Estadual

Governador Mauro Mendes afirma que aprovação do novo Fethab foi decisiva para retomada de obras em MT

Publicados

em

Aprovação do novo Fethab foi decisiva para retomada de obras, destaca governador

A Lei n° 10.818/2019 definiu as regras para o novo Fethab e prevê aumento gradual da destinação dos investimentos no setor de infraestrutura, saltando de 40%, em 2019, para 60%, em 2023

Laice Souza

Secom-MT

Duplicação da MT-010, a Estrada da Guia – Foto por: Marcos Vergueiro

Duplicação da MT-010, a Estrada da Guia

A | A

O Governo de Mato Grosso fechou o primeiro ano de gestão com a retomada de mais de 150 obras e serviços de infraestrutura em todo o Estado. De acordo com o levantamento da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), são obras de recuperação e asfaltamento de rodovias, construção de pontes, manutenção de estradas, habitação, saneamento, entre outras.

A retomada da maioria dessas obras só foi possível com a aprovação do novo Fethab (Fundo Estadual de Transporte e Habitação), pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, em janeiro de 2019.

“A Assembleia foi muito importante para esse equilíbrio financeiro e parceira nas principais ações que propusemos para consertar o nosso Estado. E o Novo Fethab foi uma das medidas que adotamos e que já começou a demonstrar resultados”, destacou o governador Mauro Mendes.

Leia Também:  TCE-MT autoriza Segurança Pública a convocar delegados aprovados em concurso

Governador Mauro Mendes participa de entrega de maquinários e veículos para Agricultura Familiar
Créditos: Mayke Toscano/Secom-MT

De acordo com Mendes, com o recurso do Fethab foi possível desenvolver ações para melhorar a infraestrutura para a população em todas as regiões de Mato Grosso.

Ele citou como exemplo a retomada e a conclusão de diversas obras no Estado, como 22 pontes; o Anel Viário de Rondonópolis; a MT-020, entre Chapada dos Guimarães e o Distrito de Água Fria; o asfaltamento da MT-110, entre Guiratinga e Tesouro; a recuperação da MT-270, entre Rondonópolis e Guiratinga; asfaltamento de 25 quilômetros da MT-110, em Novo São Joaquim; e a duplicação da MT-010, entre outras obras.

Duplicação da MT-010, a Estrada da Guia
Créditos: Marcos Vergueiro

A Lei n° 10.818/2019, que definiu as regras para o novo Fethab, prevê um aumento gradual da destinação dos investimentos no setor de infraestrutura, saltando de 40%, em 2019, para 60%, em 2023. Ou seja, o recurso arrecadado pelo Estado, via Fethab, pela primeira vez, teve 40% do valor destinado diretamente para as obras de infraestrutura, em uma conta especial.

Leia Também:  Governo equilibra finanças e já provisiona valores para 13º salário

“A Infraestrutura, comandada pelo secretário Marcelo de Oliveira e pelo vice-governador Otaviano Pivetta, teve um grande investimento em 2019 e a tendência é aumentar em 2020. Temos boas perspectivas e um planejamento já traçado”, revelou o governador.

Governador Mauro Mendes e Secretário Marcelo de Oliveira entregam mais de 100 km de asfalto na região de Guiratinga e Tesouro
Créditos: Mayke Toscano
COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estadual

Para o governador Mauro Mendes parceria na construção de 3 mil casas vai contribuir com o sonho das famílias e gerar milhares de empregos

Publicados

em

Mauro Mendes reforçou que as ações para habitação popular serão intensificadas

Lucas Rodrigues

O governador Mauro Mendes, junto da primeira-dama Virginia Mendes e do presidente da MT Par, Wener Santos – Foto por: Christiano Antonucci
A | A

O governador Mauro Mendes afirmou que o anúncio da construção de 3 mil casas populares, feito nesta quinta-feira (28.05), irá contribuir para “realizar o sonho de milhares de famílias de Mato Grosso”, além de gerar cerca de 10 mil empregos.

A parceria firmada entre o Governo do Estado (por meio do MT Par), Governo Federal (via Minha Casa Minha Vida) e os municípios envolvidos prevê investimentos na ordem de R$ 341,4 milhões, destinados para a construção de unidades habitacionais em 25 municípios.

De acordo com Mendes, essa iniciativa foi incentivada pela primeira-dama Virginia Mendes, que desempenha voluntariamente várias ações na área social em todo o estado.

“A minha esposa Virginia Mendes sempre falou e me cobrava, praticamente todo dia, que precisávamos fazer casas populares. Temos milhares de famílias que não tem um lar decente e digno para morar. O Governo vai colaborar com os municípios e contribuir com o sonho e a felicidade de muitas famílias mato-grossenses”, ressaltou.

Leia Também:  Municípios concordam e justiça mantém proibição por mais 7 dias em Cuiabá e Várzea Grande

Mendes reforçou que esta ação não só viabiliza o sonho da casa própria às pessoas de baixa renda, mas também estimula o desenvolvimento da economia neste momento delicado por conta do coronavírus.

“Quase 10 mil empregos serão gerados para essas construções. Porque a construção civil move muitas economias, desde o setor siderúrgico, materiais de construção, pintura, elétrica, enfim, uma cadeia econômica é aquecida, cria novos empregos e renda”, explicou.

Ainda de acordo com o governador, a expectativa é que no ano que vem sejam anunciadas novas parcerias para viabilizar a construção de outras 20 mil casas populares, contemplando outros municípios.

Os municípios contemplados com essa primeira parceria são: Alta Floresta, Barra do Bugres, Campinápolis, Conquista D’Oeste, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itiquira, Jauru, Juína, Nova Brasilândia, Nova Canaã do Norte, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Nova Santa Helena, Novo São Joaquim, Peixoto de Azevedo, Primavera do Leste, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, Sapezal, Tabaporã, Tapurah, União do Sul, Vera e Vila Rica.

Leia Também:  Lucimar Campos destaca queda de 35% na arrecadação de impostos no município
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA