Tecnologia

Pai de Elon Musk afirma que não sente orgulho de seu filho

Publicados

em

Elon Musk ainda é visto pelo pai como um
Reprodução/Instagram – 26.04.2022

Elon Musk ainda é visto pelo pai como um “garotinho”

Errol Musk, pai do bilionário Elon Musk, confessou que não sente orgulho de seu filho, fundador da SpaceX, CEO da Tesla e o homem mais rico do mundo. A declaração foi dada em entrevista à rádio australiana The Kyle and Jackie O Show na segunda-feira (1º).

“Somos uma família que faz muitas coisas há muito tempo, não é como se de repente tivéssemos começado a fazer algo”, afirmou o pai, de 76 anos.

Segundo Errol, o próprio filho estaria se sentindo “frustrado” consigo mesmo. “E é compreensível”, acrescentou, explicando que Musk se sentiria “atrasado” sobre o que almeja para suas várias empresas, de forma que “não está tão feliz quanto gostaria”.

“Eu sei que parece loucura, mas tendemos a pensar assim como uma família. Ele tem 50 anos agora e ainda penso nele como um garotinho. Mas ele tem 50 anos, quero dizer, é um homem velho”.

Já sobre seu outro filho, Kimbal Musk, Errol o descreveu como “o orgulho e a alegria” de sua vida. Segundo o site de notícias Business Insider, Kimbal é chef e dono de um restaurante, com um patrimônio líquido estimado em US$ 700 milhões.

Musk pai também tocou na polêmica envolvendo seu relacionamento com a enteada, Jana Bezuidenhout, 42 anos mais nova que ele. Ela tinha 4 anos quando Errol se tornou seu padrasto. Para ele, a relação é “completamente normal”.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:

Tecnologia

Google Meet terá compartilhamento de Spotify e YouTube durante chamada

Publicados

em

Por

Google Meet ganhará novos recursos
Tecnoblog

Google Meet ganhará novos recursos

O Google Meet ganhou muito destaque nos últimos anos, e vai receber alguns recursos extras para deixar suas reuniões mais legais. Com um novo recurso de compartilhamento ao vivo, dá para ouvir músicas no Spotify, ver vídeos no YouTube ou jogar com outros participantes da chamada. É bem parecido com o SharePlay, da Apple.

O recurso faz parte da fusão do Meet com o Duo, o app de videochamadas do Google (que não tem a mesma fama do irmão profissional).

Esse é um processo bem confuso, aliás: o app do Duo vai virar Meet e ganhar os recursos dele, enquanto o Meet vai ser renomeado para Meet Original e posteriormente descontinuado.

Jogos e streaming no Google Meet

Bagunça à parte, alguns novos recursos foram acrescentados. Um deles é este recurso de compartilhamento ao vivo. Ele ainda está em fase beta.

Durante uma chamada, basta tocar nos três pontos, escolher “Atividades” e selecionar uma das opções. Dá para iniciar uma sessão em grupo no Spotify, por exemplo, jogar Uno! Mobile ou Kahoot!, entre outras possibilidades.

Leia Também:  China afirma que EUA devem obedecer princípio de unificação em Taiwan

SharePlay da Apple funciona com produtos diferentes

Compartilhar conteúdo de streaming em uma chamada não é inédito. É isso que o SharePlay da Apple faz.

Ele permite usar o FaceTime para compartilhar conteúdos de apps de streaming. Dentre as opções, estão a Apple TV+, o Disney+ e o HBO Max.

Spotify e YouTube não estão nessa lista, o que conta como um diferencial para o serviço do Google Meet.

O compartilhamento ao vivo teria sido bem interessante durante a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, quando regras restritas de circulação estavam em vigor.

Mesmo assim, pode ser útil para empresas que adotaram o trabalho remoto ou para quem tem amigos espalhados pelo país ou pelo mundo.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA