VÁRZEA GRANDE

Prefeita Lucimar recebe Medalha Honorífica da Força Tática de Várzea Grande

Publicados

em

JB News

A Prefeita de Várzea Grande Lucimar Sacre de Campos, recebeu honraria da Polícia Militar, Medalha Honorífica da Força Tática de Várzea Grande da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, pelos relevantes serviços prestados frente a Prefeitura Municipal de Várzea Grande a corporação, além do apoio e parceria.

O Tenente Cel. Benedito Sérgio de Souza Pinheiro Ferreira 2º Comando Regional 15ª Cia Independente de Polícia Militar – Força Tática / Várzea Grande, foi quem entregou a medalha, no gabinete da prefeita, na manhã desta quinta-feira (19), e disse que Várzea Grande é um dos municípios que a Polícia Militar trabalha de forma integrada com as Forças de Segurança por pertencer a Região Metropolitana, além de ser a segunda maior cidade do Estado.

“O trabalho de integração reflete na melhoria da eficiência na prestação do serviço público. O momento é de unirmos forças para tornarmos mais ágeis e eficientes no combate ao crime. A integração da Guarda Municipal aos nossos trabalhos, está sendo muito importante, cujo objetivo final é a redução dos índices de criminalidade dentro do município”, disse o Tenente Coronel Benedito Sérgio, incentivando ainda o trabalho integrado entre as instituições de Segurança Pública.

Leia Também:  Cultivo do coco vira possibilidade para produtores de Mato Grosso

A prefeita Lucimar Sacre de Campos diz estar honrada com a homenagem e que Várzea Grande é uma cidade que cresce muito e que precisa da presença da Polícia Militar e Civil para estabelecimento da Ordem Pública. E para isso investiu na Guarda Municipal, com equipamentos e capacitações, para que a instituição de segurança municipal pudesse fazer parte e atuar junto com as Forças de Segurança, o que hoje se tornou realidade.

“É um imenso orgulho receber essa homenagem. Sempre trabalhamos em parceria, e na segurança pública não é diferente. Desta forma integrada faz toda diferença no combate à criminalidade e salvando vidas. Ser uma das homenageadas é poder contribuir de alguma forma somando no resultado positivo que a unidade proporciona para Várzea Grande. Agradeço pelo carinho e homenagem, e quero aqui afiançar que a vossa presença no nosso município, faz a diferença no combate a criminalidade e nos proporciona sensação cada vez melhor de segurança no município”, agradeceu a prefeita.

O Mérito foi prestado também ao senador Jayme Veríssimo de Campos. Estiveram na reunião de entrega o secretário de Governo Cel. Alessandro Ferreira da Silva e a secretária de Assuntos Estratégicos, Adriana Corrêa da Costa de Arêa Leão Monteiro, além do assessor de Gestão Cel. Evandro Roxo Medeiros.

Leia Também:  Prefeito de Várzea Grande se reúne com governador e defende implantação do BRT

Por: Da Redação – Secom/VG

COMENTE ABAIXO:

POLITICA

Prefeito de Várzea Grande se reúne com governador e defende implantação do BRT

Publicados

em

Prefeito de Várzea Grande se reúniu com governador e defendeu implantação do BRT

Kalil Baracat se reuniu com Mauro Mendes para falar sobre o novo modal
PorLucas Rodrigues

Com informações Secom-MT

Foto por: Michel Alvim/Secom

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat(MDB),, afirmou que a mudança feita pelo Governo do Estado para substituir o VLT pelo BRT (ônibus elétricos) vai trazer economia e também mais acesso e comodidade aos usuários do transporte público coletivo.

Baracat se reuniu com o governador Mauro Mendes, na manhã desta quarta-feira (13.01), para conversar sobre o tema. Também esteve presente o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e membros da gestão do prefeito.

“Se for pelo bem da sociedade, eu apoio. Se isso vai resolver o problema das cidades de Cuiabá e Várzea Grande, eu apoio. Não tem porque não apoiar”, declarou.

De acordo com o gestor municipal, uma das principais vantagens do BRT em relação ao VLT é a flexibilidade em relação às rotas, uma vez que pode ser expandido de acordo com as necessidades de mobilidade de Cuiabá e Várzea Grande – o que seria muito difícil (e caro) com o VLT.

Leia Também:  IML pede apoio para encontrar família de morto em acidente em Cuiabá

“O modal pode não só atender a Avenida da FEB, mas estender para outras partes da cidade, o que significa um acesso maior e também uma comodidade maior ao usuário do transporte público”, relatou.

Para Kalil Baracat, o importante é que todos os transtornos causados pelas obras do VLT sejam finalmente resolvidos, com a implantação de um sistema que beneficie os cidadãos da Baixada Cuiabana.

“O modal apresentado vai trazer economia, acho que atende a necessidade dos munícipes e vai resolver o problema. O principal objetivo é esse: resolver o problema. O Governo tem condição total de implantar”, finalizou.

A mudança

A decisão de substituir o VLT pelo BRT foi tomada no final de dezembro de 2020 pelo governador Mauro Mendes, após a conclusão de estudos técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Os estudos concluíram que o VLT seria insustentável, custaria pelo menos mais R$ 700 milhões aos cofres públicos, demoraria até seis anos para ser concluído e contaria com uma tarifa superior a R$ 5, além de todos os problemas jurídicos envolvidos na obra.

Leia Também:  Publicado no Diário Oficial o termo de compromisso entre o Butantan e Anvisa

Já o BRT, conforme a análise técnica, custará R$ 430 milhões, pode ficar pronto em até dois anos após o início das obras, terá tarifa pouco acima de R$ 3, é não-poluente pelo uso de baterias recarregáveis e oferece maior flexibilidade para expansão de rotas, beneficiando milhares de usuários a mais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA