AGRONEGÓCIOS

Mercado de boi gordo registra forte alta

Publicados

em

O mercado de boi gordo registrou, na última sexta-feira (29), preços firmes e mais altos. E, ao longo do dia, entrou em evidência a maior dificuldade de compra, com sintomas de encurtamento das escalas de abate. 

A expectativa é que, durante a primeira quinzena de agosto, a demanda aumente e retome o movimento de alta no físico. Dessa forma, a referência para a arroba do boi, em São Paulo (SP), subiu e chegou a R$ 316, e em Dourados (MS), os preços registraram forte alta e fecharam a R$ 290. Em Goiânia (GO) os preços também aumentaram e ficaram a R$ 290. 

Ao mesmo tempo, em Cuiabá (MT) e em Uberaba (MG), o preço da arroba do boi se manteve estável e são de R$ 287 e R$ 290, respectivamente.   

Fonte: AgroPlus

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mercado financeiro prevê inflação de 7,54% em 2022

AGRONEGÓCIOS

Petrobras anuncia nova redução no preço do diesel

Publicados

em

Por

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (11) uma nova redução no preço do diesel comercializado às distribuidoras. Com isso, a partir desta sexta-feira (12), o litro do diesel vendido passa de R$ 5,41 para R$ 5,19, com redução de R$ 0,22, ou 4,07%. Os preços dos demais combustíveis não foram alterados.

 Essa já é a segunda queda consecutiva anunciada pela estatal no diesel. Na semana passada, o valor do litro foi reduzido em R$ 0,20. No entanto, apesar das duas quedas, o preço do diesel vendido às distribuidoras ainda é 55,39% maior que o praticado no final de 2021. 

Conforme a Petrobras, considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da empresa no preço ao consumidor passará de $ 4,87, em média, para R$ 4,67 a cada litro vendido na bomba, de acordo com a estatal.

Em nota, a Petrobras afirmou que a redução acompanha o avanço dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel, e é coerente com a prática de preços da empresa, que busca o equilíbrio dos seus custos com o mercado global, sem repassar para os preços internos a volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio. 

Leia Também:  Com baixa demanda e alta do frete rodoviário, valores do complexo da soja caem no Brasil

Fonte: AgroPlus

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA