Nacional

Já foram confirmadas 10 mortes no acidente na Lagoa em capitólio-MG

Publicados

em

JB News

Por Nayara Cristina

Um paredão com Cerca de mais  6 metros de rocha de pedras se soltou vindo a  desmoronar encima de lanchas com turistas na Região de Escarpas do Lago em Capitólio em Minas Gerais,  na manhã deste sábado 08-01. Até o  momento já foram contabilizados 10 mortes, no trágico acidente. .

A dificuldade em encontrar familiares são por que os mortos não portavam documentos durante o desastre.

As investigações estão sendo feita para saber qual foi o fenômeno natural que ocorreu para causar o acidente. Grandes números de chuva acontece em todas as regiões de Minas Gerais, segundo apontamento esta é uma das grandes possibilidades pelo ocorrido.

As informações são de que Seis pessoas da mesma família estavam no mesmo barco que foi atingido pela Rocha, estão entre as vítimas.

A polícia confirmou que devido a pancada brusca da rocha nas embarcações e encima das dos turistas, vários corpos foram Fragmentados.  As buscas pelos restos de Fragmentos seguem na região.

Leia Também:  Crianças da cidade de Paraíba receberam doses da vacina infantil vencida

As autoridades criaram um comitê de crise entre todos os órgãos de segurança pública e defesa civil do estado, para poder dar uma resposta imediata a catástrofe. Ressaltam também o grande impacto causado pelas chuvas que já vem desde 26 de dezembro de 2021 em todo estado de Minas Gerais.

A grande chuva já afetou as rodovias e vias públicas em todo estado. O Laudo irá dizer se os mortos foram atingidos por pedaços de pedra da rocha ou morreram por afogamento.

Todos os 10 corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), para reconhecimento dos familiares que faziam turismo na região do acidente.

Somente agora a tarde foi identificado as duas primeiras vítimas.

Segundo o IML existe a possibilidade de alguns desses corpos mesmos dilacerados, serem preparados para ter suas liberações  ainda neste  domingo, para que os familiares tenham o mínimo a possibilidade de velar os seus entes queridos.

Várias possibilidades estão sendo debatidas para afirmar o motivo do desabamento da rocha que vitimou os turistas.

Leia Também:  Forças de Segurança Nacional virão a MT ajudar a combater incêndios florestais

A perícia irá dizer além do motivo, e de quem seria a responsabilidade das vistorias, mapeamento  dos pontos de risco, e da liberação para embarcações na lagoa.

Segundo a Polícia Civil, as causas estão sendo periciadas e as responsabilidades serão apontadas ao final do inquérito.

Veja o vídeo do acidente:👇

 

 

COMENTE ABAIXO:

Nacional

Senado vota dia 4 emenda que reajusta salários de agentes de saúde

Publicados

em

Por

JB News

Profissionais ainda terão outros direitos adquiridos incorporados na Constituição Federal

O Senado Federal votará na quarta-feira (4) uma emenda constitucional já aprovada pela Câmara dos Deputados, de autoria do deputado federal Valtenir Pereira (MDB) que fixa regras para o pagamento salarial dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias.

Pela proposta, haverá acréscimo de R$ 874,00 no salário destes profissionais. Com o reajuste, o salário sairá de R$ 1.550,00 para R$ 2.424,00.

A emenda constitucional, já aprovada em dois turnos pela Câmara dos Deputados, tem apoio do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e também apoio expressivo das bancadas do Norte e Nordeste.

Nas últimas semanas, o deputado Valtenir Pereira manteve diálogos permanentes no Senado, vindo a obter o apoio público dos senadores Tasso Jeressaiti (PSDB-CE) e Fernando Collor de Mello (PTB-AL).

Pela proposta do deputado Valtenir Pereira, também foi garantido também adicional de insalubridade e aposentadoria especial devido aos riscos inerentes às funções desempenhadas. De acordo com a proposta, os estados, o Distrito Federal e os municípios deverão estabelecer outras vantagens, incentivos, auxílios, gratificações e indenizações, a fim de valorizar o trabalho desses profissionais.

Leia Também:  Revogação da Lei de Segurança Nacional é vitória da democracia

Atualmente, existem cerca de 400 mil agentes no Brasil.


“Essa foi uma proposta apresentada em 2011. Neste retorno à Câmara dos Deputados, ressaltei a importância desta matéria e conseguimos levá-la ao plenário para aprovação. É uma valorização aos profissionais da saúde”, destacou o parlamentar.

O agente comunitário de saúde é responsável pela atuação na promoção e prevenção da saúde, mapeando todos os serviços prestados no bairro da sua unidade básica. Assim, ele participa da elaboração, avaliação, programação e reprogramação dos planos de ações locais de saúde, em conjunto com uma equipe multidisciplinar, para levar em conta todos os âmbitos da comunidade — história, população, situação de risco etc.

Rafael Costa Rocha

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA