Saúde

Prefeito kalil Baracat anuncia mais investimentos no Hospital Pronto Socorro de Várzea Grande

Publicados

em

JB News

Várzea Grande já realizou 624 cirurgias ortopédicas eletivas em 2021 e quer avançar ainda mais, tanto que o prefeito Kalil Baracat assegurou que vai reforçar ações e recursos para a Saúde Pública. As cirurgias eletivas, são aquelas sem caráter de urgência e emergência, mas que estavam represadas desde 2020 por causa da pandemia da COVID 19 e seu alto grau de contaminação.
Para avançar nas cirurgias eletivas, a Prefeitura de Várzea Grande, através da Secretaria Municipal de Saúde, criou a Ala de Traumas, responsável por mais de 80% dos atendimentos realizados na principal unidade de saúde pública de Várzea Grande e que funciona 24 horas por dia é porta aberta, portanto, recebe a todo pedido de atendimento e sem custo nenhum para as pessoas.
Em Várzea Grande, a inauguração da Maternidade Dr. Francisco Lustoza de Figueiredo, em 15 de maio, Aniversário de 154 Anos de Fundação da cidade, criou espaços dentro do Hospital Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande e permitiu novas medidas como a contratação de mais profissionais de saúde para acelerar essas intervenções cirúrgicas.


O prefeito Kalil Baracat esteve acompanhado do secretário de Saúde, Gonçalo Barros, do superintendente do Hospital Pronto Socorro, Nei Provenzano, da Diretora Técnica, Dra. Maria das Dores visitando a unidade e acompanhando junto com a equipe médica os atendimentos realizados e as cirurgias realizadas.
“Desde 15 de maio quando inauguramos a Maternidade Dr. Francisco Lustoza de Figueiredo onde se encontra a Rede Cegonha de Várzea Grande, passamos a contar com mais espaços no Hospital Pronto Socorro como leitos, UTIs e abrimos mais uma sala cirúrgica exclusivamente para a retomada das cirurgias eletivas que se encontravam represadas e isto tem permitido que centenas de pessoas com mais de 200 dias aguardando, pudessem ser atendidos. Isto nos anima a buscar mais soluções e promover um atendimento mais humanizado para as pessoas, pois mesmos não sendo cirurgias de urgência e emergência, elas provocam dores e limitações que precisam ser vencidas, principalmente para aquelas pessoas que dependem do SUS – Sistema Único de Saúde e sem custos”, disse o prefeito contente com os resultados obtidos até o momento.
Uma média de 40 cirurgias eletivas tem sido realizadas todas as semanas em Várzea Grande, principalmente após a saída da Rede Cegonha das dependências do Hospital Pronto Socorro.

Leia Também:  Kalil assina convênio de mais  28 milhões para construir nova ETA e pede a Mauro Mendes a construção de mais 4 mil casas em VG


“Estamos dando passos concretos e determinados em busca de resultados importantes para a cidade e para sua população”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros, apontando que a pasta ao qual se encontra comandando, planeja novas ações voltadas para a humanização da saúde pública e principalmente no atendimento das necessidades daqueles que precisam dos atendimentos via SUS e sem custos de espécie nenhuma para as pessoas.
Barros sinalizou que somente foi possível acelerar as cirurgias eletivas por causa da sensibilidade do prefeito Kalil Baracat que autorizou o aumento, tanto de recursos físicos como a contratação de novos profissionais médicos como cinco ortopedistas e sete anestesistas e de recursos financeiros já que grande parte das cirurgias ortopédicas demandam equipamentos especiais e em alguns casos próteses, órteses entre outros.
“A ordem do prefeito é colocar a saúde pública a serviço de quem necessita, sendo que para isto estamos ofertando mão de obra médica especializada, equipamentos, espaços e atendimento humanizado para fazer frente as necessidades da população e queremos e vamos avançar mais para que a saúde em Várzea Grande continue a ser eficiente e resolutiva”, disse Gonçalo Barros.
Kalil Baracat fez questão ainda de agradecer aos médicos, enfermeiros e profissionais de saúde pelo empenho dedicação e principalmente zelo, amor naquilo que faz em prol dos outros e de uma Várzea Grande melhor para todos. “É muito bom sentirmos que todos caminham em um único sentido, fazer o melhor pelas pessoas e pela cidade, pois somente assim teremos a cidade que queremos.

Leia Também:  Juiz concede liberdade provisória para empresária que comunicou falso sequestro em Várzea Grande

Obrigado aos médicos, enfermeiros, auxiliares, enfim a todos que tem se dedicado seja na vacinação, seja no bom e humano atendimento pela saúde pública que é um direito de todos e para todos”, frisou Kalil Baracat.

COMENTE ABAIXO:

Saúde

Mais um casal de brasileiros são diagnosticados com a variante Ômicron

Publicados

em

Por

JB NEWS

Por Alisson Gonçalves

Foto: Exame

Mais um casal de brasileiros foram diagnosticados com a variante Ômicron do coronavírus , informou  a prefeitura de São Paulo  (SP), nesta quarta-feira, 01.12, o fato só foi divulgado hoje quinta-feira 02.12. As informações são de que os mesmos já haviam tomado as doses única da vacina da Janssen, quando ainda estavam na África do Sul, país onde residem.

O casal chegou ao Brasil a passeio em 23 de novembro. Dois dias depois, quando retornariam para a Cidade do Cabo, testaram positivo para covid-19.

A nova variante ,apresenta sintomas como cansaço, dores musculares, coceira na garganta, febre baixa e em poucos casos
tosse seca.

Os sintomas da Ômicron são mais parecidos com a variante Beta.

Até agora, os pacientes infectados pela Ômicron apresentaram apenas sintomas leves. No entanto, a nova variante preocupa a OMS e os países por causa das 50 mutações que a nova cepa apresenta, sendo 32 apenas na proteína S, principal alvo das vacinas desenvolvidas até o momento.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Pinheiro diz que as contratações de profissionais temporários e "Premio Saúde" são de responsabilidade do ex- Secretário Huark Douglas preso na Operação Sangria
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA