Esportes

Palmeiras reage e empata com Atlético Mineiro no 1º jogo das quartas de final da Libertadores

Publicados

em

O Palmeiras tira um empate da “cartola” depois de estar perdendo por 2 a 0, do Atlético Mineiro, e chega a 20 jogos de invencibilidade como visitante na Libertadores. 

O Atlético-MG saiu na frente na briga pela vaga na semifinal da Copa Libertadores. Com gol de Hulk e um contra de Murilo, o Galo chegou a abrir boa vantagem no placar, mas viu o zagueiro palmeirense se redimir e diminuir a vantagem dos anfitriões. 

Quando tudo parecia que a série invicta como visitante do Palmeiras iria se encerrar, o Alviverde arrancou o gol de empate por 2 a 2 nos acréscimos, com Danilo, para deixar o Mineirão ainda mais vivo pela vaga na semifinal. 

O empate encerrou os 100% de aproveitamento do Alviverde na atual Libertadores, mas o atual bicampeão da competição ampliou sua série invicta como visitante no torneio continental, que foi para 20 jogos.

Com o resultado em Belo Horizonte, quem vencer em São Paulo avança. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. A equipe que passar enfrenta nas semifinais Estudiantes ou Athletico-PR. O jogo de volta será na próxima quarta-feira (10), às 21h30, no Allianz Parque.

Leia Também:  Ministro da Saúde confirma destinação de doses extras de vacinas contra a covid-19 para Cuiabá

Antes da decisão pela Libertadores, as equipes têm compromisso pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Atlético recebe o Athletico-PR neste domingo, a partir das 19h, no Mineirão. Às 16h, Palmeiras e Goiás se enfrentam no Allianz.

O Atlético sufocou o Palmeiras no campo ofensivo alvinegro. Como resultado, empilhou ótimas oportunidades de gol desde o início.

Zaracho de bicicleta, Hulk em chutaço de longe, Keno duas vezes em condições claras, Ademir na trave em lance inacreditável… O gol amadurecia, mas demorava a sair. Recuado, o Palmeiras tentava contra-ataques, mas era parado ora pela marcação atleticana, ora por faltas.

Na única vez que a marcação do Atlético bobeou, Piquerez marcou – mas o lance foi invalidado por impedimento de Gustavo Scarpa no início da jogada. A frustração palmeirense se tornou incentivo para o Galo, que voltou a pressionar até que, aos 44 minutos, Jair foi derrubado na área por Marcos Rocha.

Pênalti para o Atlético, Hulk vai para a bola e desta vez, o artilheiro alvinegro não acertou a trave, e sim o gol: 1 a 0 para o time que dominou as ações no primeiro tempo.

Leia Também:  Mato-grossense: A bola volta rolar nesta quarta-feira

O segundo tempo começou da melhor maneira possível para o Atlético: com um gol aos 2 minutos. A zaga do Palmeiras vacilou. Keno, com muita habilidade, venceu a marcação e cruzou para trás, nas pernas de Murilo, que empurrou para as próprias redes. Em êxtase, o Mineirão em um cenário ainda mais favorável aos donos da casa.

O domínio atleticano ainda existia quando o Palmeiras reduziu os danos, aos 13 minutos. Após bela cobrança de falta de Gustavo Scarpa no travessão, a bola sobrou nos pés de Murilo, na área. O zagueiro alviverde se redimiu e empurrou para as redes, desta vez do adversário.

Daí em diante, a posse continuou nos pés do Atlético, mas com menos ações incisivas na área palmeirense. O time alviverde passou a criar e teve uma oportunidade claríssima com Dudu, que, livre dentro da área, finalizou para fora. Já nos acréscimos, o time alviverde conseguiu o empate com o volante Danilo, após cobrança de escanteio, para frustração atleticana.

Em uma semana, a decisão é em São Paulo.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:

Esportes

Copa do Brasil: Timão confia na virada contra Atlético-GO para avançar

Publicados

em

Por

Eliminado da Copa Libertadores da América, derrotado na última rodada do Brasileirão pelo arquirrival Palmeiras e precisando de uma vantagem de três gols para avançar às semifinais da Copa do Brasil. Assim o Corinthians entra em campo contra o Atlético-GO, nesta quarta-feira (17), às 21h30 (horário de Brasília), na Neo Química Arena. O Dragão venceu o jogo de ida por 2 a 0 e pode até perder por um gol de desvantagem que se classifica. Se o Timão devolver a diferença de dois gols, vamos para a disputa de pênaltis.

A missão da equipe paulista é muito difícil, mas, mesmo pressionado, o técnico Vítor Pereira saiu de campo após a derrota para o Palmeiras confiante no futebol corintiano e na virada.

“Nós temos que criar situações de gols e fazer gols. Não podemos ficar em branco como ficamos hoje (contra o Palmeiras). Com a mesma determinação, com a mesma coragem com que jogamos, será a motivação, a força como vamos encarar o jogo, sabendo que temos que marcar gols e não permitir gol nenhum. Sinceramente, eu acredito que vamos dar uma boa resposta”.

Do outro lado, Jorginho não quer deixar o rendimento do Atlético-GO cair. O técnico sabe que, apesar da vantagem conquistada no jogo de ida, a classificação ainda não está garantida.

Leia Também:  Atlético-GO vence e sai na frente do Corinthians na Copa do Brasil

“O mais importante é que a gente entre entendendo o jogo, o quanto será difícil. É um jogo não só contra uma equipe mas muita qualidade técnica, mas também um jogo que se torna uma guerra. A gente tem que ir para os confrontos muito bem preparado, ganhar os confrontos, as divididas, a gente não ser apenas uma equipe organizada, ousada, mas também uma equipe corajosa. Acho que jogando dessa forma a gente tem possibilidade de passar dessa fase”.

Quem passar do confronto entre Corinthians e Atlético-GO enfrenta Fluminense ou Fortaleza na semifinal. O tricolor carioca venceu a partida de ida por 1 a 0, no Castelão (CE).  

Ouça na Rádio Nacional

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA