CUIABÁ

Márcia Pinheiro destaca ações do Qualifica 300 anos e estima dez mil formandos em quatro anos de gestão

Publicados

em

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, definiu o plano de trabalho a ser executado para a edição 2021 do Programa Qualifica Cuiabá 300 anos durante reunião realizada na última semana, na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Márcia – é reconhecida nacionalmente por seu esforço e incentivo a prática de política que resultem na geração de renda às famílias em situação de vulnerabilidade social. Um dos exemplos, trata-se do Qualifica 300 Anos. Resguardadas as medidas de biossegurança em razão da pandemia do novo coronavírus, a estimativa é capacitar dez mil pessoas ao longo da gestão Emanuel Pinheiro. O programa Qualifica Cuiabá 300 possui aulas ministradas por profissionais do Senai nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência (Cras).

“Quando idealizamos esse projeto, logo pensamos naquelas mulheres que, muitas vezes, se submetem a situações de violência psicológica, física ou sexual, chegando até sofrer feminicídio, pois por circunstâncias da vida não possuem muitas opções e acabam se sujeitando a dependência do marido. É, principalmente por elas, que pensamos em fomentar oportunidades para que possam ter a sua renda, a sua oportunidade e assim possui sua independência”, disse a primeira-dama Márcia Pinheiro.

Para os próximos quatro anos, a parceria entre a Prefeitura de Cuiabá e o Senai deverá ofertar em todo de dez mil novas vagas com turmas de alunos espalhados por toda Cuiabá, uma vez que, a característica do programa é levar os cursos profissionalizantes diretamente à população em seus bairros de origem.

Leia Também:  Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos é revisado e validado por 20 anos

“Estamos trabalhando para fortalecer ainda mais as novas edições do programa que já qualificou cerca de cinco mil pessoas. Em um futuro próximo, vamos capacitar mais pessoas, possibilitando a geração de emprego e renda, o que é fundamental na construção de novas histórias de vida”, observa Márcia Pinheiro.

 

 

Jovens

 

A proposta para edição 2021 terá como público alvo, o público jovem. A ideia apresentada pelo Senai é inserir na grade de atividades, cursos voltados especificamente para Inovação & Tecnologia Softwares, Jogos, Design Gráfico e Redes de Computadores. Também serão ofertados cursos de informática, montagem e desmontagem de computadores, dentre outros. As novas edições também irão manter cursos nas áreas de confeitaria, panificação, confecção de salgados, recursos humanos, corte e costura, dentre outros.

Levantamento referente aos últimos dois anos aponta que a participação feminina impera nos cursos já ofertados. Total de 79% do público foi formado por mulheres. Em relação a faixa etária, 75% de 20 a 59 anos e apenas 19% formado por jovens acima de 20 anos. Foram oferecidas vagas em Qualificação Profissional e Empreendedorismo.

Leia Também:  Visita propõe aproximação entre Crea-MT e Câmara de Cuiabá

 

“O Qualifica 300 é o caminho certo para quem quer ser um bom empreendedor, se destacar no mercado de trabalho e ganhar o seu próprio dinheiro. Somos parceiros da Prefeitura para dar a continuidade nesse programa inédito que tem como madrinha, a primeira-dama. Estamos felizes que teremos a chance de realizar novos sonhos”, destacou a diretora regional do Senai MT, Lélia Rocha Abadio Brun.

 

 

Qualifica 300

 

 

O Programa foi criado com esse objetivo, oferecer qualificação profissional para às pessoas que não tiveram a chande de se aperfeiçoar, pontuou a primeira-dama. “Quanto mais aprendizado, melhores são as chances de encontrar emprego ou até mesmo empreender. Vamos inovar mais uma vez com a criação do Qualifica Jovem pois, temos que fortalecer esse percentual e demonstrar que a gestão Emanuel Pinheiro trabalha de forma humanizada tendo a preocupação voltada para toda a população cuiabana, sendo donos do próprio negócio”, concluiu Márcia Pinheiro.

A reunião foi acompanhada pela secretárias de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, ajunta de Assistência Social, Clausi Barbosa, da Mulher, Luciana Zamproni e representantes do Senai.

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

Stopa defende intervenção na Jurumirim seja iniciada após a entrega do viaduto Murilo Domingos

Publicados

em

Por

Para ele, a realização de duas intervenções dessa magnitude, de forma simultânea, gerará grandes transtornos à população

POR BRUNO VICENTE

Davi Valle

O vice-prefeito e secretário de Obras Públicas de Cuiabá, José Roberto Stopa, defendeu que a intervenção para correção na estrutura da Trincheira Jurumirim/Miguel Sutil seja iniciada apenas após a entrega do viaduto Murilo Domingos. Em entrevista concedida à Rádio CBN, na última sexta-feira (26), Stopa avaliou que, a realização de duas intervenções dessa magnitude, de forma simultânea, gerará grandes transtornos à população.

Dessa forma, segundo o vice-prefeito, a ideia do Município é minimizar ao máximo os impactos no trânsito, ainda que as estruturas estejam situadas em pontos diferentes da cidade. De acordo com ele, esse entendimento está sendo buscado por meio de reuniões com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), que é quem executará os reparos necessários na Trincheira Jurumirim.

“Podem parecer coisas distintas, mas o viaduto Murilo Domingos, que entregamos em abril, também dá fluxo para a região do Coxipó. Então, a liberação da estrutura forneceria um pouco de alento à população em meio ao tumulto que vamos ter na Jurumirim. Estamos tentando chegar em um acordo com o Estado, já que depende do Município essa autorização para que essa obra começe”, comentou.

Leia Também:  Nova controladora-geral de Cuiabá pretende colocar CGM mais próxima das secretarias

Stopa explicou, que a Sinfra deve atuar na Jurumirim por um período de seis a sete meses, para corrigir um problema no sistema de drenagem de águas pluviais, tanto na pista de rolamento quanto nas paredes da trincheira.  A previsão é que, somente na parte inferior, deva ser retirado cerca de 1,5 metro de solo e substituído por outro de melhor qualidade, em uma extensão de aproximadamente 1,2 quilômetros.

“Os drenos profundos, que ficam embaixo do asfalto, não foram feitos da forma adequada. Então, será preciso fazer esse procedimento para que a equipe contratada pelo Estado faça um novo dreno, um novo aterro e um novo asfalto. Temos também os drenos laterais, que é o que fica na parede da trincheira também estão todos comprometidos e precisam ser refeitos”, evidenciou o titular da Secretaria Municipal de Obras Públicas.

VIADUTO MURILO DOMINGOS

O viaduto é levantado na Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio) e está previsto para ser entregue à população no mês de abril. Neste momento, o trabalho avança com a construção do muro escama em terra armada, que consiste na instalação de placas de concreto nas duas laterais do ponto de ligação entre a pista e a estrutura de mobilidade urbana.

Leia Também:  Secretaria de Saúde apura suspeita de fraude envolvendo odontologistas em Cuiabá

Além disso, também é executado o aterramento e a compactação do solo nas cabeceiras que ligam a avenida Beira Rio ao viaduto. Na parte superior do elevado, já foi feita a instalação dos equipamentos que compõem o sistema de iluminação de LED e, posteriormente, ainda será executado trabalho de pavimentação e sinalização viária, vertical e horizontal, da pista de rolamento.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA