Arquivos JB News 10 Anos

Liminar determina correção de problemas para evitar alagamentos

Publicados

em

 

 


Liminar concedida ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso obriga o município de Comodoro e o Residencial Reserva Park Empreendimentos Imobiliários SPE Ltda a efetuar, de forma imediata, reparos paliativos para corrigir problemas causados em ruas da cidade em razão da construção do empreendimento. Logradouros próximos ao residencial sofreram graves consequências de ordem urbanística e ambiental. No período chuvoso, por exemplo, as ruas são tomadas por grande quantidade de água e lama, o que inviabiliza o acesso, circulação dos pedestres e moradia.


Na decisão judicial, o magistrado determina que seja efetuado o nivelamento das vias públicas, obras e as medidas necessárias ao escoamento da água para evitar possibilidade de novos alagamentos. Também deverá ser realizada a limpeza do entorno da via pública com a retirada de entulhos do local. Além disso, terá que ser apresentado projeto de pavimentação asfáltica e drenagem urbana a ser executado no prazo de três meses.


A empresa Residencial Reserva Park Empreendimentos Imobiliários SPE Ltda será intimada, também de forma imediata, a realizar obras de drenagem em seu empreendimento. O descumprimento das obrigações assumidas implicará em pagamento de multa no valor de R$ 100 mil para cada requerido.

Leia Também:  Coetrae decide retomar atividades em Mato Grosso no próximo dia 09


Os problemas, conforme o Ministério Público, são verificados nas ruas adjacentes ao loteamento Reserva do Park, na Avenida Paraná, esquina com Rua dos Mognos e esquina com Rua Espírito Santo. “Antes do empreendimento, o local era constituído por uma extensa mata que acabou sendo suprimida para viabilizar a realização das obras. A partir disso iniciaram-se os problemas, isso porque a referida mata era a responsável por conter o escoamento da água da chuva, fazendo com que o grande volume de água não “descesse ladeira abaixo”, invadindo ruas e avenidas e, por consequência, as residências da vizinhança local”, descreveu o promotor de Justiça Felipe Augusto Ribeiro de Oliveira, em um trecho da ação.


Segundo ele, no dia 15 de outubro o Ministério Público realizou inspeção no local e foi informado pelo município e por representantes do empreendimento que este ano havia sido implementada a drenagem das águas pluviais e de todas as ruas do loteamento. Uma semana após a inspeção, outra chuva atingiu o município e os problemas anteriormente retratados persistiram.

Leia Também:  II Conferência Regional de Promoção da Igualdade Racial reúne mais de 500 participantes


“As obras até então implementadas pelos requeridos não foram suficientes para solucionar a problemática em evidência, visto que tais medidas não resistiram sequer à primeira chuva desse período, causando grandes transtornos à vizinhança daquele local”, ressaltou o promotor de Justiça.


Na ação, além de questionar a eficiência do sistema de drenagem, o promotor de Justiça também ressalta que a manutenção dos logradouros pelo poder público tem sido inadequada, o que tem contribuído para a formação de buracos e crateras na via pública.


AUDIÊNCIA PÚBLICA: Na quarta-feira (23), o Ministério Público promoverá audiência pública com a finalidade de debater acerca da política pública efetiva (ou a ser efetivada) pelo Município de Comodoro quanto à conservação das vias públicas municipais, bem como a responsabilidade do ente municipal e da empresa Residencial Reserva Park Empreendimentos Imobiliários SPE Ltda,quanto aos danos ocasionados na Avenida Paraná, esquina com Rua dos Mógnos e Rua Espírito Santo. O evento ocorrerá às 19h, na Câmara de Vereadores de Comodoro.

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Jogos Escolares tem início na região Leste de MT

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA