Cidades

Levantamento em Tapurah revela que 84% dos focos de mosquito da dengue são encontrados em residências

Publicados

em

Tapurah contra dengue: 84% dos focos de mosquito da dengue são encontrados em residências

 

JB NEWS

 

Levantamento do Setor de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Tapurah apontou que 84% dos focos do mosquito da dengue encontrados pelas equipes de saúde estavam em residências. Quase 1.300 focos positivos do Aedes aegypti dentro da cidade.

 

As fortes pancadas de chuvas, decorrentes das altas temperaturas do verão geram, nesta época, um risco maior de acúmulo de água. Com isso, aumentam as chances de proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Por essa razão, a Secretaria Municipal de Saúde oferece orientações sobre medidas preventivas à população.

 

O estudo, feito com base nos dados do levantamento do Índice de Infestação por Aedes Aegypti, apontou que, de janeiro a dezembro de 2019 em Tapurah, 1.510 (hum mil e quinhentos e dez) focos foram encontrados e imóveis com focos positivos para o Aedes aegypti na cidade. Sendo eles 1.267 em casas, 133 em comércios, 76 em terrenos baldios e 34 em outros locais. A orientação é que as pessoas continuem atentas e focadas em eliminar os criadouros do aedes – dengue, zika e chikungunya. Os riscos aumentam principalmente nas épocas chuvosas, quando o acúmulo de água é maior.

Leia Também:  SOS AVC: Rede SUS Cuiabá capacita servidores para auxiliarem no rápido diagnóstico da doença

 

O Secretário de Saúde, Marco Felipe, explica que as orientações são para diminuir a incidência do Aedes. “Estamos entrando num período crítico com o início de muita chuva e calor associados, que são fatores essenciais para a proliferação do mosquito. Precisamos trabalhar em conjunto com a população tapuraenses para eliminar todos estes criadouros e evitar casos de doenças transmitidas pelo Aedes”.

 

É importante, ainda, realizar o descarte correto de copos plásticos, embalagens, garrafas pet, tampinhas, sacolas plásticas, latas e quaisquer outros objetos que possam ser tornar lugares ideais para a reprodução do mosquito vetor.

 

O Setor de Endemias continua realizando visitas e fiscalizações pela cidade, só em 2019 foram 32.793 (trinta e dois mil e setecentos e noventa e tres) visitas aos imóveis do município. Caso veja um foco, denuncie através do telefone: 0800. 800 647 1178 ou (66) 3547-2466, ouvidoria@tapurah.mt.gov.br ou Presencialmente e por telefone: nas segundas-feiras das 8h às 11h e das 13h às 17h e de Terça-feira a Sexta-feira das 7h às 11h e das 13h às 17:00.

Leia Também:  Mato Grosso oferta 859 vagas de emprego pelo Sine

 

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Mato Grosso oferta 859 vagas de emprego pelo Sine

Publicados

em

Além do trabalho de intermediação de mão-de-obra, o Sine realiza serviços de habilitação do seguro desemprego, emissão de carteira de trabalho e previdência social

Vívian Lessa | Setasc/MT

Atendimento Ganha Tempo – VG – Foto por: Jana Pessôa/Setasc-MT
A | A

Mato Grosso oferta 859 vagas de emprego nesta semana. Aqueles que estão em busca de uma oportunidade de trabalho podem procurar os postos do Sistema Nacional de Empregos (Sine- MT) espalhados pelo Estado. Os moradores de Cuiabá e Várzea Grande têm 82 oportunidades de empregos disponíveis. Dessas vagas, nestas cidades, para as pessoas com deficiência (PCD), estão abertas 15 vagas.

Conforme o painel de vagas do Sine, as demais vagas estão distribuídas nos outros 26 municípios. Em Lucas do Rio Verde (332 Km da capital), são 201 vagas de trabalho nas funções de auxiliar de cinegrafia, auxiliar de pedreiro, borracheiro, confeiteiro, costureiro em geral, gerente comercial, jardineiro e marceneiro.

No município de Sinop (478 Km da capital), são 113 vagas nas áreas de zelador, soldador, motofretista, garçom, repositor – em supermercados, operador de caixa, lavador de veículos e aplicador agrícola.

Leia Também:  Wellington anuncia liberação de R$ 10 milhões para Santa Casa de Rondonópolis

Já em Rondonópolis (214 Km da capital) são 80 oportunidades. Entre as vagas ofertadas estão: caldeiro (chapas de ferro e aço), funileiro industrial, instrutor de motorista, motorista entregador, porteiro, vendedor interno e operador de máquina agrícola.

Atendimento

Além do trabalho de intermediação de mão-de-obra, o Sine realiza serviços de habilitação do seguro desemprego, emissão de carteira de trabalho e previdência social. É preciso verificar na unidade a disponibilidade das vagas, que são ofertadas diariamente.

Os interessados a fazerem parte do bancos de dados, podem comparecer aos postos de atendimento, portando documentos pessoais, carteira de trabalho e comprovante de residência, facilitando os trâmites do atendimento. Procure os postos mais próximo de sua residência.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA