Esportes

Invicto há 11 jogos, Fluminense enfrenta Santos na Vila Belmiro

Publicados

em


Invicto há 11 jogos, o Fluminense mede forças com o Santos nesta segunda-feira (1º), às 20h (horário de Brasília) , na Vila Belmiro, último jogo 20ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Tricolor carioca tem a missão de vencer na casa do Peixe, o que não ocorre desde 2014. Foram sete jogos neste período, com cinco vitórias santistas e dois empates.

Para o meia tricolor Nonato este passado não vai entrar dentro de campo

“A gente tem que pensar no presente, deixar o tabu para a imprensa, para os torcedores. A gente está focado no nosso trabalho, no que a gente está fazendo e em todos os resultados que vêm sendo feitos: é tudo fruto de trabalho, esforço e suor”.

O técnico do Fluminense, Fernando Diniz, está suspenso por cartões amarelos, assim como o zagueiro Manoel, o atacante Marrony e o volante Felipe Melo. Quem vai comandar o time carioca à beira do gramado será o auxiliar Eduardo Barros.

Já o técnico Lisca teve a primeira semana inteira para treinar o Peixe do seu jeito.  O meia-atacante Lucas Braga comentou sobre a preparação do Peixe

Leia Também:  São Paulo vence América-MG e sai em vantagem na Copa do Brasil

“Pra gente foi muito bom ter essa semana cheia. è um tempo de adaptação, de trabalho e a gente tem assimilado muito bem. Tenho certeza de que a gente vai ter uma evolução muito grande”.  

A zaga do Alvinegro praiano terá uma formação inédita com Luiz Felipe e Maicon. O Santos está na nona colocação com 26 pontos. Já o Fluminense soma 34 pontos e ocupa a terceira posição na tabela. No primeiro turno, as equipes empataram sem gols no Maracanã.

Ouça na Rádio Nacional

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:

Esportes

No Mundo da Bola chega à edição 500 com Zico e Edu dividindo histórias

Publicados

em

Por

O programa No Mundo da Bola, da TV Brasil, comemorou a marca de 500 edições neste domingo (7) com uma escalação estrelada. Participaram do debate os irmãos Zico e Edu, ex-craques do futebol brasileiro, além de Zenon, campeão brasileiro com o Guarani na década de 70. Eles acompanharam o apresentador Sérgio Du Bocage e o comentarista Márcio Guedes. A atração separou alguns depoimentos ainda não exibidos, como a entrevista que Edu deu ao quadro ‘Os Setentões’ em que contou uma história de quando travou, sem querer, o carro do irmão quando ele jogava na Itália. Zico relembrou, aos risos, a situação inusitada.

“Era um domingo, não tinha ninguém na rua em Udine. Um fã da Udinese pegou a gente e levou para casa. O carro ficou lá no mesmo lugar por uns quatro dias até que alguém conseguisse destravar”, revelou o Galinho.

Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB

Programa No Mundo da Bola, programa 500, MNDB – Carlos Colla/Direitos Reservados

Em outro material, originalmente preparado para o quadro ‘Álbum da bola’, Zico, maior artilheiro da história do Maracanã, com 334 gols, demonstrou que a autoconfiança foi elemento fundamental para o sucesso na carreira. 

‘Eu sei o caminho da trave, já nasci com esse carimbo. Dentro da área, bobeou [o Zico] guardou’ , disse o craque em trecho do quadro. 

Os participantes também responderam à pesquisa da semana, sobre quais times brasileiros avançarão nos duelos caseiros das quartas da Libertadores (Flamengo x Corinthians e Palmeiras x Atlético-MG). Os convidados foram unânimes em apontar Flamengo e Palmeiras como favoritos a alcançarem as semifinais.

“É chover no molhado”, disse Zenon, que também revelou estar honrado por participar da edição número 500 do No Mundo da Bola. “Saudades do Alberto Léo. Estou me sentindo muito emocionado”, revelou o ex-jogador, referindo-se ao jornalista, ex-apresentador do No Mundo da Bola, que faleceu em junho de 2016.

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cuiabá perde para o Fluminense e amargura mais uma rodada na zona do rebaixamento
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA