Saúde

Primeira etapa da campanha de vacinação contra o sarampo começa nesta segunda em MT

Publicados

em

Primeira etapa da campanha de vacinação contra o sarampo começa nesta segunda (10.02)

Fase inicial da ação tem como público alvo a faixa-etária de cinco a 19 anos de idade

Rose Velasco | SES-MT

– Foto por: $fld.get(“image_credits”).getValue().trim()
A | A

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) alerta a população para a importância da vacina contra o sarampo – conhecida também como tríplice viral, que ainda inclui imunização à caxumba e rubéola –, visto que a primeira etapa da Campanha Nacional terá início na próxima segunda-feira (10) e término no dia 13 de março.

A fase inicial da ação de imunização tem como público-alvo a faixa etária de cinco a 19 anos de idade. O Dia D de mobilização nacional será no dia 15 de fevereiro (sábado) em todos os municípios.

A coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da SES-MT orienta a população que integra a faixa etária especificada a procurar uma unidade de saúde do próprio município para receber a vacina, levando a caderneta ou o cartão vacinal.

Créditos:

De acordo com dados da SES-MT, estima-se que 29.540 pessoas não foram vacinadas na faixa etária de cinco a dezenove anos de idade em Mato Grosso. No Estado, o estoque de vacina contra o sarampo é de 18.535 doses até janeiro; deverão chegar mais 62.000 doses para a campanha.

Leia Também:  Cinco ministros votam pela constitucionalidade de lei que criou Gaeco

De acordo com dados da Vigilância, na faixa etária de cinco a nove anos, existem 7.849 pessoas que não tomaram a vacina; na faixa etária de 10 a 14 anos, existem 17.241 pessoas não vacinadas e, na faixa etária de 15 a 19 anos, 4.450 pessoas que ainda não se imunizaram contra o sarampo.

Segunda etapa

A segunda etapa da campanha de vacinação será realizada no período de 3 a 31 de agosto e terá como público-alvo pessoas da faixa etária entre 30 a 59 anos de idade, sendo que o Dia D de mobilização nacional será em 22 de agosto (sábado).

O Ministério da Saúde estima que três milhões de pessoas em todo o país ainda não tomaram a vacina contra o sarampo, sendo que a meta é vacinar 2,9 milhões de cidadãos.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Relatório do TCE-MT aponta que 32 leitos de UTI estão disponíveis para tratamento do coronavírus em Cuiabá e VG ⁰

Publicados

em

Relatório do TCE-MT aponta que 32 leitos de UTI estão disponíveis para tratamento do coronavírus em Cuiabá e VG

Tamanho: 735.6 KB
Data: 03/04/2020 08:29

Relatório técnico elaborado pela força tarefa do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) revelou que 32 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão disponíveis para atendimento exclusivo de pacientes acometidos pelo novo coronavírus (COVID-19) em Cuiabá e Várzea Grande.

O relatório foi elaborado pela Secretaria de Controle Externo (Secex) Saúde, no âmbito da força tarefa criada pelo presidente do TCE-MT, conselheiro Guilherme Antonio Maluf, para auxiliar gestores de todo o estado no momento de enfrentamento ao novo coronavírus (COVID-19).

“Nesses dois dias, fizemos fiscalização dos hospitais e pudemos constatar que temos à disposição para atendimento ao coronavírus, 32 leitos de UTI. Leitos completos com respiradores, equipamentos de proteção e equipes prontas, na região metropolitana. Em 15 dias, teremos mais 86 leitos de UTI, essa é a projeção que encontramos na rede de saúde”, afirmou o presidente do TCE-MT.

Além dos 32 leitos de UTI para tratamento de coronavírus em Cuiabá e Várzea Grande, a rede possui 132 leitos de enfermaria vagos, conforme relatório elaborado na quarta-feira (01).

Leia Também:  Wellington anuncia liberação de R$ 10 milhões para Santa Casa de Rondonópolis

“Com esses 32 leitos de UTI à disposição, reforça-se a tese de que as pessoas têm que ficar nas suas residências, ampliar o isolamento social, de resguardo em seus domicílios, para que a rede possa se preparar melhor e ofertar mais leitos de UTI”, alertou Guilherme Maluf, que além de conselheiro do TCE-MT, é médico.

Ao avaliar o trabalho preparatório do Estado e dos municípios de Cuiabá e Várzea Grande para o enfrentamento ao coronavírus, Maluf considerou que é bom. “As nossas equipes puderam constatar que o Estado e a Prefeitura de Cuiabá estão fazendo um bom trabalho, treinando suas equipes, melhorando leitos para receber os pacientes. Tem uma expectativa boa de suprirmos os leitos necessários, porém há necessidade de mais tempo”, confirmou.

O relatório demonstra ainda que os leitos de UTI estão disponíveis no Hospital Júlio Muller, Santa Casa, Hospital Metropolitano e no antigo Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC). Em relação aos ventiladores pulmonares, são 37 disponíveis em reserva para o atendimento exclusivo aos pacientes com coronavírus e 87 em manutenção.

Em relação aos insumos básicos para o pleno atendimento dos pacientes, o relatório aponta que são suficientes as máscaras cirúrgicas, luvas cirúrgicas, álcool 70 ou gel, protetores faciais, aventais e toucas.

Leia Também:  Gilberto Figueiredo descarta Coronavirus em MT

Sobre os profissionais de saúde para o atendimento aos acometidos pelo novo coronavírus, o relatório mostra que 231 médicos e 810 técnicos e enfermeiros estão disponíveis.

Já em relação à criação de unidades para atendimento de pacientes acometidos pelo COVID-19 nos próximos 15 dias, está prevista a entrega de 30 leitos de UTI no Hospital Metropolitano, 40 na Santa Casa e 16 no Júlio Muller. Em relação aos leitos de enfermaria, estão previstas as entregas de 180 no Hospital Metropolitano, 40 na Santa Casa e três no Júlio Muller.

Ainda para o mês de abril, está programada a entrega de sete leitos de UTI em hospitais de Várzea Grande e em maio, mais 39 leitos de UTI e 34 de enfermaria no antigo Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC).

Na última segunda-feira (30), o TCE-MT já havia informadoque a força tarefa iria fiscalizar a disponibilidade dos leitos que vem sendo informados pelo Poder Executivo para atender pacientes vítimas da doença. A medida foi anunciada pelo presidente Guilherme Antonio Maluf, após reunião com o governador e os chefes de Poderes.

Clique aqui e veja o relatório na íntegra

Kleverson Souza

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA