Estadual

Guia intersetorial do MP vai orientar famílias de crianças com deficiência

Publicados

em

 

Foi oficialmente lançado nesta segunda-feira (09) o Guia da Rede Intersetorial de Atendimentos às Crianças com Deficiência em Mato Grosso, uma cartilha desenvolvida pelo Hospital Universitário Julio Müller (HUJM) em parceria com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT). A publicação já está sendo distribuída, gratuitamente, com o objetivo de orientar crianças e seus familiares a como proceder e onde buscar ajuda logo após receberem o diagnóstico da deficiência. A versão online pode ser consultada no anexo.

O guia é uma ferramenta do Projeto Encaminhos, que prevê o atendimento da criança com deficiência desde o nascimento até a entrada na escola, visando promover o desenvolvimento psicomotor, sensorial, afetivo e social. Conforme as diretrizes do projeto, antes de ir para a escola, essas crianças precisam ser preparadas para garantir respostas assertivas às especificidades e necessidades educacionais especiais. A cartilha se propõe a contribuir com isso, apresentando um guia de serviços para facilitar o diálogo entre profissionais da saúde, famílias e instituições. Além disso, a publicação traz as leis que garantem benefícios às pessoas com deficiência.

Quando fui procurado pelos profissionais do Hospital Universitário Julio Müller, senti a preocupação de todos eles em informar as famílias, a comunidade e as instituições de como agir na proteção dos direitos da criança e do adolescente de maneira mais eficaz. O médico, que muitas vezes recebe os pais e faz o diagnóstico da deficiência, agora saberá orientar essa família a quem procurar. Esse é um trabalho importantíssimo, por isso firmamos essa parceria e queremos estreitá-la ainda mais. Entramos com o papel de informar e mobilizar toda a sociedade”, contou o procurador de Justiça titular da Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente, Paulo Roberto Jorge do Prado.

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso fez o projeto gráfico e imprimiu dois mil exemplares do guia, que está sendo distribuído nas unidades de saúde, escolas municipais e estaduais, conselhos tutelares, promotorias de Justiça, Conselho Regional de Medicina, Sociedade Mato-grossense de Pediatria, entre outros órgãos. Uma nova tiragem deverá ser impressa no próximo ano, para que a informação seja cada vez mais disseminada.

Para o gerente de Atenção à Saúde do HUJM, Cassiano Moraes Falleiros, o guia representa um importante passo para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) porque indica os locais onde podem procurar assistência. “A cartilha reúne o que o usuário necessita e o que o sistema oferece”, destacou. A médica infectologista Danyenne Rejane de Assis, uma das idealizadoras do material, enfatiza que a cartilha é uma ferramenta de humanização do atendimento. “Porque a partir do momento em que a gente faz o diagnóstico, precisamos oferecer opções de acompanhamento e inclusão dessa criança. Como médicos não podemos nos limitar a diagnosticar. Por isso o guia é um alento, afinal, possibilita um convívio social de mais qualidade a essas crianças”, argumentou.

Outra idealizadora da iniciativa, a psicóloga hospitalar Bia Calmon lembra que a luta durou dois anos e meio, desde a concepção, busca por parcerias, elaboração do material, até a impressão e distribuição do guia. “Tínhamos o anseio de fazer um folder informativo para orientar os pais e o resultado é uma cartilha com guia de serviços. Esse material é um divisor de águas, vai mudar a história dessas crianças. O médico é a autoridade no momento do diagnóstico e, se ele orientar os pais a procurar ajuda, eles certamente irão. Pois, o que falta, é informação e encaminhamento”, assegurou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Para o governador Mauro Mendes parceria na construção de 3 mil casas vai contribuir com o sonho das famílias e gerar milhares de empregos
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estadual

Para o governador Mauro Mendes parceria na construção de 3 mil casas vai contribuir com o sonho das famílias e gerar milhares de empregos

Publicados

em

Mauro Mendes reforçou que as ações para habitação popular serão intensificadas

Lucas Rodrigues

O governador Mauro Mendes, junto da primeira-dama Virginia Mendes e do presidente da MT Par, Wener Santos – Foto por: Christiano Antonucci
A | A

O governador Mauro Mendes afirmou que o anúncio da construção de 3 mil casas populares, feito nesta quinta-feira (28.05), irá contribuir para “realizar o sonho de milhares de famílias de Mato Grosso”, além de gerar cerca de 10 mil empregos.

A parceria firmada entre o Governo do Estado (por meio do MT Par), Governo Federal (via Minha Casa Minha Vida) e os municípios envolvidos prevê investimentos na ordem de R$ 341,4 milhões, destinados para a construção de unidades habitacionais em 25 municípios.

De acordo com Mendes, essa iniciativa foi incentivada pela primeira-dama Virginia Mendes, que desempenha voluntariamente várias ações na área social em todo o estado.

“A minha esposa Virginia Mendes sempre falou e me cobrava, praticamente todo dia, que precisávamos fazer casas populares. Temos milhares de famílias que não tem um lar decente e digno para morar. O Governo vai colaborar com os municípios e contribuir com o sonho e a felicidade de muitas famílias mato-grossenses”, ressaltou.

Leia Também:  MPF entra com ação xontra a prefeitura de Cuiabá e cobra instalação definitiva e contínua de 10 UTIs pediátricas

Mendes reforçou que esta ação não só viabiliza o sonho da casa própria às pessoas de baixa renda, mas também estimula o desenvolvimento da economia neste momento delicado por conta do coronavírus.

“Quase 10 mil empregos serão gerados para essas construções. Porque a construção civil move muitas economias, desde o setor siderúrgico, materiais de construção, pintura, elétrica, enfim, uma cadeia econômica é aquecida, cria novos empregos e renda”, explicou.

Ainda de acordo com o governador, a expectativa é que no ano que vem sejam anunciadas novas parcerias para viabilizar a construção de outras 20 mil casas populares, contemplando outros municípios.

Os municípios contemplados com essa primeira parceria são: Alta Floresta, Barra do Bugres, Campinápolis, Conquista D’Oeste, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itiquira, Jauru, Juína, Nova Brasilândia, Nova Canaã do Norte, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Nova Santa Helena, Novo São Joaquim, Peixoto de Azevedo, Primavera do Leste, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, Sapezal, Tabaporã, Tapurah, União do Sul, Vera e Vila Rica.

Leia Também:  Morre pai do secretário chefe da Casa Civil de Mato Grosso Mauro Carvalho aos 98 anos
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA