Economia

Podcast iGdeias debate sobre empresas ‘figitais’ nesta terça-feira

Publicados

em

Episódio contará com a participação do cientista da computação Sílvio Meira
Divulgação/iG

Episódio contará com a participação do cientista da computação Sílvio Meira

O podcast iGdeias desta terça-feira (2) vai debater sobre o futuro ‘figital’ e como a sua empresa pode se adaptar a modalidade. O episódio será transmitido nas redes sociais do iG a partir das 12h.

‘Figital’ são empresas que uniram lojas físicas e digitais no mesmo modelo de negócio. Especialistas acreditam que a modalidade será o futuro das empresas, principalmente as de varejo.

O convidado desta terça é o cientista-chefe da TDS Company, Sílvio Meira. Cientista da computação, especializado em software, Meira foi condecorado com a Ordem Nacional do Mérito Científico em 1999. Ele ainda recebeu a comenda da Ordem de Rio Branco dois anos mais tarde.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Leia Também:  FNA no UIARio2021: Mercado de trabalho em transformação caminha para a ‘corrosão’

A live contará ainda com a participação de Rafael Vaisman, mestre em inovação e comentarista de tecnologia do iG.

O podcast será transmitido no  YouTube, Facebook, LinkedIn , Twitter  e  Twitch do iG. O episódio também estará disponível no Spotify.


Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:

Economia

Mauro Mendes afirma pagar de forma integral o RGA 2022

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

O governador de MT candidato a reeleição Mauro Mendes (UB), afirmou em entrevista nesta sexta-feira 12 Agosto, e afirmou  que vai pagar de forma integral o (RGA) Revisão Geral Anual referente a este ano 2022.

Segundo Mende, está proposta serve para valorizar mais o servidor público, e que o pagamento do (RGA) referente a este ano está previsto para janeiro de 2023.

Até então a data para o pagamento seria em maio, porém Mendes disse foi mudada a data de pagamento tudo com planejamento, outra afirmação do governador é que o pagamento do (RGA) deve acompanhar a inflação.

O RGA tem sido a briga dos servidores públicos com o Governo de MT, isso porque no ano de 2019 não foi pago o valor referente ao ano de 2018, isso porque o Tribunal de Contas do Estado de MT (TCE-MT), suspendeu o pagamento alegando o que estado de MT não teria atingidos todos os requisitos para fazer o pagamento.

Já no ano de 2020 e 2021, por conta da Covid-19, mais uma vez o servidor público ficou sem receber o RGA, apesar disso neste ano o governo fez reajuste de 7% nos salários dos servidores públicos, e agora faz compromisso de pagar integralmente e acompanhando a inflação o RGA em 2023.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Comarca de Nova Canaã do Norte suspende expediente nesta segunda-feira
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA