Eleições 2020

Justiça manda Emanuel suspender divulgação sobre suposta condenação de Roberto França

Publicados

em

 

JB News

O Juiz da 1ª Zona Eleitoral, Geraldo Fernandes Fidelis Neto, concedeu nova liminar à coligação Todos por Cuiabá, de Roberto França e Marcelo Bussiki, determinando que a coligação de Emanuel Pinheiro deixe de veicular material sobre suposta condenação do ex-prefeito.
“Assim, por verificar excessos passíveis de afronta à legislação eleitoral supra descrita, é que o material atacado deve ser imediatamente retirado da página eletrônica do representado. Ante o exposto, CONCEDO a tutela de urgência, para determinar a notificação da coligação “A mudança merece continuar”, para que se abstenham de promover novas veiculações do material questionado e de outros desta natureza, sob pena de multa que fixo no valor de R$1.000,00 por imagem/vídeo encontrado em descumprimento da presente decisão”.
Roberto França destacou que esta é mais uma decisão judicial que restabelece a verdade dos fatos. ”Emanuel Pinheiro é corrupto e mentiroso, e foi flagrado de novo pela justiça eleitoral divulgando mentiras. Emanuel é covarde, acusa sem provas, usa fake news e omite informações para tentar enganar o eleitor. Ele é reú por corrupção, por recebimento de propina, provado e gravado em vídeo e teve quatro secretários afastados por denúncias de corrupção, além de um secretário preso. Não tem moral para atacar ninguém”.
França destacou que Emanuel esconde o fato de que esta decisão relativa à aplicação de R$ 70 mil reais numa obra de reforma da Casa do Alferes, o Museu da Imagem e do Som, está suspensa por força de decisão liminar do Desembargador Márcio Vidal. “E no recurso vamos provar que é uma condenação indevida, pois já apresentamos documentos e parecer do Ministério da Cultura, que atestou absoluta regularidade na aplicação dos recursos federais”, disse França.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Produtores rurais recorrem à recuperação judicial para não ficar de fora mercado
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CUIABÁ

Emanuel Pinheiro será investigado pela Polícia Federal por disseminar Fake News

Publicados

em

JB News

 

O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro será investigado pela Polícia Federal por disseminação de Fake News. Conforme o pedido de instauração de Inquérito Policial recebido nesta segunda-feira (23.11), Emanuel responderá por campanha difamatória, caluniosa e injuriosa contra o candidato Abílio Jr.
“Até onde vai a maldade, vai o desrespeito de uma campanha eleitoral? Até onde pode vir a mentira para destruir a moral das famílias das pessoas? Eu, igual a você, estou indignado com a falta de pudor dessa turma. A falta de respeito com a minha família, com a minha igreja, com a minha fé”, disse Abílio em suas redes sociais.
Na última semana, diversos vídeos contra Abílio começaram a circular na internet sendo que um deles acusa o candidato de desviar materiais de construção da Igreja Assembleia de Deus e usar isso para reformar sua casa.
“Emanuel, respeite as pessoas. Vamos fazer o debate no campo político e não seja um covarde que ataca as pessoas através de mentiras e fake news para tentar defender uma gestão corrupta, para tentar defender um vídeo de paletó que até hoje você não explicou”, expôs Abílio.
De acordo com a defesa de Abílio e Wellaton, patrocinada pelo advogado Alexandre César Lucas, os materiais divulgados ultrapassaram a crítica política. “Isso é inaceitável no campo do bom debate e no exercício democrático dos atos de campanha. As Fake News promovidas pelos apoiadores do Emanuel Pinheiro se estenderam à vida pessoal, aos familiares e até à religião de Abílio. A internet não é terra de ninguém e os responsáveis responderão por isso sim”, argumentou.
De acordo com Alexandre, a consistência do material entregue à Polícia Federal, e que ensejou a instauração do Inquérito Policial, comprova que foram cometidos crimes previstos nos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal Brasileiro.

Leia Também:  Gisela Simona declara apoio a Abílio e Wellaton em Cuiabá

Veja o Pedido: 👇

IP_1

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA