Saúde

Hospital Sírio Libanês diz que Mauro Mendes não tem previsão de alta 

Grave Infecção Pulmonar

Publicados

em

 

JB News.

Sírio Libanês monitora evolução da infecção pulmonar do governador Mauro Mendes.

O Hospital  Sírio Libanês em São Paulo atualizou o boletim de saúde do governador de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM),  que passou mal no final da tarde deste sábado 01/08  após uma reunião na capital Paulista.

Após uma bateria de exames o governador foi internado, por recomendação médica.

Segundo o boletim, Mauro está  tratando de uma infecção pulmonar, e já está recebendo antibióticos, e não tem precisão de alta.
Os professores e doutores David Iup,Roberto Kalil Filho, e Carlos Carvalho coordenam a equipe que  monitora a evolução do quadro clínico do governador.

Veja a nota:👇

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governador reforça pedido ao Governo Federal de aeronaves e tropas para combater incêndios
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COVID-19

Nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco alto de contaminação pelo Coronavírus

Publicados

em

Nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco alto de contaminação da Covid-19

Indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT

Carlos Celestino

Com informações Secom-MT

$imgCred
A | A

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta segunda-feira (14.09) o Boletim Informativo n° 190 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 08) que 17 municípios do Estado configuram na classificação com risco moderado para o novo coronavírus: Cuiabá, Rondonópolis, Cáceres, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Várzea Grande, Primavera do Leste , Barra do Garças, Tangará da Serra, Sapezal, Campo Novo do Parecis, Paranatinga, Mirassol D’Oeste, Querência, Diamantino, Luciara e Nova Brasilândia.

As demais 124 cidades estão na classificação de risco baixo, idicado pela cor verde e não apresentam grandes riscos de contaminação. Nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco muito alto, indicado pela cor vermelha que indica alerta máximo de contaminação.

Leia Também:  Chuva de setembro finalmente chegou depois de 121 dias de intenso calor em MT

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

Veja a tabela de classificação de risco por município

 

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

Leia Também:  Sefaz alerta para ação golpista usando o nome do Programa Nota MT

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA