Política Estadual

Governador Mauro Mendes anuncia compra de 3500 novas pistolas para equipar policiais

Publicados

em

Governador anuncia compra de 3500 novas pistolas para equipar policiais

Mauro Mendes afirmou que medida fortalecerá combate à criminalidade no Estado

Lucas Rodrigues | Secom-MT

O governador Mauro Mendes, durante evento em Rondonópolis – Foto por: Christiano Antonucci/Secom-MT

O governador Mauro Mendes, durante evento em Rondonópolis

A | A

O Governo do Estado vai adquirir 3500 pistolas Glock para equipar os policiais militares atuantes em todas as regiões de Mato Grosso.

A medida foi anunciada pelo governador Mauro Mendes, nesta sexta-feira (07.02), durante evento de entrega da recuperação dos 16 km do Anel Viário de Rondonópolis.

De acordo com o chefe do Executivo, a Polícia Militar hoje possui carência desse tipo de equipamento, situação que coloca em risco não só os próprios militares, mas a população.

“A Polícia Militar, hoje, não tem uma arma para cada um dos policiais. Muitas vezes o policial termina o dia e precisa deixar a arma no batalhão para ser usada por outro colega, e vai para casa sem nada. Mas ele é policial sempre, o tempo inteiro. Prende bandido, dá tapa em bandido e vai para casa sem nada. Um desses bandidos pode enfrentar ele e ele estar desarmado”, afirmou.

Leia Também:  Mato Grosso registra 42.586 casos e 1.556 óbitos por Covid-19 nesta sexta-feira

Mauro Mendes relatou que Mato Grosso é um dos poucos estados onde não há uma arma para cada policial. O efetivo atual da PM é de 7.145 militares.

“Em todos os lugares o policial tem a sua arma, que é comprada pelo Estado, e em Mato Grosso não. Essa semana eu tive uma reunião com a nossa secretaria de Segurança, com o coronel Assis [comandante-geral da PM], e nós já determinamos: vão ser compradas mais 3.500 pistolas Glock, que são as mais modernas pistolas do mundo, para ser disponibilizadas às nossas forças de Segurança”, registrou.

Para o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, a aquisição dos equipamentos irá contribuir, e muito, para a diminuição dos índices de criminalidade em Mato Grosso, que já estão em escala decrescente. Em 2019, houve redução de 25% nos crimes de roubo, 10% em furto e 8,1% em homicídios.

“A compra dessas 3500 novas pistolas vai permitir que os policiais trabalhem com armamentos de maior qualidade e isso reflete na sociedade, com melhora significativa na sensação de segurança. É um importante avanço para a Segurança em Mato Grosso e faz parte de um grande projeto que estamos desenvolvendo, que é o Tolerância Zero”, explicou.

Leia Também:  II Encontro Mato-grossense de Aleitamento Materno começa nesta segunda-feira

O secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estadual

Deputado Dilmar defende unificação das carreiras da administração tributária em MT

Publicados

em

Líder do governo na AL defende unificação das carreiras da administração tributária

JBN

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM), líder do governo na Assembleia Legislativa, defende a unificação das carreiras específicas da Administração Tributária da Secretaria de Fazenda do Estado de Mato Grosso (Sefaz-MT), com a efetiva participação dos Agentes de Administração Fazendária (AAF’s). Há mais de 20 anos, os AAF’s lutam para que o Estado cumpra uma  sentença transitada em julgado, que reconheceu suas atribuições como específicas da administração tributária e determinou a isonomia com os Fiscais de Tributos Estaduais (FTE’s).

Dilmar reforça a necessidade de pensar o Estado em um contexto único. “Já conversei com o governador Mauro Mendes e o secretário Rogério Gallo sobre a importância desses profissionais, que podem contribuir muito mais com o estado. São pessoas que possuem conhecimento e formação igual aos demais servidores, não podemos tratá-los diferentes, já que são da mesma categoria. Eles não demonstraram ser diferentes do que eu penso”, declarou.

Segundo o deputado, é preciso achar um encaminhamento da unificação, da união das categorias para que todos os servidores prestem o serviço com excelência ao usuário que fica lá no município e que necessita dos serviços da Sefaz. “Vou continuar lutando para ajudar essa categoria, entendo que são irmãos trabalhando no mesmo ambiente de trabalho, mas sendo tratados de forma diferente. Precisamos urgentemente resolver isso, talvez com uma lei que dê garantia de todos estarem integrados numa definição só na Secretaria. Com a unificação a sociedade terá mais qualidade no atendimento”, completou.

Recentemente, o Governo do Estado editou o Decreto 559/2020, determinando a extinção dos Agentes de Tributos Estaduais (ATE’s) e o aproveitamento na carreira de Fiscais de Tributos Estaduais (FTE’s), classe A, nível I. Excluiu do decreto os AAFs e os Agentes de Fiscalização e Arrecadação de Tributos Estaduais (AFATE’s) de também serem extintos e aproveitados no mesmo ato, atendendo o que regulamenta a disposto na Constituição Estadual de Mato Grosso (Art. 45, X, c/c o Art. 60, VII, dos ADCT).

Leia Também:  No aniversário do ECA, Governo de MT autoriza construção de socioeducativo em Rondonópolis

O presidente do Sindicato dos Agentes de Administração Fazendária de Mato Grosso (SAAFEMT), Manoel Teixeira, ressalta que o apoio dos deputados é muito importante para resolver essa questão que se arrasta há tantos anos. “A justiça reconheceu nossas atribuições e determinou isonomia com os fiscais de tributos, sentença transitada em julgada que até hoje o Estado insiste em não reconhecer. Contamos com o auxílio dos deputados, junto ao Governo do Estado, para analisar o nosso importante papel e reconhecer nossos direitos de uma vez por todas”, conclui.

Manoel alerta que devido a retirada das atribuições dos agentes fazendários nos últimos anos, a Sefaz conta hoje com uma fila gigantesca de processos parados, prejudicando os contribuintes que dependem da análise para dar encaminhamento aos negócios.

Atualmente, são 165 agentes fazendários que prestam serviços em todo o estado, por meio das Agências Fazendárias.

Foto: Assessoria
Por Luciane Mildenberger
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA