CUIABÁ

Moradores da Comunidade Rio dos Peixes recebem orientações e equipamentos de combate a queimadas

Publicados

em

A Defesa Civil de Cuiabá e a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico realizaram no sábado (30), uma ação de conscientização e combate as queimadas para os moradores da Comunidade Rural Rio dos Peixes, distante a 18 km da capital.  No local, foram entregues seis abafadores para que os moradores atuem no controle de focos de queimadas. Na ação, a comunidade recebeu também orientações sobre as formas corretas de utilização dos equipamentos, com segurança, até que as equipes do Corpo de Bombeiros cheguem para realizar o combate. Mesmo diante da proibição do uso do fogo, nesse período de estiagem, registra-se um grande quantitativo de queimadas.

“Essa região já é conhecida e, infelizmente, todos os anos enfrentamos os mesmos problemas. Trata-se de uma região elevada e de muito vento. São muitos pontos propícios para ocorrências e registros de incêndios. Por isso, sempre fazemos o trabalho de conscientização e de prevenção. Vale ressaltar que colocar fogo, seja na área rural ou urbana é crime ambiental”, disse o diretor da Defesa Civil, José Pedro Zanetti.

A proibição de queimadas em áreas urbanas e rurais do município, além de ser considerada crime ambiental, previsto na Lei Federal nº 9.605, que estipula como sanções multa e/ou reclusão de 1 a 4 anos, também  aumenta os riscos à saúde. 

Leia Também:  Receita orienta contribuintes sobre compras no exterior

“A questão das queimadas que é um problema sério e que causa riscos à saúde. Orientamos a população para que não use o fogo para queimar o lixo no fundo do quintal ou as folhas que caem das árvores, evitem o fogo de qualquer maneira. A colaboração da comunidade é fundamental”, acrescentou Zanetti.

O coordenador da Defesa Civil, Alex Botelho, lembrou de um fato ocorrido na semana passada, que exigiu grande empenho e várias equipes para solucionar o problema.

“O fogo avançou bastante no local. O grande problema foi que, moradores de um condomínio tentaram apagar o fogo, mas devido a proporção foi impossível. Por isso é que, a nossa orientação é para quando vislumbrarem a impossibilidade, já devem acionar as equipes para evitar que a situação se agrave ainda mais. Não tentem apagar o fogo. Esperem as equipes chegarem, a fim de evitar que o fogo propague ainda mais”, orientou o coordenador.  

O secretário adjunto de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Rogério Varanda fez questão de ressaltar o empenho da Prefeitura de Cuiabá, por meio das secretarias ligadas à questão ambiental, na intensificação dos trabalhos de combate as queimadas.

“Sabemos que os problemas das queimadas não se restringem apenas a questão do meio ambiente. O fogo gera danos graves com a saúde também. Precisamos do envolvimento de todos. Cada um deve fazer a sua parte. Atitudes simples podem fazer diferença.

Leia Também:  Beneficiários recebem hoje primeira parcela de julho do Auxílio Brasil

O biólogo e ambientalista da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Sustentável, Tony Schuring, durante palestra à comunidade, lembrou que a exposição contínua a fumaça gera sintomas como tosse, olhos ardentes e ardência na garganta. “Isso quer dizer que, as queimadas ocasionam problemas não só ao meio ambiente como na vida das pessoas. O que era apenas uma coisa pequena se torna ainda maior pois, a pessoa vai para a unidade sem o covid-19 e voltam doentes. É um problema muito sério”, destacou.

O presidente da Comunidade Rio dos Peixes, Gumercindo de Oliveira,  agradeceu essa parceria da Prefeitura de Cuiabá. “Sempre que precisamos, a Prefeitura de Cuiabá está pronta para nos ajudar. Esse trabalho de combate a queimadas deve ser feito de forma conjunta. Esses equipamentos vão nos ajudar e muito. Vamos denunciar e registrar as ocorrências para que as equipes venham para evitar maiores problemas. Estamos juntos em mais essa batalha em prol do nosso meio ambiente”, agradeceu Gumercindo.

Ao final, foi apresentado na prática a utilização de todos os equipamentos de combate as queimadas (bombas costais, sopradores e abafadores) para conhecimento dos moradores.

As equipes disponibilizam os canais de atendimento para o recebimento de denúncias pelo telefone (65) 3623-9633 e WhatsApp (65) 99310-8810, ou ainda pelo 193 do Corpo de Bombeiros Militar.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

Assistência Social realiza entrega de 150 cobertores para a população em situação de rua com a chegada de nova frente fria

Publicados

em

Por

Com a chegada da nova frente fria, a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, inicia nesta quarta-feira (09), a distribuição de 150 cobertores da ‘Campanha Aquece Cuiabá’. As entregas serão feitas pela equipe do Centro de Referência Especializado à População em Situação de Rua- Centro Pop, a partir das 18h, em diferentes pontos de concentração da população em situação de rua.

A distribuição dos cobertores será feita enquanto permanecerem as baixas temperaturas, previstas até o final dessa semana. Desde o mês de abril, já foram distribuídos cerca de dois mil. Os locais percorridos são as regiões da Rodoviária, Porto, Praça Ipiranga e Morro da Luz.

Além dessa medida, o Executivo mantém o atendimento por meio do Centro POP. A unidade entregue no final do mês de maio desse ano, é voltada exclusivamente para atendimento desse público, onde é realizado o trabalho de busca ativa, identificação, proximidade e acolhimento dessas pessoas.

Leia Também:  Beneficiários recebem hoje primeira parcela de julho do Auxílio Brasil

A coordenadora de Proteção Especial, Fabiana Soares, lembra que muito mais que oferecer cobertores em razão do frio, a equipe possibilita acolhimento informando sobre as unidades existentes no município. “Sempre que realizamos esses tipos de trabalhos, realizamos essa abordagem para que essas pessoas sejam encaminhadas para as nossas unidades de acolhimento para adultos como, o Manoel Miraglia, da Guia e do Porto. No entanto, nem sempre eles aceitam”, comentou Fabiana.

A equipe de abordagem social realiza a entrega de 450 refeições diariamente, sendo 300 nos pontos de concentração da população em situação de rua e 150 aos trabalhadores do Aterro Sanitário. Essa ação acontece desde o início da adoção das medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, no mês de março de 2020.

“É muito gratificante perceber que de uma forma ou de outra, estamos contribuindo para oferecer dignidade a essas pessoas que dependem do poder público. Graças ao empenho da gestão Emanuel Pinheiro, estamos mantendo a tradição, oferecendo acalento para os cuiabanos acostumados com o clima quente de Cuiabá”, concluiu a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

Leia Também:  Grupo de 50 a 54 anos com comorbidades começa a ser vacinado a partir desta quarta-feira

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA