Saúde

Liminar obriga Unimed Cuiabá a garantir continuidade de tratamento

Publicados

em

JB News

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 6ª Promotoria de Justiça Cível, obteve liminar que obriga a Unimed Cuiabá Cooperativa de Trabalho Médico a garantir a integral assistência à saúde, com a continuidade de todos os procedimentos de tratamento anteriormente cobertos, dos pacientes beneficiários do plano que faziam tratamento junto à Oncomed. A referida unidade foi descredenciada pela Unimed Cuiabá em 31 de julho deste ano e, desde então, usuários reclamam da interrupção do tratamento.

Na decisão, o juiz da Vara Especializada em Ação Civil Pública, Bruno D´Oliveira Marques, ressalta que a assistência à saúde deverá ser garantida a todos os pacientes em tratamento, ainda que já tenham sido transferidos para outra unidade credenciada, que sejam de regime de intercâmbio ou que estejam em acompanhamento preventivo (recidiva). Os procedimentos a serem cobertos incluem consultas ou serviços oncológicos multidisciplinares de quimioterapia, radioterapia ou radiocirurgia, com a faculdade de acesso e atendimento pelos profissionais que já os acompanhavam e aos mesmos serviços de saúde anteriormente disponibilizados.

A Unimed Cuiabá deverá ainda se abster de gerar quaisquer despesas financeiras aos consumidores/beneficiários, por negativa à continuidade do atendimento. A liminar determina também que seja assegurada a cobertura de atendimento para o procedimento de radiocirurgia junto à clínica Oncomed todos aqueles pacientes beneficiários do plano de saúde Unimed Cuiabá que tenham prescrição médica, de forma a garantir aos referidos beneficiários o atendimento.

REEMBOLSO – Conforme a decisão, todos os pacientes que tenham custeado com recursos próprios a continuidade do seu tratamento na clínica Oncomed, em razão do descredenciamento da unidade, terá direito ao reembolso. A Unimed Cuiabá tem 30 dias, a contar da data da entrega da documentação, para efetuar o ressarcimento ao usuário.

O descumprimento de qualquer uma das obrigações estabelecidas na decisão sujeitará a Unimed Cuiabá ao pagamento de multa diária no valor de R$ 1 mil e multa por cada descumprimento no valor de R$ 5 mil.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prematuridade de recém-nascidos é debatida durante campanha ‘Novembro Roxo’

Saúde

Mais um casal de brasileiros são diagnosticados com a variante Ômicron

Publicados

em

Por

JB NEWS

Por Alisson Gonçalves

Foto: Exame

Mais um casal de brasileiros foram diagnosticados com a variante Ômicron do coronavírus , informou  a prefeitura de São Paulo  (SP), nesta quarta-feira, 01.12, o fato só foi divulgado hoje quinta-feira 02.12. As informações são de que os mesmos já haviam tomado as doses única da vacina da Janssen, quando ainda estavam na África do Sul, país onde residem.

O casal chegou ao Brasil a passeio em 23 de novembro. Dois dias depois, quando retornariam para a Cidade do Cabo, testaram positivo para covid-19.

A nova variante ,apresenta sintomas como cansaço, dores musculares, coceira na garganta, febre baixa e em poucos casos
tosse seca.

Os sintomas da Ômicron são mais parecidos com a variante Beta.

Até agora, os pacientes infectados pela Ômicron apresentaram apenas sintomas leves. No entanto, a nova variante preocupa a OMS e os países por causa das 50 mutações que a nova cepa apresenta, sendo 32 apenas na proteína S, principal alvo das vacinas desenvolvidas até o momento.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  SAÚDE MENTAL: Cuiabá terá segunda edição do Talk Show “Tenho Depressão. E agora?”
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA