VÁRZEA GRANDE

Jucemat Jucemat faz novas adequações na REDESIM e sistema fica fora do ar por cinco dias

Publicados

em

Os contribuintes devem estar atentos, pois os serviços on-line da REDESIM, ao qual o município é integrado, estarão fora do ar, a partir das 18 horas do dia 20 de novembro até às 8 horas de 25 de novembro

JB News

Os contribuintes devem estar atentos, pois os serviços on-line da REDESIM, ao qual o município é integrado, estarão fora do ar, a partir das 18 horas do dia 20 de novembro até às 8 horas de 25 de novembro, horário local. O informe é da Gestão Fazendária da Prefeitura de Várzea Grande.

Esta é a segunda vez que os serviços da REDESIM são interrompidos pela Junta Comercial do Estado de Mato Grosso (JUCEMAT), que a administra. A primeira paralisação ocorreu no mês de setembro e como esta, também foi para a migração de dados dos sistemas informatizados da JUCEMAT entre locais de hospedagem.

“É importante informar o contribuinte várzea-grandense desta segunda interrupção temporária dos serviços via REDESIM, por estarmos integrados. É nele que realizamos todo o processo de registro e legalização de pessoas jurídicas como forma de abreviar e simplificar os procedimentos e diminuir o tempo e custo para a legalização de novas empresas. Pedimos a compreensão, pois dependemos do funcionamento dos sistemas da JUCEMAT para comunicação de dados”, explicou o subsecretário de Gestão fazendária, João Paulo Araújo.

Leia Também:  Russi pede apoio a senadores para aprovação do piso nacional dos profissionais de enfermagem

Segundo comunicado oficial da JUCEMAT neste período de 20 a 25 de novembro, estão sendo implementados os serviços para garantir a linearidade e a unicidade dos processos, sob a perspectiva do usuário, integrando todos os atores que dele participam como: Órgãos de Registro (Juntas Comerciais, Cartórios de Registro Civil de Pessoas Jurídicas ou OAB), Administrações Tributárias no âmbito federal, estadual e municipal e órgãos licenciadores, em especial o Corpo de Bombeiros, a Vigilância Sanitária e o Meio Ambiente.

Neste período de paralisação não haverá análise de processos nem a possibilidade de protocolização dos mesmos.

A JUCEMAT informa ainda, que decorrente desta indisponibilidade, não será possível fazer atendimentos através do Chat do órgão, e ainda ficará inativos os serviços de licenciamento que também dependem do funcionamento dos sistema da JUCEMAT para comunicação de dados.

Por: Rafaela Maximiano 

 

COMENTE ABAIXO:

VÁRZEA GRANDE

Secretaria de Assistência Social dá início a entrega parcial de cartões do Programa Ser Família

Publicados

em

Por

JB News

Os beneficiários devem comparecer ao CEPAC (Centro Pastoral Padre Aldacir Carniel), localizado na região central, a partir das 9 horas

Famílias em situação de vulnerabilidade social, que foram cadastradas pela Secretaria Municipal de Assistência Social para terem acesso ao programa Ser Família, devem estar atentas ao horário para o recebimento dos cartões que garantem o benefício, e que começam a ser distribuídos neste sábado (08), no CEPAC (Centro Pastoral Padre Aldacir Carniel), localizado na região central, a partir das 9 horas. Em Várzea Grande, cerca de 14 mil famílias serão beneficiadas.

“Esse benefício do Governo do Estado, que dá acesso a transferência de renda no valor de R$ 150,00, exclusivamente, para a compra de alimentos, com certeza irá beneficiar aqueles que mais precisam, aliados a outros programas idealizados pela Prefeitura Municipal, que também beneficiam as famílias carentes do nosso município, com kits de cestas básicas e produtos de limpeza e de higiene”, destacou o prefeito Kalil Baracat, lembrando que o programa Ser Família teve seu início no município no dia 1º de Maio, com a presença do governador do Estado Mauro Mendes e da primeira-dama, Virginia Mendes.

Leia Também:  Servidores Municipais da Saúde de Várzea Grande são agraciados com 'Moção de Aplauso'

A entrega dos cartões será feita de forma segura, obedecendo às normas sanitárias e aos protocolos estabelecidos pela Secretaria Municipal de Saúde. E para que não haja aglomeração, a Secretaria de Assistência Social elaborou uma lista com os nomes dos beneficiários (seguindo a ordem alfabética), com a data, horário e até o detalhamento da mesa que cada um deverá se apresentar com os documentos pessoais exigidos.

A secretária da pasta, Eliamara Zeferini, explicou que a equipe da Secretaria de Assistência Social realizou, num período de 15 dias, a localização de mais de 14 mil famílias, que serão atendidas pelo programa, para compilar os dados e confirmar a situação de vulnerabilidade social.

A gestora destacou que por conta da pandemia da Covid-19, muitas famílias perderam suas rendas e estão passando por dificuldades. “O programa vai atender famílias que recebem até R$ 70,00 por pessoa da família por mês, inscritas no Cadastro Único”.

A primeira-dama de Várzea Grande, Kika Dorilêo Baracat, reforçou que o Ser Família Emergencial irá oferecer um conforto para muitas famílias várzea-grandenses e que a administração municipal também tem aplicado políticas públicas para a captação de recursos, além de parcerias com setores privados para a ampliação de programas sociais.

Leia Também:  Kalil visita SENAI e sinaliza parcerias para capacitação de mão de obra
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA