Policial

Mulheres são presas em flagrante tentando entrar com celulares de porção de droga na PCE-MT

Publicados

em

Duas mulheres são detidas com celular de porção de droga em dia de visita na PCE

Com informações da PJC-MT

Duas mulheres que tentavam entrar com produtos ilícitos na Penitenciária Central do Estado foram conduzidas a Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), nesta sexta-feira (31.01), durante a fiscalização anterior a visita dos presos.

A ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Sistema Prisional resultou na apreensão de um aparelho celular e uma porção de maconha encontrado em poder das conduzidas.

As suspeitas tiveram os objetos estranhos identificados ao passar pelo scanner. Questionadas, elas confessaram que tentavam entrar com os produtos ilícitos, sendo conduzidos ao banheiro para retirada dos objetos.

Diante das evidências, as duas mulheres forma conduzidas a DRE, onde após serem interrogas a suspeita que tentava entrar com drogas foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e a outra responderá por Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por ingressar com celular em presídio.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bandido leva um tiro na cabeça e morre ao tentar assaltar um sargento da PM em Cuiabá
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Mato Grosso registra queda nos índices de criminalidade no período de isolamento social

Publicados

em

Houve redução nos casos de homicídio doloso, roubo, furto, latrocínio, lesão corporal, tráfico e violência contra a mulher

Débora Siqueira

Polícia Civil e Polícia Militar fazem trabalho integrado para redução de crimes – Foto por: Reinaldo Lima/PJC
A | A

Com o isolamento social, medida imposta para controlar a disseminação do coronavírus em Mato Grosso, as ocorrências policiais reduziram no Estado, conforme a análise do Observatório de Violência, da Adjunta de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública. O período analisado é 10 a 29 de março, com base nos boletins de ocorrência registrados pela Polícia Militar e Polícia Civil no Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP). Por ser dados preliminares, estão passíveis de alterações após a consolidação pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp).

Comparado com o mesmo período do ano passado, os crimes de latrocínio (roubo seguido de morte) caíram 85,7%. Foi registrado 1 caso este ano contra 7 no ano passado. Da mesma forma os casos de roubos caíram em 30,7%, furto 40,4%, lesão corporal 34,4%, tráfico de drogas 36,3% e 4,3% nos casos de homicídios dolosos (com intenção de matar). No caso dos assassinatos, foram considerados números absolutos de vítimas. Foram 44 mortes em 2020 no período de 10 a 29 de março, enquanto foram 46 no ano passado.

Leia Também:  Lucimar Campos confirma pagamento de salários injeta 100 milhões em VG e cobra pacto federativo urgente

Em outro estudo do Observatório da Violência, mas no período de 10 de março a 24 de março, apontam que os casos de violência contra a mulher caíram 35% em Mato Grosso. Os dados levam em conta a comparação deste ano (1.402 casos) com o mesmo período do ano passado (2.170).

Nestes números, levantados pela Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), estão incluídas as 23 principais naturezas criminais praticadas contra mulheres, como ameaça, homicídio doloso e assédio sexual, por exemplo.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública destaca que as razões para a redução não significam necessariamente que o crime contra a mulher caiu, mas pode ser caso de subnotificações dos casos. Dentre os motivos pode ser que o agressor está em casa inibindo a vítima, ou caiu porque os bares estão fechados, já que o álcool é um potencializador da violência doméstica.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA