COVID-19

Indignado secretário de Estado Gilberto chama “blogueiros” de lixo por espalhar notícias falsas de que governo esconde respiradores

Publicados

em

JB News

O secretário de Saúde do Estado de Mato Grosso Gilberto Figueiredo  usou as redes sociais na manhã desta quinta-feira 25,para desmentir as notícias falsas divulgadas dizendo que  o Governo de Mato Grosso esta escondendo respiradores e outros equipamentos para o tratamento de pacientes com Covid-19.

Segundo Gilberto “O erro está na mentira, o erro é falar que nessas caixas que estão armazenas aqui no Ginásio têm respiradores e monitores escondidos. Isso é fake news, pois não temos isso aqui, não são respiradores. Aqui não existe nada de errado, poderíamos estar fazendo propaganda do material armazenado aqui, mas não estamos perdendo tempo com isso. Essa fake news é coisa de gente que não tem o que fazer e fica inventando mentiras”, afirmou Gilberto.

Esclareceu também que dentro das caixas estão móveis que serão usados para “equipar e modernizar toda a infraestrutura da saúde” dos hospitais da rede estadual.

No video Figueiredo diz que o governo usa os recursos públicos para equipar hospitais e não-para gastar com coisas fictícias,fazendo alusão de como é o caso dos drones alugado por mais de 600 mil reais pelo prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB),para pulverizar Cuiabá.

Leia Também:  Reunião nesta quinta-feira decidirá necessidade de extensão do isolamento social obrigatório em Cuiabá e Várzea Grande

Ainda não se tem a informação de quem divulgou as Facke News.

Veja o vídeo :👇

O secretário de Saúde Gilberto Figueiredo esclareceu a fake news sobre equipamentos acondicionados no Aecim Tocantins.

Posted by Governo de Mato Grosso on Thursday, June 25, 2020

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COVID-19

Municípios concordam e justiça mantém proibição por mais 7 dias em Cuiabá e Várzea Grande

Isolamento Social Obrigatório

Publicados

em

Municípios concordam em manter proibição por mais 07 dias em Cuiabá e VG.

Durante audiência de conciliação, realizada nesta quinta-feira (09), os municípios de Cuiabá e Várzea Grande concordaram em estender por mais sete dias a proibição do funcionamento de serviços não essenciais. O promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes, por sua vez, defendeu a prorrogação por 14 dias, conforme determina o Decreto Estadual. O juiz ainda não decidiu sobre o requerimento do MPMT.

O MPMT argumenta que os municípios da área metropolitana da Capital ainda estão em situação de risco considerada “muito alta”, de acordo com os termos do decreto estadual Nº 522/2020. O índice de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é superior a 90% e ainda existe fila de espera por atendimento.

A decisão judicial que obrigou os municípios de Cuiabá e Várzea Grande, classificados como de Nível de Risco Muito Alto de disseminação da Covid-19, a manterem pelo prazo de 15 dias apenas serviços essenciais em funcionamento, foi proferida no dia 22 de junho. O prazo começou a contar a partir do dia 25 de junho e encerraria nesta quinta-feira (09).

Veja Aqui a Decisão:👇

Leia Também:  Quarentena durante pandemia pode aumentar risco de quedas em ambiente domiciliar

09 – Decisão lindote

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA