Destaque

Nova diretoria do Simenorte assume gestão dos próximos dois anos

Publicados

em

 

 

Frank Rogieri de Souza Almeida comandará o sindicato e destaca o trabalho pela valorização do setor

A nova diretoria do Sindicato dos Madeireiros do Extremo Norte de Mato Grosso (Simenorte) tomou posse nesta segunda-feira (11) para comandar a entidade pelos próximos dois anos. Eleita em dezembro passado, a diretoria tem o produtor e industriário Frank Rogieri de Souza Almeida como presidente e Ednei Blasius, que era o presidente, assume a vice-presidência. Também assumem, juntamente com a diretoria, os delegados do Conselho de Representantes da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (FIEMT). Cerca de 60 empresas integram o Simenorte.

Entre os principais desafios, Frank Rogieri destaca a continuidade dos trabalhos em prol da valorização da cadeia produtiva da madeira em Mato Grosso, bem como a luta por condições mais competitivas, com melhorias nas áreas de logística, desburocratização e agilidade para a execução dos processos de licenciamento ambiental e redução da carga tributária.

“O setor madeireiro, assim como grande parte das cadeias produtivas do estado, busca melhorias que reduzam o custo de produção para conseguir ampliar os investimentos. Mas temos alguns agravantes neste processo que são a desinformação e a criminalização das nossas atividades. Além de dar melhores condições, ainda trabalhamos para mostrar a importância do setor para a conservação da floresta e desenvolvimento econômico e social da região”, destacou Frank Rogieri.

Leia Também:  Estado notifica Prefeitura a aguardar rotas do BRT para evitar desperdício de dinheiro público

O presidente eleito também ressaltou a gestão do ex-presidente Ednei Blasius no Simenorte. “Será um prazer dividir o comando com o Ednei Blasius, que com sua experiência poderá nos auxiliar pelos próximos dois anos”, afirmou Frank Rogieri de Souza Almeida.

A nova diretoria é composta, além do Frank Almeida e do Ednei Blasius, por Fernando Passos na 1ª secretaria, Edwin Franz Brack como 2º secretário, o 1º Tesoureiro será Robson Bonapaz de Moura Dioni Brezovsky Domiciano o 2º secretários. No conselho fiscal, serão efetivos Francisco Luan Costa de Oliveira, Olindo Serafin Junior e Clovis Irineu Kreidloro. Na suplência estarão Valdir José de Oliveira, Jairo de Carli e Amarildo Moreschi. A representação junto ao Conselho de Representantes da FIEMT fica a cargo de Frank Rogieri de Souza Almeida e Ednei Blasius e os suplentes Antônio Francisco dos Passos e Olindo Serafin Junior.

Perfil – Atual presidente do Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal (FNBF) e vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), Frank Rogieri de Souza Almeida tem 44 anos de idade, sendo 35 deles em Mato Grosso e há 13 anos atuando no setor florestal. Esta será sua segunda gestão à frente do Simenorte, onde já foi presidente entre os anos de 2014 e 2016.

Leia Também:  IML pede apoio para encontrar família de morto em acidente em Cuiabá

HF Comunicação 

COMENTE ABAIXO:

Destaque

MPMT alerta para tentativas de golpe usando nome de Promotores de Justiça

Publicados

em

MPMT alerta para tentativas de golpe usando nome de Promotores de Justiça

JB News

O Ministério Público de Mato Grosso alerta para tentativas de golpe que estão sendo praticadas no estado utilizando nomes de Promotores de Justiça para obtenção de vantagens financeiras. Boletins de ocorrência já foram registrados para identificação do (s) criminoso (s).

O criminoso liga para instituições e órgãos públicos, como Câmaras de Vereadores e Prefeituras, e se identifica como sendo Promotor de Justiça. Diz que precisa se dirigir à cidade a trabalho e solicita à pessoa que atendeu a ligação que contrate um motorista para atendê-lo.

Após as tratativas, solicita os dados bancários da eventual vítima (o motorista), depois entra em contato com ela e afirma ter efetuado depósito em valor superior ao ajustado, por erro da secretária. Então pede ao motorista a devolução do numerário mediante depósito em sua conta corrente, com urgência.

Pelo menos uma pessoa já foi vítima do golpe em uma cidade do interior, sofrendo prejuízo financeiro.

O Ministério Público Estadual esclarece que Promotores de Justiça não ligam solicitando a contratação de motoristas, não efetuam depósitos em contas de particulares a pretexto de cumprir agendas oficiais e nem solicitam devolução de valores.

Se alguém for contatado pelo falsário, deve tomar os devidos cuidados e denunciar imediatamente ao Ministério Público Estadual por meio da Ouvidoria, que pode ser acessada pelo Portal do MPMT (www.mpmt.mp.br), pelo endereço ouvidoria@mpmt.br ou pelo Telefone 127.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Emanuel Pinheiro comemora a aprovação emergencial das vacinas pela Anvisa
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA