Arquivos JB News 10 Anos

Presidente Eduardo Botelho anuncia membros da CPI da Energisa

Publicados

em

  

JBNews

Da Redação

 

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso deputado Eduardo Botelho (DEM), anunciou nesta terça-feira 22, os deputados que farão parte da Comissão parlamentar de inquérito que investigará possíveis abusos da concessionária Energisa, distribuidora de energia para todo estado.

Os argumentos dos deputados à investigação são para saber os motivos do alto índice de reclamações no PROCON de Mato Grosso.

Os membros da comissão são os deputados Elizeu Nascimento (DC) como presidente, e os deputados Dilmar Dal Bosco (DEM), Paulo Araújo do PP, Carlos Avallone do PSDB e Dr. Eugênio (PSB). Os suplentes são: Delegado Claudinei (PSL), Romoaldo Junior (MDB), Xuxu Dal Molin (PSC) Thiago Silva (MDB) e o deputado Valmir Moretto do PRB.

O deputado Botelho questiona o monopólio que a Energisa detém no estado colação a distribuição de energia, reclamando que a tarifa convencional ficando atrás de poucos estados brasileiros como é o caso de Maranhão e Minas Gerais, comparado que a média tarifária convencional é de 0,584, enquanto que de Mato Grosso é de 0,627. Com um detalhe importante: Goiás, onde tem duas empresas atendendo, a Celg-D, com 0,562, e a Chesp, com 0,576, o número de reclamações.

Leia Também:  Indústria de etanol de milho gera 3 mil empregos por ano em MT

A CPI já começou a gera polêmica na primeira audiência pública quando o deputado Wilson Santos do PSDB, propôs a redução no ICMS da energia no estado, o que gerou um desconforto no governo somente em  2018 o repasse de ICMS feito pela Energisa ao governo de MT foi de um bilhão trezentos e seis mil e quatrocentos e sessenta reais (R$ 1.306.460), já no primeiro semestre de 2019 o repasse foi de pouco mais de seiscentos milhões de reais que foram repassados, cerca de  R$ 698.736.

Nos últimos dias o governador Mauro Mendes (DEM) o mesmo partido do presidente da AL  Botelho, um dos principais articuladores da abertura da CPI , vem de forma contundente nos bastidores tentando amenizar o debate da redução no valor de ICMS na energia, chegou até comentar que para reduzir o valor na ponta para o consumidor, deviria ser descontado 40% no repasse do duodécimo para os deputados.

A sessão que instala a comissão parlamentar de inquérito acontece nesta quarta-feira 23,14h na sala 201 no 2º andar na ALMT neste primeiro momento a primeira reunião irá  definir a instalação e eleição do vice-presidente e relator da Comissão.

Leia Também:  Justiça decreta perda da função pública do prefeito de Comodoro

 

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Pronto Socorro de Cuiabá realiza primeira captação múltipla de órgãos para transplante

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA