Política Estadual

Policia Militar começa a implantar patrulhamento agrícola em Mato Grosso

Publicados

em

Quinze pólos devem ganhar esse programa, que conta com recursos do senador Wellington Fagundes

Quinze pólos de Mato Grosso devem receber a implantação do programa de segurança “Patrulhamento Agrícola”, que pretende prevenir e combater a violência em áreas agrícolas. O primeiro projeto está em fase de implantação pela Polícia Militar na região de Rondonópolis, em parceria com a Federação de Agricultura de Mato Grosso (Famato) e recursos viabilizados pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT).

 

A operação está sendo padronizada e consiste em manter contato permanente com os produtores rurais. O primeiro passo é o cadastro com dados sobre localização da propriedade, tipo de produção, nome dos proprietários e funcionários.

 

Segundo o tenente-coronel Gleber Cândido Moreno, já existem 368 propriedades cadastradas e o contato é permanente por meio de visitas in loco ou por um aplicativo de relacionamento.

 

“A partir de Rondonópolis, o projeto deve ser implantado em outros 14 pólos de Mato Grosso”, garante o coronel Wilker Soares Sodré, comandante da PM na região Sudeste de Mato Grosso.

Leia Também:  Deputado Thiago Silva quer criação do Programa da Agricultura de Interesse Social Emergencial

 

Os recursos, de emenda parlamentar do senador Wellington Fagundes, devem ser aplicados na compra de equipamentos de informática, incluindo um software.

“Esse projeto nos dá mais tranquilidade”, garante o diretor administrativo e financeiro da Famato, Vilmondes Tomain.

 

O parlamentar também atua para viabilizar a implantação de uma companhia independente da PM na região da Vila Operária, em Rondonópolis. A companhia independente é reivindicada pelo próprio comando da PM, que aponta a grande densidade de bairros na região – quase 80 – e o número de habitantes. Além disso, a região registra grande movimento no comércio e instituições financeiras.

 

Além da Vila Operária, a companhia independente também atenderia os municípios de Guiratinga e São José do Povo. Para a criação da sede, a PM já conta com viaturas e efetivos disponíveis.

 

Os projetos foram apresentados nesta segunda-feira (05.10) em reunião com o comandante-geral da Polícia Militar, Delwison Sebastião Maia da Cruz. Na ocasião, o parlamentar recebeu a solicitação de apoio para mais investimentos em transporte, tecnologia e compra de equipamentos bélicos.

Leia Também:  Mato Grosso equilibrou as finanças e recuperou a credibilidade, afirma secretário de Fazenda

 

“Vamos atuar. Estamos começando a discutir o Orçamento Geral da União. Este é o momento”, disse o parlamentar.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MT entrega carteira Autistas

Para Mauro e Virgínia Mendes inclusão é uma das prioridades do governo

MT entrega carteira Autistas

Publicados

em

 

Por Denise Niederauer

O governador Mauro Mendes (DEM),e a primeira-dama Virgínia Mendes entregaram a Carteira de Identificação do Autista – (CIA), para crianças e adolescentes diagnosticados com Transtorno do Espectro Autista (TEA), nesta sexta-feira (16.10), no Palácio Paiaguás. Elas foram recebidas por 20 pessoas com o transtorno, entre crianças e adolescentes.

A madrinha da causa, Virgínia Mendes relembrou que a carteirinha foi uma das primeiras demandas que recebeu dos pais e das associações que atendem pessoas com autismo.

O trabalho de emissão será realizado por intermédio da Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), de forma gratuita, nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). O prazo para a confecção é de até 30 dias.

“Sempre reforço que inclusão é uma das minhas prioridades. E também teremos em breve, por meio do programa ‘Ser Inclusivo’, um cartão com benefícios para as pessoas com deficiência, melhorando o acesso a alimentação e outros itens de primeira necessidade”, destacou a primeira-dama Virgínia. Segundo governador Mauro Mendes, a iniciativa representa um gesto de respeito às diferenças e uma garantia de oportunidade para todos.
“Lamentavelmente a sociedade não entende as características diferenciadas que alguns cidadãos têm. Muitas vezes isso gera transtornos e tira dessas crianças o direito de convívio entre todos nós. Neste sentido, o Estado vem olhando para todos os segmentos com carinho e atenção devida”, afirmou Mendes.

Leia Também:  Governador assina empréstimo de R$ 550 milhões e viabiliza construção de 5 mil pontes em MT

Serviço

O documento tem validade de cinco anos e será entregue nos 141 municípios de Mato Grosso para facilitar o acesso a lugares públicos e privados de forma prioritária para pessoas diagnosticadas com autismo.  caso de pessoa estrangeira autista, naturalizada ou domiciliada no Estado de Mato Grosso, deverá ser apresentado título declaratório de nacionalidade brasileira ou passaporte.
A lei de nº 10.997 que prevê a emissão e distribuição desta carteira é de autoria do deputado estadual Sebastião Rezende.
Veja a entrevista governador de MT Mauro Mendes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA