POLITICA

Prefeito de Várzea Grande se reúne com governador e defende implantação do BRT

Publicados

em

Prefeito de Várzea Grande se reúniu com governador e defendeu implantação do BRT

Kalil Baracat se reuniu com Mauro Mendes para falar sobre o novo modal
PorLucas Rodrigues

Com informações Secom-MT

Foto por: Michel Alvim/Secom

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat(MDB),, afirmou que a mudança feita pelo Governo do Estado para substituir o VLT pelo BRT (ônibus elétricos) vai trazer economia e também mais acesso e comodidade aos usuários do transporte público coletivo.

Baracat se reuniu com o governador Mauro Mendes, na manhã desta quarta-feira (13.01), para conversar sobre o tema. Também esteve presente o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e membros da gestão do prefeito.

“Se for pelo bem da sociedade, eu apoio. Se isso vai resolver o problema das cidades de Cuiabá e Várzea Grande, eu apoio. Não tem porque não apoiar”, declarou.

De acordo com o gestor municipal, uma das principais vantagens do BRT em relação ao VLT é a flexibilidade em relação às rotas, uma vez que pode ser expandido de acordo com as necessidades de mobilidade de Cuiabá e Várzea Grande – o que seria muito difícil (e caro) com o VLT.

Leia Também:  Juíza condena adolescente que matou Isabele com pena máxima de três anos

“O modal pode não só atender a Avenida da FEB, mas estender para outras partes da cidade, o que significa um acesso maior e também uma comodidade maior ao usuário do transporte público”, relatou.

Para Kalil Baracat, o importante é que todos os transtornos causados pelas obras do VLT sejam finalmente resolvidos, com a implantação de um sistema que beneficie os cidadãos da Baixada Cuiabana.

“O modal apresentado vai trazer economia, acho que atende a necessidade dos munícipes e vai resolver o problema. O principal objetivo é esse: resolver o problema. O Governo tem condição total de implantar”, finalizou.

A mudança

A decisão de substituir o VLT pelo BRT foi tomada no final de dezembro de 2020 pelo governador Mauro Mendes, após a conclusão de estudos técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Os estudos concluíram que o VLT seria insustentável, custaria pelo menos mais R$ 700 milhões aos cofres públicos, demoraria até seis anos para ser concluído e contaria com uma tarifa superior a R$ 5, além de todos os problemas jurídicos envolvidos na obra.

Leia Também:  Diretoria Executiva e Conselho Fiscal toma posse na AMM

Já o BRT, conforme a análise técnica, custará R$ 430 milhões, pode ficar pronto em até dois anos após o início das obras, terá tarifa pouco acima de R$ 3, é não-poluente pelo uso de baterias recarregáveis e oferece maior flexibilidade para expansão de rotas, beneficiando milhares de usuários a mais.

COMENTE ABAIXO:

POLITICA

Neri Geller integra comitiva oficial que viabiliza Arthur Lira à presidência da Câmara Federal

Publicados

em

 

Na Região sul do Brasil

JB News

Da Redaçã

Na Região sul do Brasil

O deputado Neri Geller do PP de Mato Grosso, vem se mostrando um grande articulador na Câmara Federal, após assumir vice-presidência da frente Parlamentar da Agricultura (FPA) uma das mais importantes comissões de debate no Congresso Nacional, agora se mostra grande articulador para eleger o deputado Arthur Lira (PP/AL), presidente da Câmara Federal.
Neri integrou nesta segunda-feira 18, a comitiva oficial que viabiliza a presidência da Câmara Federal tendo como candidato o líder do PP, deputado Arthur Lira.

A eleição para escolha do novo presidente acontece no próximo dia 01 de fevereiro. A mesa diretora da Câmara decidiu agora a pouco que a eleição irá acontecer de maneira presencial. O deputado Arthur Lira fez um post nas redes sociais onde afirma que “Prevaleceu o que é regimental, o que está na constituição”.


A eleição para escolha do novo presidente tem também o deputado baleia Rossi do MDB que também tem apoio de um grupo de deputados.
Na semana passada o deputado Neri Geller articulou uma reunião com toda a bancada federal de Mato Grosso em Cuiabá-MT. A reunião teve como pauta o pedido de apoio da bancada de Mato Grosso a candidatura de Arthur Lira, com presença da maioria dos parlamentares que hipotecaram apoio ao líder do centrão.

Leia Também:  Senador Carlos Fávaro destaca que burocracia em excesso atrapalha de vacinas à regularização fundiária

A vinda articulada pelo líder de bancada deputado Neri, demostra alinhamento politico do Estado com o modelo de gestão defendido por Lira. Tido em Brasília como um grande articulador, extremamente hábil na condução de temas difíceis.
A partir de hoje a comitiva que viabiliza a presidência estará reunindo com os deputados de Porto Alegre na da região Sul do Brasil, a comitiva irá reunir com o governador Eduardo Leite e os deputados da bancada, em seguida darão entrevista na sede do PP.

Ao JB News Neri Geller, defendeu que “A Câmara precisa de voz, e que essa voz seja independente, que tenha autonomia para falar em nome dos deputados e levar à uma condução tranquila. Esse tem que ser o perfil do novo presidente da Casa, e Lira possui qualidades importantes de um líder: cumpre palavra, tem bom senso e é aberto ao diálogo. Pronto! Esse é o perfil que o novo presidente da Casa precisa ter, além de coragem para o enfrentamento de temas delicados, porém essenciais”.
Geller ainda avalia, que a agenda proposta por Lira vem diretamente ao encontro de temas essenciais não apenas para a economia brasileira, mas principalmente para por fim aos gargalos impostos aos estados produtores, como Mato Grosso, responsável por sustentar grande parte do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. O enfrentamento de temas como o licenciamento ambiental, a reforma agrária e a própria reforma tributária têm puxado para baixo o avanço do Brasil. “Mesmo com todos os entraves o Brasil, e no caso, Mato Grosso tem conseguido avançar porque somos pujantes, porque nossos produtores não recuam diante das dificuldades. Agora imagina se os produtores pudessem trabalhar em condições favoráveis?”, destacou Geller.

Leia Também:  Diretoria Executiva e Conselho Fiscal toma posse na AMM

No tocante à má condição das rodovias em Mato Grosso, Lira defendeu que o avanço do tema somente ocorrerá diante de uma articulação forte e independente em Brasília, a exemplo da implantação da Ferronorte e da conclusão das obras de duplicação da BR-163 até os portos do Contorno Norte.

Veja a defesa de Arthur Lira em prol da agricultura:👇

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA