POLITICA

Mauro Mendes comunica Neri Geller que vai para a convenção com Wellington Fagundes

Publicados

em

JB News

Por Alisson Gonçalves

A dias vem se falando de um palanque aberto em MT, para candidatos que busca o Senado, em torno da reeleição do governador  Mauro Mendesao governo.

Antes mesmo das convenções eleitorais, já era discutido nos bastidores que Mauro deixasse o seu  palanque aberto para os candidatos.

O objetivo desse Palanque aberto, seria fortalecer a base do governador.

O que seria ótimo para ele caso mais estivesse com mais aliados ao seu lado.

Porém como sempre o palanque aberto não agradou a todos como caso de Senador Wellington Fagundes (PL), que busca de qualquer jeito obter apoio de Mauro, não aceitou em nenhum momento a proposta.

Outro grande impasse, foi Neri ter deixado a base do governador, que ao perceber a aproximação de Mauro com Fagundes tomou uma atitude inesperada e fechou aliança com esquerda, colocando como suplente a esposa do prefeito de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), como sua suplente.

Mauro recentemente já confirmou que deve apoiar a reeleição do presídente Jair Bolsonaro (PL). Por isso aliança de Neri como grupo da esquerda, no palanque de Mauro Mendes, poderia acabar realizando o feito de  um Palanque aberto aos candidatos a presidência.

Leia Também:  Gilberto Figueiredo é confirmado candidato a deputado estadual e vai ajudar eleição de Mauro Mendes

Com muitas críticas, tanto da esquerda, quanto da direita, que não aceitam o governador abrir, nem dividir o palanque em MT.

Ainda buscando não deixar O deputados Neri Geller, que é forte no setor agropecuário em MT, Mauro conversou por telefone, onde explicou, como funcionaria a idéia, caso aceitasse a proposta. E espera uma resposta até o início da convenção do UB.

A convenção do União Brasil será  realizada nesta sexta-feira 5 de Agosto, o grupo político de Mauro busca fortalecer a aliança com vários partidos para que o caminho de sua reeleição, onde  não precise enfrentar uma grande oposição. O que resta nesses próximos dias é a indicação dos suplentes que irão compor a chapa de Wellington Fagundes.

Em um reunião aberta, o senador Jayme Campos destacou que estes seriam escolhidos pelos grupos que irá compor a majoritária, e até o dia 05, já na convenção, tudo será definido.

Em nota o governador de MT explicou a conversa com Neri.

veja:👇

*NOTA*
O governador Mauro Mendes confirmou que conversou com o deputado federal Neri Geller, sobre palanque aberto e coligações para as eleições de 2022. Durante o telefonema, Mauro contou que explicou a Neri como funcionaria o palanque aberto.

Leia Também:  Portaria regulamenta o uso do Kit Covid-19 para pacientes com sintomas iniciais da doença dm Cuiabá

“Disse a ele que a coligação seria dos partidos com o União Brasil. Pois não haveria lógica não ter a coligação com todos. Contudo, em momento algum afirmei que teria fechado com senador A ou B”, explicou o governador.

O partido mantém as tratativas com seu grupo político para as convenções que acontecem no próximo dia 5, sexta-feira, e o diálogo continua.

COMENTE ABAIXO:

POLITICA

Paccola é notificado, e terá até o dia 26 de Agosto para apresentar sua defesa sobre a morte de Alexandre Miyagawa

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

 

Ainda tentando se livrar do pedido de afastamento, o vereador Tenente Coronel Paccola (Republicanos), recebeu uma  notificação para poder apresentar sua defesa, sobre a morte do Agente Alexandre Miyagawa de 41 anos.

Como já informado, Alexandre Miyagawa, foi morto com 3 tiros pelas Costas, no dia 1 de julho próximo ao Choppão em Cuiabá.

No dia 2 de Agosto, com a volta do recesso parlamentar, os vereadores decidiram não afastar o vereador, no processo foi justificado que o pedido do afastamento feito pela Vereadora Edna Sampaio (PT), era inconstitucional.

Porém a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Cuiabá, julgaria o caso de afastamento.

Paccola foi notificado na manhã desta terça-feira 9 de Agosto, terá até o dia 26 de Agosto para que apresente sua defesa.cola

Vale lembrar que Paccola ainda se tornou réu, e teve seu porte de arma suspenso pela Justiça.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Presos fogem em massa da Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva em Água Boa
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA