Policial

Paccola se torna réu, e tem porte de arma suspenso pela justiça

Publicados

em

JB News

Por Alisson Gonçalves

O vereador por Cuiabá e tenente-coronel Marcos Paccola (Republicanos),  tornou-se  réu no processo sobre a morte do agente do socioeducativo Alexandre Miyagawa de 41 anos, morto no dia 1 de julho com três tiros nas costas próximo ao Choppão em Cuiabá.

Em uma decisão judicial proferida na tarde desta terça-feira 2 de Agosto, pelo juiz Flávio Miraglia Fernandes, da 12ª Vara Criminal da Capital, também foi pedido a suspenção de porte de arma do vereador.

Outra decisão proferida pelo magistrado, é que se Paccola for condenado, ele pode ser obrigado a pagar uma indenização pelo dano, tanto moral quanto material, a família do agente.

Apesar dessa intimação o vereador tem um prazo de 10 dias para apresentar sua defesa.

Veja  a decisão:👇

Decisão Paccola

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Presidente do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso é assassinado a tiros

Policial

Jovem é assassinado em Cuiabá após decidir trocar de facção crimosa

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

Um jovem de 22 Anos, foi assassinado brutalmente, por ter trocado de facção crimosa.

O caso aconteceu em no bairro despraiado em Cuiabá neste domingo 15 de Agosto.

O jovem que não foi identificado, fazia parte da facção denominada como (CV) Comando Vermelho, e teria trocado para o (PCC) Primeiro Comando da Capital.

Porém essa troca não foi aceita pela (CV) que determinou a morte de jovem, ele foi assassinado no meio da rua com vários tiros nos olhos.

A Polícia Civil está investigando o caso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeitos do MDB decidem apoiar reeleição de Wellington Fagundes
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA