada na noite do próximo sábado (23), quando também será realizada a premiação com dinheiro e troféus.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Prefeito de Nova Maringá distribuirá medicamento a toda população para prevenção da Covid-19

Publicados

em

 

_A iniciativa é inédita em Mato Grosso_

A ivermectina, medicamento que está sendo usado no combate à covid-19, será distribuída de forma gratuita aos moradores de Nova Maringá (localizada a 370km de Cuiabá). A medida será adotada pelo prefeito da cidade, João Braga Neto (PSDB), a partir da próxima semana. A iniciativa é inédita em Mato Grosso.

De acordo com o gestor municipal, o objetivo da ação é tratar a população de forma preventiva para atenuar a infecção causada pelo vírus. “Antes das pessoas serem contaminadas pelo vírus, já será ministrado o medicamento”, pontua o prefeito.

A aquisição do remédio foi feita com recursos recebidos do Governo Federal, para as ações de combate à pandemia, após uma criteriosa pesquisa de preço, para otimizar a compra. Toda a distribuição da ivermectina será acompanhada por profissionais da secretaria de saúde. “Serão entregues para as pessoas, com o acompanhamento dos médicos que estão na linha de frente do combate à pandemia, e que atendem no município, além disso estamos realizando os testes diariamente junto à população”, garante o prefeito.

Leia Também:  Secel se mobiliza para implementar Lei de Emergência Cultural em MT

Ainda segundo João Braga, a decisão foi debatida com os profissionais da saúde sobre as vantagens do medicamento. O prefeito frisa que em conversa com o médico Marco Aurélio Ribeiro, de Cuiabá, há uma “significativa melhora em pacientes sintomáticos tratados com o remédio”.

Vale destacar que um estudo na Austrália, mostrou que a ivermectina possui atividade antiviral, em teste in vitro, contra o vírus causador da COVID-19 (SARS-CoV-2). “Além de estudos, há resultados positivos em outras cidades, como em Porto Feliz, cidade de São Paulo”, explica o médico. Embalada em caixas com quatro ou dois comprimidos, a ivermectina é indicada de acordo com o peso de cada pessoa.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA